Destaques

Imposto de Renda 2019: quem precisa declarar e o que deve ser declarado? Saiba neste artigo!

Se você é dono de um negócio, pode estar em dúvida a respeito de um tema muito comum: o Imposto de Renda 2019. Afinal, quem precisa declarar e o que deve ser declarado? Você sabia que, dependendo do seu caso, pode ser necessário fazer duas declarações?

É comum ter dúvidas e se sentir perdido neste assunto. É por isso que o Fala Mart traz tudo o que você precisa saber sobre a declaração do Imposto de Renda 2019! Fique atento e não corra o risco de cair nas garras do leão: você pode de ser penalizado por atrasos ou o envio de informações incorretas.

Vamos começar?

Leão de perfil, representando a Receita Federal na declaração de Imposto de Renda 2019.

Quem deve prestar contas ao leão?

Seja pessoa física ou jurídica, todo contribuinte deve informar seus rendimentos. A única exceção é quando a pessoa física não atinge o valor mínimo exigido pela Receita.

Em ambos os casos em que há a necessidade de declaração de Imposto de Renda, é preciso baixar o programa IRPF direto no site da Receita Federal.

Quem deve contribuir como pessoa física?

As regras para a pessoa física são claras: você precisa ter acumulado ao menos R$ 28.559,70 no ano anterior para fazer a sua declaração. A Receita Federal concede isenção de Imposto de Renda para casos especiais como de idade ou doenças (AIDS, Parkinson e cardiopatia grave são alguns exemplos).

Não deixe de baixar o programa gerador do Imposto de Renda 2019 e estar em dia com os prazos e as condições para a declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física, evitando atrasos e erros na sua entrega. A data limite é o dia 30 de abril.

Como fazer no caso de ter empresa aberta?

Nesse caso, você responde tanto como pessoa física quanto como pessoa jurídica, ou seja, você precisa declarar seus rendimentos pessoais e também os ganhos da empresa no ano, considerando os requisitos para cada exigência.

À frente, mão digitando na calculadora. Ao fundo, mão escrevendo em bloco de notas com um lápis.

Enquanto o cidadão deve prestar contas por meio da Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF), o empresário deve se concentrar nas exigências do tipo de empresa na qual ele se enquadra.

O microempreendedor individual (MEI), por exemplo, precisa estar em dia com o DAS, contribuição mensal, e entregar a Declaração Anual do Simples Nacional (DASN/SIMEI) até o dia 31 de maio. Essa obrigação serve para informar à Receita Federal a receita bruta obtida pelo empreendedor no período em questão.

É recomendável contar com os serviços contábeis para ajudá-lo a organizar suas informações e informá-las adequadamente.

pink pig figurine on white surface

Como pessoas físicas com empresas devem declarar?

Com o programa gerador do Imposto de Renda 2019 instalado em seu computador, informe a respeito da empresa em “Bens e Direitos” e selecione o código 32, “Quotas ou quinhões de capital” ou “ações”, de acordo com o tipo de participação na empresa.

Em seguida, insira no campo “Discriminação” as informações referentes à sua participação na companhia. Indique a razão social e o número do CNPJ, assim como a sua participação em termos de cotas ou ações. Logo após, no espaço referente à situação atual e último dia do ano anterior, insira os valores correspondentes.

Quais informações são obrigatórias no Imposto de Renda 2019 da pessoa jurídica?

Para o empresário, é preciso preencher os campos “Ocupação” e “Natureza da Ocupação” de acordo com suas atividades. Além disso, em “Rendimentos Tributáveis recebidos de pessoa jurídica”, informe a respeito de dados de pró-labore, esclarecendo como se dão os ganhos. Em “Bens e Direitos”, informe o Capital Social da empresa.

Como simplificar o processo?

O ideal é que você organize a sua vida financeira ao longo do ano. É recomendável criar um relatório mensal de receitas brutas, inserindo suas movimentações nesse documento.

Na data designada para a declaração anual, ficará muito mais fácil fornecer as informações exigidas tendo esse relatório em mãos. Essa dica vale para a declaração de Imposto de Renda 2019 tanto para pessoa física quanto para pessoa jurídica.

Agora que você sabe como fazer a declaração de Imposto de Renda 2019, confira também como fazer a gestão financeira da loja com apenas um funcionário e mantenha suas contas organizadas durante o ano!