Destaques

Confira algumas dicas para driblar os períodos de baixa de vendas e aproveitar a sazonalidade do varejo

Uma empresa que vive só de Dia das Mães, Black Friday e Natal não vai muito longe. Embora seja normal essa flutuação de movimento, mais intenso em algumas datas e mais fraco em outras, é preciso encontrar formas de atrair os clientes o ano todo para manter o negócio de pé. Por isso é fundamental que você saiba como lidar com a sazonalidade do varejo para sobreviver no mercado e ter lucro.

Tá precisando aumentar o movimento do seu comércio? Vamos te dar algumas dicas para chamar a atenção do público e aumentar suas vendas mesmo quando todas as outras lojas estiverem vazias.

Corredor vazio de supermercado devido a sazonalidade do varejo

Sazonalidade do varejo

Diversos fatores influenciam no aumento ou diminuição das vendas. Além da baixa natural entre as datas comemorativas, o desemprego e problemas econômicos também afetam os hábitos de consumo da população. Os lojistas sentiram isso na pele nos últimos anos, tendo que se virar para cortar gastos e manter seus negócios.

Felizmente, parece que o cenário está mudando. De acordo com o Serasa Experian, o comércio cresceu em 2018 e o movimento dos consumidores se aproximou ao registrado no período anterior à crise econômica.

Por isso é a hora de aproveitar o bom momento para conquistar novos clientes e fazer seu negócio dar lucro o ano todo, tirando o melhor proveito possível da sazonalidade no varejo  mesmo em tempos de baixas nas vendas.

Nesse artigo vamos te ensinar alguns truques para isso, vem com a gente!

Dicas para atrair mais clientes e lidar com a sazonalidade no varejo

Vitrine de loja com descontos variados

1 – Atendimento personalizado

Após a correria dos períodos de intenso movimento de vendas, como o Natal, a loja costuma ficar mais vazia mesmo, tanto de clientes como, às vezes, de funcionários, já que muitos aproveitam esses períodos mais tranquilos para tirar férias.

Entretanto, agora não é hora de descuidar do atendimento. Com menos clientes circulando, os vendedores terão mais tempo para tornar esse contato ainda mais próximo e verdadeiro, buscando resolver as necessidades das pessoas. Isso ajuda a loja a passar uma boa imagem e a conquistar os próximos consumidores, clientes novos que muitas vezes conhecem a loja graças aos períodos de grande movimento e podem ser fidelizados.

Por isso, oriente e treine seus funcionários a prestar um atendimento personalizado aos clientes, criando um laço de confiança e empatia com o público independente da sazonalidade do varejo.

2 – Crie suas próprias sazonalidades

Você sabe se tem alguma data especial ligada ao seu ramo de negócio como o Dia Mundial do Hambúrguer, Dia do Turista ou do Agricultor, por exemplo? Essas comemorações não são tão conhecidas pelas pessoas em geral, mas para seu nicho de mercado pode ser uma boa aposta para atrair mais clientes.

Crie ações diferenciadas para essas datas, inclusive para o aniversário da sua loja, ou ofertas e promoções exclusivas para despertar o interesse, tirando vantagem da sazonalidade do varejo e, assim, vender mais em outras épocas.

3 – Marketing

Uma maneira de atrair novos clientes e sobreviver à sazonalidade do varejo é investir mais em marketing e divulgação. Esse é um investimento que nem sempre demanda muito dinheiro, mas é preciso dedicar tempo e esforços para garantir seu espaço no mar de informação e estímulos que existe hoje em dia.

Adote novos canais de comunicação online, como perfis no Facebook, Instagram e outras redes sociais, e faça uma excelente divulgação por lá – visando sempre atingir o público certo com a comunicação correta. Isso ajuda sua marca a alcançar pessoas que não a conheciam, aumentando o interesse e a cartela de clientes da empresa.

4 – Dados

Uma das tendências que está ganhando espaço nos diferentes negócios é o uso dos dados para melhorar o desempenho da empresa, principalmente em períodos de sazonalidade do varejo. Essas informações podem ser sobre o comportamento de consumo do seu público e até das atividades dos concorrentes, que podem ajudar a entender como seus clientes pensam e as reações do mercado.

Assim é possível prever ações das pessoas que se interessam pelos produtos do seu varejo e conseguir trazê-los para a loja, proporcionando uma experiência de compra de acordo com as expectativas e necessidades desse público.

5 – Investir na sazonalidade, mas pensando além

É possível aproveitar a sazonalidade do varejo para semear algumas boas ideias e depois colher nos períodos de baixa. Como falamos, oferecer um serviço e atendimento de qualidade é sempre uma boa maneira de criar uma impressão positiva no público, porém mais pode ser feito quando as pessoas procuram sua loja nas épocas de cheia.

É possível dar descontos para a próxima compra – colocando um prazo para despertar o senso de urgência, especialmente para as épocas mais paradas – e outras condições especiais para fisgar esse cliente. Uma boa dica é ter um programa de fidelidade para que o público se mantenha no seu comércio e não vá para a concorrência.

Família fazendo compras no supermercado

Prepare seu varejo para a sazonalidade do varejo

Com essas dicas simples é possível impactar positivamente suas vendas e ter mais lucro – mesmo em épocas de vacas magras.

Mas é bom relembrar a importância do planejamento, o velho amigo de todo empreendedor. É fundamental que cada ação seja bem pensada e calculada, colocando no papel o que você vai deixar de ganhar com cada desconto e bônus oferecido e quanto deverá vender para, ao menos, cobrir esse valor. Esta é uma forma de não cair em ciladas, perdendo dinheiro em vez de lucrar.

E aí, tá preparado para os períodos de alta e baixa de vendas? Confira nosso calendário exclusivo de datas comemorativas de 2019 com dicas de especialistas para que o seu varejo lucre ainda mais esse ano!