Home Cursos Capacitação profissional a custo zero é possível
Grupo de pessoas em treinamento

Capacitação profissional a custo zero é possível

0
170

A capacitação profissional no varejo é essencial para alcançar os resultados da loja. Você precisa ter uma equipe em sintonia, colaboradores que conheçam os processos da empresa, o sortimento e que vistam a camisa. Afinal, o sucesso dos negócios é também o sucesso profissional de quem ajuda a atingir as metas.

E se você já está pensando em custos, tire isso da cabeça. Hoje vamos te mostrar que é possível capacitar os funcionários a custo zero. São inúmeras alternativas disponíveis para que você tenha a equipe dos sonhos, desde repositores aos atendentes.

Você pode recorrer à internet, aos parceiros da loja, fornecedores, treinamentos internos ou dinâmicas e até aos próprios colaboradores que podem trocar conhecimento entre si. Toda informação é válida e todo conhecimento agrega muito.

Cultura organizacional é o ponto de partida

O primeiro ponto que você deve identificar é se a linguagem falada dentro da loja é a mesma entre os funcionários. Queremos que você considere o que o seu colaborador pensa da loja. Além disso, quais os objetivos dele ali dentro.

Provavelmente quando você perguntar para a maioria deles o que pensam sobre prestar um atendimento ideal ao cliente, eles vão responder que é porque o cliente paga os salários deles ou porque é o cliente que mantém a loja. Se não for exatamente assim, a resposta será bem próxima disso.

Muitos, mesmo os funcionários mais antigos, têm dificuldade de entender o chamado “circuito da lucratividade”. Se você ainda não ouviu falar dessa expressão, vamos te explicar.

Toda vez que o cliente entra na sua loja, decide andar por ela à procura dos produtos… ou ainda quando ele pega o produto da prateleira e resolve colocar no carrinho de compras, isso tudo é o circuito da lucratividade.

É preciso trabalhar na rotina da sua equipe a verdadeira importância desse circuito. Antes de pensar que é o consumidor que paga os salários, é preciso pensar sobre uma outra perspectiva. A empresa tem muitas despesas, gastos com estrutura, contas, impostos, equipamentos e com os colaboradores.

Para garantir a saúde financeira, também é preciso garantir o circuito da lucratividade, ou seja, o dinheiro que entra. Só um bom atendimento e uma equipe capacitada podem fazer isso. Por isso é tão importante compreender como funciona a cultura organizacional, se sentindo parte dela.

Busque a conscientização alertando para questões como economia de energia e água, por exemplo. Além disso, os cuidados com os produtos perecíveis e com a falta de itens nas gôndolas para não perder vendas.

Se a sua equipe entender que quanto mais ela contribuir para a empresa, mais realizada ela será, com o emprego garantido, tudo começa a se ajeitar. Todo mundo ganha.

Faça treinamentos internos

Muitas vezes um treinamento promovido internamente envolvendo a própria equipe pode ser até mais eficiente do que contratar cursos e treinadores de fora.

Talvez essa atividade externa seja uma boa opção para um segundo momento. Mas, primeiro, é plenamente possível trabalhar questões pontuais de forma mais intimista.

Se a loja for grande e com um quadro maior de colaboradores, você pode dividir as equipes e promover palestras para cada setor. Além disso, delegue uma liderança para fazer reuniões com feedbacks e resultados. Vai da sua demanda, mas esses encontros podem ser mensais, bimestrais ou semestrais.

Em razão da pandemia, é ideal que você consiga promover essas reuniões pela internet, via Google Meet, Zoom ou qualquer outra plataforma de salas virtuais. A verdade é que os treinamentos podem ser realizados de três formas junto aos funcionários:

1. Treinamento presencial

Os cursos, palestras e afins podem ser realizados internamente ou em locais externos previamente agendados com a equipe. Boa oportunidade para dar feedbacks coletivos e pontuar situações gerais do mercado e que devem ser implementadas na empresa.

Também vale abordar temas como atendimento, organização e limpeza da loja, reposição de mercadorias e até mesmo orientações sobre medidas de segurança para evitar a propagação da Covid-19.

Esse treinamento é mais focado em trazer informações e atualizações sobre diversos temas do dia a dia da loja. Para isso, é bom se planejar para que a capacitação seja de fato efetiva. Veja algumas dicas de como se organizar para isso:

  • Identifique a necessidade do treinamento, o tema a ser abordado;
  • Para quem será direcionado;
  • Escolha quem será o porta-voz do tema a ser apresentado;
  • Qual método adotado? Vai entregar algum material impresso ou enviará por por e-mail, vai exibir vídeos, fará um teste ao final, etc;
  • Após as definições acima, planeje o conteúdo que quer transmitir e agenda o dia, o horário e o local, se vai ser na empresa ou em ambiente externo.

2. Treinamento na prática

As dicas de como se organizar para o treinamento na prática são as mesmas que citamos acima. A diferença de um para o outro é que nessa modalidade temos um meio de capacitação profissional mais específico e que vai trabalhar o aprendizado mais personalizado.

É o ensinamento na prática, dentro da própria loja. Momento de ensinar sobre a venda de uma categoria nova ou um serviço que começará a ser prestado no seu supermercado, farmácia, loja de material de construção e de eletro.

É colocar a mão na massa e mostrar de fato como funcionam alguns processos. Vale também explicar o novo sistema implementado, como usar um determinado produto para informar na hora das vendas etc.

3. Treinamento à distância

Se tornou ainda mais constante com a pandemia promover a capacitação no ambiente virtual. É uma boa forma de economizar tempo e não gastar nadinha com os treinamentos. É possível ainda deixar o treinamento gravado para que o colaborador tenha acesso ao conteúdo a qualquer dia e horário da semana.

Quando falamos em treinamento gravado, o palestrante escolhido pode ele mesmo gravar vídeos falando sobre o tema e depois compartilhar com a equipe.

Nada de gastos com câmeras, luzes e internet. Pode ser tudo com recurso próprio mesmo. Se precisar de ajuda na gravação, chame um colega de trabalho e tudo certo!

Busque palestras e conteúdos na internet

mulher fazendo curso pela internet

Já que estamos falando de internet, hoje é possível encontrar uma infinidade de conteúdos gratuitos para apresentar aos seus colaboradores. Durante 10 minutinhos, por exemplo, você pode apresentar um vídeo do YouTube de um determinado assunto que auxilie nesse treinamento ou até um conteúdo motivacional para unir e motivar mais a equipe.

O treinamento também pode ser feito a partir da leitura. Você pode enviar link de artigos, apostilas ou cases de sucesso para que eles aprimorem mais o conhecimento. E tem ainda o e-learning, educação à distância em que você disponibiliza treinamentos para acesso em qualquer momento.

Separamos alguns sites que oferecem essa modalidade de curso de forma gratuita:

  • Brasil Mais Digital: oferece mais de 35 diferentes cursos de introdução à Tecnologia da Informação, programação, desenvolvimento de competências, entre outros temas;
  • Fundação Estudar: disponibiliza cursos gratuitos e online sobre autoconhecimento, liderança, produtividade, etc;
  • Flix do Varejo: plataforma da Universidade Martins Varejo que oferece conteúdos focados para o pequeno e médio varejo e também para os funcionários;
  • FGV: A Fundação Getúlio Vargas oferece cursos em áreas como Administração Pública, Economia, Finanças, Educação, Humanidades, Negócios, entre outras.

Você pode criar ainda um calendário de treinamentos para apresentar aos funcionários. Dividindo as datas, conteúdos para a área de vendas, outros para os caixas, repositores e estoquistas…

À medida que a capacitação profissional for avançando e você mensurar os resultados na loja, vai conseguir dosar, a partir do calendário, qual o melhor momento de fazer uma nova reciclagem e com quais equipes e colaboradores capacitar.

Boa liderança é um treinamento indireto

O aspecto da liderança é outro que pode atuar perfeitamente nos treinamentos a custo zero. Por isso, você precisa saber escolher bem os líderes de equipe e gerentes de loja que sirvam como exemplo e boa orientação ao restante dos colaboradores.

As figuras de liderança da empresa, inclusive você, precisam estar integradas às atividades de capacitação dos colaboradores. É uma forma de fortalecer um elo de confiança com as equipes e para que elas se sintam ainda mais engajadas a buscar os resultados para a loja.

Os seus funcionários esperam de você e dos demais líderes um modelo para fazer o trabalho com excelência e isso é inspirador. Também é a maneira de mostrar que vocês estão interessados na valorização deles e no trabalho que estão desempenhando. Fortalece ainda aquilo que já conversamos acima, sobre definir a cultura organizacional e alcançar as metas da empresa.

As vantagens para a loja

Com a capacitação em dia e a reciclagem do conhecimento garantida, você vai contabilizar inúmeros resultados para a sua loja. Além dos lucros, o nível de qualidade dos seus colaboradores vai melhorar bastante. Eles se sentirão mais capazes, mais valorizados e, em consequência, mais motivados no trabalho.

Haverá também aumento da produtividade porque, com a capacitação, os funcionários aprendem novos conhecimentos e aperfeiçoam as habilidades para exercer as funções dentro da loja.

O trabalho em equipe passa a ser estimulado e a harmonia do ambiente corporativo vai às alturas. Os veteranos ainda se sentirão mais capacitados a treinar novos colaboradores contribuindo assim para o ambiente corporativo integrado.

Bora colocar em prática as dicas e capacitar sua equipe? Lembre-se que essas questões são trabalhadas com os colaboradores, eles passam a ter uma outra visão da empresa e mostram-se satisfeitos em trabalhar com você. É o que chamamos de employer branding.

Até a próxima!