Uma pesquisa do SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) e da CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) mostra que 33,2% das compras feitas por impulso e sem planejamento acontecem no supermercado, seguidas das compras de roupas (19,2%) e de eletrônicos (13,2%). Considerando apenas as cinco últimas compras de supermercado, 43% foram feitas por impulso. O índice é maior entre as mulheres (46,4%), pessoas mais jovens (51,2%) e os pertencentes às classes C, D e E (44,6%).

 

De acordo com os entrevistados, as compras não planejadas são motivadas pela necessidade de levar vantagens em suas escolhas e pela ansiedade de aproveitar tudo na hora: 30,4% dos entrevistados garantem que o motivo da compra é o preço muito bom, enquanto 20,3% justificam dizendo que viram o produto e ficaram com vontade de comprar e usar na hora.

 

A pesquisa também mostra que oito em cada dez consumidores, por conta de promoções, acabam realizando compras por impulso. Segundo a análise, ir ao supermercado e comprar mais do que deveria é um hábito comum para o consumidor, seja porque o produto está mais barato ou porque a pessoa não se planejou.

 

Fonte: Supermercado Moderno

DEIXE UMA RESPOSTA:

Please enter your comment!
Por favor, insira seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.