Home Destaque Mix ideal para trabalhar o cantinho da construção no supermercado
Homem com rolo de tinta na mão em loja

Mix ideal para trabalhar o cantinho da construção no supermercado

0
174

E aí, já pensou em ter um cantinho no seu supermercado dedicado a produtos de materiais de construção e categorias relacionadas? Se você ainda não está por dentro do assunto, não se preocupe! Tem um texto que explica tudo isso aqui mesmo no blog Falamart.

Passa lá para dar uma lida, pois no post de hoje vamos dar sequência no assunto e falar sobre o kit divulgação gratuito para baixar e ser usado na sua loja. Além disso, você vai saber mais sobre o mix certo para ofertar na seção dedicada a materiais de construção.

O movimento faça você mesmo, do inglês do it yourself (DIY), tem ganhado cada vez mais adeptos e se intensificou com a pandemia de Covid-19.

Com mais tempo em casa, ao invés de contratar serviços, os brasileiros passaram a fazer minirreformas, além de decorar ambientes para deixá-los ainda mais confortáveis para essa nova rotina, que ainda é uma realidade em boa parte do país.

Recursos como o Google são usados para aprender a fazer essas atividades, que resultam em idas ao varejo para comprar produtos e assim executar o trabalho.

É nesse momento que entra a oportunidade dos supermercados em ter um cantinho dedicado a materiais de construção.

Mix cantinho faça você mesmo no supermercado

casal pintando uma parede

Ao contrário de muitos segmentos, o varejo de materiais de construção segue com as vendas aquecidas. Essa maré boa é justificada pela pandemia, pela maior permanência dos brasileiros em casa.

Diante das necessidades em pequenas reformas e consertos, além dos imprevistos que acontecem a qualquer hora do dia ou da noite, a tendência é que o consumidor busque produtos de materiais de construção para atender essas necessidades.

Ter o mix certo faz toda a diferença, ainda mais se for em um espaço dedicado ao segmento e não misturado com diversos outros produtos na loja. Na pandemia, muitos itens se destacaram no carrinho de compras do consumidor. Alguns exemplos:

Quem costuma fazer a própria decoração ou consertos em casa também precisa ter em mãos as ferramentas para executar os serviços, como:

Divulgando seu espaço

Já pensou que pode usar as redes sociais para incentivar os consumidores nessa prática do faça você mesmo? Você pode mostrar como é fácil usar uma parafusadeira, por exemplo, e assim fixar na parede as prateleiras no escritório que há tempos estavam guardadas.

Vídeos da internet ou até mesmo produzidos na loja podem ser usados para chamar a atenção do consumidor, mostrando como é fácil ele mesmo fazer a atividade. Vai gerar o interesse de comprar o que ele precisa e com certeza a loja escolhida será a sua, devido a orientação que foi dada.

Um passo a passo é sempre bem-vindo nesses casos. Se não for em vídeo, pode ser em forma de texto com todo o processo para o desempenho da tarefa.

Se você ainda não está inserido nas redes sociais, pode usar as dicas em aparelhos de televisão usados na sua loja. Também é uma forma de prender a atenção do consumidor.

Outra dica é fazer parceria com influenciadores digitais da sua cidade ou região de atuação. Eles podem fazer vídeos, posts, e indicar a sua loja como referência em materiais de construção.

Uma busca no Google Trends com a palavra-chave DIY, no período de 12 meses, mostra como o termo foi procurado e muitos resultados são de páginas ou canais de influenciadores digitais, que explicam detalhes de como fazer alguma decoração ou mesmo um simples conserto em casa ou até mesmo no trabalho.

Kit Cantinho Faça Você Mesmo

Para divulgar o cantinho faça você mesmo no supermercado, a Universidade Martins do Varejo disponibiliza um kit gratuito composto por Cartaz de Preço, Faixa, Testeira e Wobbler, todos prontos para serem aplicados na loja.

A visão é um dos sentidos mais importantes do ser humano e está relacionada com a percepção de imagens. Por isso é importante sinalizar o ambiente corretamente e assim chamar a atenção do consumidor com os olhos.

Uma comunicação assertiva faz toda a diferença no processo de compras e o kit vai te ajudar nesse processo, deixando o seu cantinho da construção atrativo. Então, vamos entender o que tem no kit que você pode baixar agora mesmo:

  • Cartaz de preço: espaço para inserir o nome do produto e o preço de venda;

  • Faixa: também conhecida como régua de gôndola, é uma das ferramentas mais utilizadas no ponto de venda. Ela é colocada na parte frontal da prateleira, contendo mensagens ou imagens que chamam a atenção do consumidor. Também é usada como delimitador de espaço ou aparador de embalagens;

  • Testeira de gôndola: acessório fixado na gôndola e tem como objetivo chamar a atenção do consumidor para um produto específico e diferenciá-lo de outros similares;

  • Wobbler: uma peça de comunicação fixada na prateleira da gôndola, na altura da visão, por uma fita transparente, dando o um aspecto de que está flutuando. O wobbler traz a informação sobre o espaço da loja, por exemplo, mas também serve para informar promoções e vantagens de alguma ação no ponto de venda.

Para baixar o kit, basta preencher um campo com e-mail e segmento de atuação e pronto. Não tem custo algum. A Universidade Martins do Varejo também conta com um planograma com o mix ideal para o cantinho da construção no supermercado, específico para cada tipo de cliente, região e espaço na loja.

Vantagens para o seu supermercado

Citamos inúmeras vantagens para você ter um cantinho da construção no seu supermercado. E antes de dizermos até a próxima leitura, confira mais alguns pontos que farão você tomar a decisão de sair na frente do concorrente e montar logo o seu espaço:

  • Mais rentabilidade para a loja;
  • Comodidade para o consumidor;
  • Mais compras por impulso;
  • Maior tráfego na loja;
  • Referência no mercado onde tem produtos de diversas categorias.

Agora sim podemos dizer até a próxima leitura! Pense bem sobre o assunto e conte com o Martins como parceiro nesse seu projeto.