Todos os segmentos estão apostando suas fichas em 2022, buscando recuperar qualquer prejuízo causado pela Covid-19. No mercado de celular e smartphone, as previsões apontam para fortes tendências no setor varejista. Por isso, a oportunidade é excelente para você comprar acessórios para celular no atacado e revender ao cliente.

Os aparelhos celulares, principalmente os smartphones, estão presentes na maioria dos lares brasileiros. Em tempos de pandemia, muita gente deixou para depois a troca do aparelho.

Como resultado, investiu em manutenção e novos acessórios para dar uma vida útil maior ao telefone que já tem em casa. Isso até que se sinta seguro financeiramente para fazer a troca definitiva.

Já os que trabalham e estudam quase que 24 horas conectados, por exemplo, têm a necessidade de trocar os aparelhos de forma contínua e no mínimo anual. Mesma situação compartilhada por muitas empresas.

Atento a esses comportamentos de consumo, o início do ano é o momento ideal para você incrementar seu mix de acessórios para celular no atacado e na revenda de varejo.

O que esperar para 2022

Conforme um estudo da IDC sobre o mercado global de dispositivos móveis, os dois primeiros anos de pandemia não foram muito promissores para o setor. Os empresários do ramo apostam na recuperação do segmento a partir de 2022.

Além disso, outro grande impulso para o mercado é a chegada da tecnologia 5G, que já começou a operar em alguns estados do país. O sistema será ampliado neste ano e demanda dispositivos que sejam compatíveis com a tecnologia.

A ampliação do 5G deve impulsionar a produção de smartphones a 1,39 bilhão de unidades neste ano, contribuindo para que as vendas aumentem nos níveis anteriores à pandemia de Covid-19.

Ainda de acordo com as estimativas, a participação dos celulares com 5G deve ser de 47,5% em todo o mercado. É válido lembrar que o celular é o principal meio de acesso à internet no Brasil, tanto na zona urbana, quanto na área rural.

4 tendências para o ano

A tecnologia 5G é um novo padrão para dispositivos móveis que está sendo implantado no Brasil. Ela é mais veloz e poderá abranger a capacidade de conexão de até 1 milhão de aparelhos por quilômetro quadrado.

Ou seja, são mais aparelhos com internet e navegação até 20 vezes mais rápida. A expectativa do Governo Federal é que a tecnologia fomente novos modelos de negócios, empregos e renda para milhões de brasileiros. Além disso, com a possibilidade de impulsionar o PIB nacional em cerca de R$ 6,5 trilhões nos próximos 20 anos.

Outra tendência que promete aquecer as vendas na categoria de eletrônicos são os celulares dobráveis. Esses itens cresceram as vendas no ano passado e seguem fortes para as vendas em 2022.

De acordo com a Counterpoint Research, só os aparelhos Galaxy Z Flip 3 e Z Fold 3, da líder de mercado Samsung, quadruplicaram as vendas em comparação a 2020.

Os aparelhos que gravam vídeos em resolução 8K também tendem a estar na preferência do consumidor. O Galaxy S20 Ultra foi o primeiro celular Samsung com a tecnologia, mas deve se tornar mais frequente nos dispositivos de alto padrão neste ano.

A dica é associar essa venda com suportes para veículos e tripés para o celular para dar estabilidade na hora das gravações. As lâmpadas de led portáteis, chamadas de ring light, são boas escolhas, por exemplo.

Ganharam popularidade no ano passado, os dispositivos móveis com telas de 190 Hz. Eles dão maior fluidez na hora de manusear o aparelho e, principalmente, demandam maior consumo de bateria.

O mercado aposta na tecnologia para impulsionar as vendas desses dispositivos em 2022 com painéis ainda mais eficientes. A propósito, a preocupação com a tela de smartphones é um grande incentivo na hora da compra, fortalecendo a venda de películas.

Acessórios em alta

homem usando acessórios para celular no atacado enquanto se filma cozinhando

Agora vamos falar sobre o principal tema deste artigo: a compra de acessórios para celular no atacado. O custo-benefício geralmente é maior para você fazer a revenda, desde que tenha um bom fornecedor.

Aqui, no Martins.com.br, temos um mix gigantesco de telefonia e acessórios para você negociar nas compras de 2022. A variedade e os bons preços vão garantir a boa margem ao revender para o consumidor final.

Separamos os acessórios mais vendidos e que são fundamentais para que você tenha na sua loja. Olha só:

De olho no mercado de smartphones

Os consumidores querem saber: o que está por vir em 2022 e quais os aparelhos em fabricação para inovar no mercado?

Você também precisa estar atento às novidades e nós fomos atrás e pesquisamos o que está para entrar no mercado. Antes, é importante saber que a Samsung e a Apple vão continuar concentrando os maiores volumes de produção.

Veja só o que aponta o relatório da TrendForce com as projeções do setor produtivo de smartphones em 2022.

Ranking de produção de smartphones em 2022

1Samsung276 milhões de unidades
2Apple243 milhões
3Xiaomi220 milhões
4Oppo208 milhões
5Vivo149 milhões
Fonte: TrendForce/nov 2021

Agora que você sabe quais são as cinco principais empresas produtoras de smartphones, veja só o que elas e as concorrentes estão prometendo de lançamento para o mercado:

  • Apple iPhone SE 2 Plus
  • Xiaomi 12
  • Família Samsung Galaxy S22
  • Samsung Galaxy S21 FE
  • Oppo Find X4
  • Huawei P50 Pocket
  • Huawei Mate 50 Pro
  • OnePlus 10 Pro
  • Honor Magic V
  • Google Pixel 6a
  • Google Pixel Fold
  • Nokia X50

As características que eles olham

Ao comprar acessórios para celular no atacado e revender, é preciso estar atento às principais características que o consumidor leva em consideração na hora de adquirir um novo smartphone.

De acordo com uma publicação na Revista Brasileira de Pesquisas de Marketing, Opinião e Mídia, o consumidor leva em consideração oito requisitos na hora de negociar com o vendedor.

São eles: capacidade da memória do celular, facilidade de uso, velocidade do processador e definição da câmera. Além disso, reputação do fornecedor, tecnologia do sistema operacional, vida útil do aparelho e capacidade da bateria.

Antes de comprar smartphones e acessórios para celular no atacado, certifique-se das especificações do produto e repasse as informações à sua equipe de venda para que todos saibam informar corretamente o consumidor.

Por que revender?

Você pode se perguntar por que revender acessórios para o celular na sua loja é uma boa neste momento. Além de todos os argumentos que apresentamos, vamos te responder com mais um: a margem de lucro é grande.

Estima-se que a margem para revenda dos produtos eletrônicos fique na faixa dos 30% a 200% sobre cada item vendido. Claro que isso vai depender da sua boa negociação com o fornecedor.

Comprar acessórios para celular no atacado com o Martins com certeza vai te trazer inúmeras vantagens. Mais do que uma margem boa para as vendas, você conseguirá praticar preços competitivos na sua loja física ou online. Além disso, vai oferecer variedade de acessórios aos seus clientes.

Aproveite para ler o texto que fizemos sobre o que você precisa saber para vender celular para os clientes. Também temos um texto bem legal com informações dos aparelhos eletrônicos que mais vendem!

Até a próxima!