Home Dicas Black Friday Como fazer Black Friday de última hora?
Pessoa verificando dados em folha de papel com caneta na mão.

Como fazer Black Friday de última hora?

0
280

Eu sei que a maioria das pessoas que vai chegar nesse texto não está nem pensando em como fazer Black Friday de última hora, mas sim querendo saber se tem como fazer. Já adiantando: tem sim, mas você precisa de disciplina para se preparar.

Essa disciplina está relacionada com o que você precisa fazer e quando. Hoje é dia 12, então faltam exatamente 15 dias para a Black Friday, sem contar a Black Week. Os preparativos precisam ser feitos rapidamente e dentro de um cronograma.

Hoje, o que eu quero fazer é isso: te mostrar o que você precisa fazer e te ajudar a montar um cronograma de quando executar o que. Com isso, tem como fazer Black Friday de última hora sem desespero. Vamos começar?

Fala, Mart!

Se você está lendo esse texto depois do que as datas estão dizendo, não se preocupe. Só tente ao máximo fazer tudo o que estamos falando na lista que vai dar certo. Os prazos foram pensados justamente para você ter um espaço de manobra, ok?

Banner com caminhão do Martins. Ao lado, texto: compre no maior da América Latina. Compre no Martins.com.br. Faça seu cadastro.

1. Organize seu estoque até o dia 16/11

Antes de tudo, organize seu estoque. Não tem como fazer Black Friday, de última hora ou não, sem saber o que você pode vender.

Até na hora de fazer as promoções você vai precisar ter certeza que seu estoque aguenta. Simplesmente é impossível fazer qualquer campanha focada em vendas sem saber o quanto você pode vender de cada produto sem começar a ter rupturas.

Como fazer?

Primeiro, não tem como fazer Black Friday sem uma boa ferramenta de controle, como um sistema ERP (mais complexo e caro) ou uma solução mais básica, voltada para pequenos negócios, como a Planilha Inventário de Estoque do Martins.com.br.

É essa ferramenta que vai te possibilitar fazer a parte mais trabalhosa: o inventário. Feche a loja por um dia ou chame seus colaboradores/família para passar uma madrugada no estoque. Conte tudo o que você tem e cadastre com um identificador simples, conhecido como SKU.

Algo assim:

E assim sucessivamente, organizando os produtos em categoria pra ficar mais fácil de visualizar. Esse trabalho normalmente leva de dois a três dias em grandes lojas, que contam com um sistema robusto mas também milhares de produtos. Para pequenas lojas, tem como fazer Black Friday de última hora gastando apenas um dia inteiro para deixar tudo organizado no quesito precificação.

Homem com capacete de proteção usando tablet e sentado em caixas de um depósito.

2. Escolha os produtos para a Black Friday até dia 16/11

Organizou seu estoque? Agora o próximo passo de como fazer Black Friday de última hora é escolher os produtos que você quer vender.

Esse é um trabalho que precisa ser feito em conjunto com a precificação, que vamos explicar no tópico 3. A melhor maneira de definir o que vai entrar na promoção é vendo o que você tem de sobra no estoque e o que te dá mais lucro.

Já que você quer saber como fazer Black Friday de última hora, esse processo você também vai precisar fazer até o dia 16/11, principalmente para não ter problemas na entrega.

Quando for comprar no Martins.com.br, consulte o prazo de entrega para o seu endereço no seu carrinho. Assim é garantido que não vai ter atraso nenhum.

3. Precifique seus produtos para a Black Friday até dia 20/11

Como fazer Black Friday de última hora com aqueles descontos enormes? Basicamente tendo um ótimo conhecimento de quanto cada um deles te oferece em termos de lucro.

Existem fórmulas que trabalhamos em outros textos para atingir a precificação exata, mas nesse caso o trabalho é um pouco longo. Agora, você precisa focar principalmente na sua margem de lucro e no custo de aquisição para conseguir abaixar o preço sem ter prejuízo.

 Pessoa verificando dados em folha de papel com caneta na mão.

Como fazer?

Quanto cada produto está gerando para você em lucro? Você consegue saber? Faça a conta do mark-up simples para descobrir:

mark-up Simples = 100 : (100 – Lucro Pretendido)

O mark-up é um índice que, multiplicado ao preço de custo da mercadoria, te entrega o valor mínimo para aquele produto gerar uma quantidade específica de Lucro Pretendido.

Suponhamos que você pagou R$ 100,00 em um produto e quer tirar 20% de lucro. A conta fica assim:

mark-up Simples = 100 : (100 – LP)

mark-up Simples = 100 : (100 – 22)
mark-up Simples = 100 : 78
mark-up Simples = 1,28

Agora, multiplique 1,28 pelo preço do produto:

Preço de Venda = Custo de aquisição X mark-up Simples
Preço de Venda = 100 X 1,28
Preço de Venda = R$ 128

Simples, não é? Para ter 20% de lucro, seu produto precisa ser vendido a no mínimo R$ 128,00.

O problema é: como abaixar o preço desse produto? Fácil: alterando uma das variáveis, a que você tem mais controle. Se seu produto já é vendido a R$ 128 ou mais, reduza a margem de lucro para abaixar o preço.

Mas o que realmente faz a diferença na precificação é o preço de venda. Acesse o Martins.com.br para ver nossas promoções de Black: assim você reduz o custo de aquisição e ganha até prazo para pagar, caso use o Cartão Super Empresarial Tribanco.

4. Faça o marketing da Black Friday de última hora até dia 26/11

Esse é um dos passos mais importantes de como fazer Black Friday de última hora. É aqui que você vai se mostrar para a sua comunidade e garantir que todos os esforços até agora não tenham sido em vão.

Primeiramente, avalie seus canais: o que dá pra fazer? O que você já faz? Como estamos na reta final, não é hora de inventar a roda. Se você já usa o WhatsApp, invista nele. Se já usa o Instagram e o Facebook, também.

O melhor é tentar extrair o máximo que você puder dos recursos que sua loja já tem. Se sobrar um tempo no seu check-list de como fazer Black Friday, invista na criação de outros canais, desde que isso não seja uma prioridade.

Alguns deles para você conhecer:

  • Facebook Marketplaces – permite a venda online direto pelo Facebook;
  • Google Ads – permite criar anúncios para uma loja virtual;
  • WhatsApp Business – centraliza as informações de atendimento e vendas;
  • Facebook Ads – permite criar anúncios no Facebook e Instagram.

Também é hora de fazer a decoração física na loja, priorizando espaços amplos no interior, promoções na frente da loja o máximo possível e uma fachada com “cara de Black”. Vale balão, caixa de som, propaganda volante e tudo o mais que você quiser.

Essa é a hora crucial. É se colocando para o público que você vai garantir como fazer Black Friday de última hora com bastante sucesso.

carrinho de compras vazio perto de um letreiro com uma tag “Black Friday”

Ficou com alguma dúvida? Essa é a hora de perguntar. Garanto a resposta imediata sobre como fazer Black Friday de última hora com sucesso. Um abraço e a gente se vê no próximo texto!

DEIXE UMA RESPOSTA:

Please enter your comment!
Por favor, insira seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.