Destaques

Se você quer elevar o nível dos serviços de alimentação para seus hóspedes, a solução é implementar uma cozinha industrial para hotel. Descubra como!

Cozinha é tudo igual? Com certeza, a resposta é não. A cozinha industrial para hotel e a de um restaurante de médio porte, por exemplo, são bem diferentes.

Mesmo que o hotel não seja tão grande, ele recebe muitos pedidos o dia todo e os hóspedes esperam ser atendidos com agilidade. É preciso estar pronto para entregar qualquer prato, a qualquer momento. É por isso que contar com uma cozinha industrial para hotel torna-se necessário.

Vamos saber mais sobre isso?

Cozinha industrial para hotel – o que ela é? Quais as diferenças?

Caso você não saiba o que é uma cozinha industrial para hotel, aqui vai uma definição simples: é um espaço onde são empregados recursos profissionais no preparo de alimentos em grande escala. Em uma cozinha industrial encontra-se máquinas e utensílios que não são próprios de uma cozinha comum, e também aplicam-se técnicas de trabalho que remetem a uma fábrica.

cozinha industrial para hotel

Graças a essas características, a cozinha industrial oferece melhores condições para atender os clientes de maneira rápida, eficiente e segura, independentemente de quais, quantos ou quando sejam os pedidos recebidos – ou seja, exatamente o que um hotel precisa para manter os clientes satisfeitos!

Depois dessa, provavelmente você está se perguntando, então, como montar uma cozinha industrial para hotel. Para descobrir, é só continuar na leitura! Vamos? 

Estrutura

Antes de mais nada, para montar uma cozinha industrial para hotel, é preciso contar com uma estrutura adequada. Água, gás, coifas ou exaustores de ar e armários são os elementos principais. Também é preciso pensar nos elementos de segurança, como extintores de incêndio e saídas de emergência.

Não se trata apenas de instalar esses elementos, mas de observar que eles estejam bem posicionados na cozinha.

A posição das pias, dos fogões e dos armários influencia na movimentação e no fluxo de trabalho da equipe; se não for bem planejada, pode prejudicar a rapidez e eficiência da cozinha industrial para hotel. A posição das coifas ajuda a promover uma melhor circulação de ar no local. A posição dos extintores e saídas é determinante para que seja possível reagir rapidamente em caso de um incidente.

Pia de uma cozinha industrial para hotel

Máquinas e utensílios

A lista das máquinas e utensílios que você pode instalar na cozinha industrial para hotel é grande. Cada um tem sua função e seus benefícios, mas isso não significa que seja necessário adotar todos os itens.

  • Fogão industrial;
  • Forno combinado;
  • Ultracongelador;
  • Termocirculador;
  • Grelha;
  • Moedor de carne;
  • Cilindro de massas;
  • Liquidificador;
  • Processador;
  • Fritadeira;
  • Panelas;
  • Bowls;
  • Balança;
  • Medidores;
  • Talheres;

Embora alguns desses itens sejam parecidos com aqueles utilizados em uma cozinha comum, a cozinha industrial para hotel precisa de versões com mais potência e força.

Linha de produção

Máquinas e utensílios, sozinhos, não garantem o sucesso de uma cozinha industrial para hotel. É preciso que o trabalho seja organizado de maneira a aproveitar o máximo dos recursos disponíveis. Isso significa adotar o esquema de linhas de produção.

No mundo da gastronomia, dizemos que a cozinha é organizada em praças, sendo que cada praça executa apenas um elemento dos pratos. Existe a praça das carnes, a praça dos acompanhamentos, e assim por diante. Isso lembra o funcionamento das fábricas, em que cada operário executa apenas um pequeno passo do processo produtivo: um encaixa o parafuso, o outro aperta.

É importante que a equipe da cozinha industrial entenda a divisão de trabalho e, assim, que um não tente ultrapassar o outro na sua respectiva praça. No entanto, isso não quer dizer que não deve haver colaboração entre os funcionários. Para alinhar todos em relação a essa questão, promova treinamentos com a equipe.

cozinha industrial para hotel

Regulamentação

Para montar uma cozinha industrial para hotel, você também precisa adequar a cozinha à regulamentação e obter as autorizações exigidas por lei. O grande destaque vai para as regulamentações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, que fiscaliza os serviços de alimentação no país.

Se as disposições da ANVISA não forem obedecidas, isso pode acarretar em multas ou até no fechamento do local. Então, vale a pena estudar as documentações do órgão, especialmente a Resolução RDC ANVISA 216/04.

Montar uma cozinha industrial para hotel é um passo importante para aumentar o nível do serviço oferecido aos hóspedes e, assim, promover a satisfação e a fidelização. Afinal, para muitos viajantes, a alimentação é um fator predominante para definir a qualidade de um hotel.

O investimento em uma cozinha industrial para hotel não é baixo, então você precisa ter um hotel em funcionamento e bem estabelecido ou reservar uma boa parte do seu orçamento para essa parte tão importante do negócio. Descubra a melhor forma de fazer isso em nosso post completo sobre como abrir um hotel!