Home Destaque Como vender eletrodomésticos na pandemia
Batedeira branca, liquidificador prateado, mixer cinza, processador de alimentos e sanduicheira branca em bancada.

Como vender eletrodomésticos na pandemia

0
213

“Como vender eletrodomésticos na pandemia?” essa é uma pergunta que muitos varejistas têm feito nos últimos meses. As vendas na categoria cresceram – e muito – graças aos novos hábitos trazidos pelo isolamento social e é hora do comércio aproveitar!

 

Segundo um levantamento feito pela GFK, em Abril o crescimento chegou a mais de 100% em alguns eletrodomésticos, como é o caso do aspirador de pó. Como os brasileiros estão passando mais tempo em casa, aumentou a demanda por itens que facilitem o trabalho remoto, os cuidados domésticos, o preparo das refeições e também o lazer.

Vamos ver alguns dados? Ainda de acordo com a GFK, os produtos que mais se destacaram nos últimos meses foram:

Com o fechamento das lojas especializadas por conta da quarentena, essas mercadorias foram incorporadas ao mix de supermercados e mercadinhos para atender aos clientes mais apressados. Entram na conta também os eletrônicos que facilitam a comunicação e o lazer como tablets, notebooks, smartphones e televisores.

Que tal incorporar essa tendência na sua loja? Acompanhe minhas dicas de como vender eletrodomésticos na pandemia e impulsione seu faturamento!

Batedeira branca, liquidificador prateado, mixer cinza, processador de alimentos e sanduicheira branca em bancada.

Como vender eletrodomésticos na pandemia?

O novo normal trazido pela pandemia mudou de forma definitiva o relacionamento dos consumidores com as suas casas. Essa mudança levou muitos brasileiros a buscar produtos para deixar os lares mais bem equipados para uma realidade em que trabalho, lazer e convívio passam a dividir o mesmo ambiente.

Alguns segmentos do varejo também incorporaram algumas mudanças, como vender eletrodomésticos. Enquanto as vendas caíram em alguns setores por conta do isolamento, investir em um mix diferenciado foi a saída encontrada para manter o fluxo de caixa e reinventar a empresa diante da crise trazida pela pandemia.

Se você está pensando em oferecer esses produtos como uma alternativa para incrementar o mix e resolver a dor do seu cliente, o texto de hoje é pra você. Acompanhe essas 4 dicas para um investimento certeiro e de bons resultados!

Aposte nos marketplaces

Para entender como vender eletrodomésticos na pandemia, é importante ter em mente que o boom de vendas que falei na introdução se deu principalmente no comércio eletrônico. Sem poder sair de casa, os consumidores se voltaram para a internet graças à praticidade, segurança e variedade de opções.

Uma boa solução para os varejistas que estão migrando para as vendas online na pandemia é disponibilizar os produtos em um marketplace, que funciona como um shopping virtual. A plataforma amplia o alcance da sua loja e traz credibilidade para sua marca, uma estratégia importante em ações como vender eletrodomésticos.

Quanto mais pessoas tiveram acesso aos produtos, maiores são as chances de vender e lucrar!

 Miniatura de carrinho de supermercado com caixas de papelão e cartão de crédito no interior sobre notebook aberto.

Amplie seu serviço de entregas

Eletrodomésticos são considerados bens duráveis, de custo um pouco mais elevado e giro mais lento. Portanto, quem quiser manter um fluxo constante de vendas precisa se preparar para vender além do raio de um comércio local tradicional.

Serviços como o marketplace do Martins Atacado aumentam a visibilidade da empresa, mas a logística de entrega fica por conta de cada fornecedor. É por isso que um dos segredos de como vender eletrodomésticos é ter uma logística de entregas que alcance um maior número de pessoas.

Na pandemia, muitas empresas estão recorrendo a serviços terceirizados, como é o caso da Loggi. Conheça as opções do mercado e veja qual delas combina mais com o perfil da sua loja e com o seu orçamento.

Invista em vendas ativas

Para conquistar mais clientes e se destacar da concorrência em tempos de pandemia, é importante estar disposto a “bater na porta” dos consumidores ao invés de simplesmente esperar que eles venham até você. Determinados objetivos, como vender eletrodomésticos, demandam estratégias mais incisivas como as vendas ativas.

Homem de camisa social sentado em frente a um monitor sorrindo e segurando celular na orelha.

Esse tipo de ação exige um trabalho prévio de pesquisa e planejamento, que vão te mostrar quem são seus clientes em potencial. O formato é ideal para fechar negócios maiores, uma vez que te dá margem para fazer ofertas personalizadas e negociar de acordo com as necessidades dos clientes.

Caso esteja se perguntando como vender eletrodomésticos com vendas ativas, pense nos microempreendedores que estão fazendo comida sob encomenda em casa e precisam de novos aparelhos ou empresas equipando o home-office de seus colaboradores. Esse é o seu público!

Ofereça benefícios

Por mais que a busca por esses produtos tenha aumentado na pandemia, não dá para esquecer que a crise do coronavírus causou impactos na economia e no orçamento das famílias brasileiras. Esse fator precisa ser considerado na hora de estabelecer as condições de venda de mercadorias que possuem custo mais elevado.

O segredo de como vender eletrodomésticos na pandemia está em encontrar soluções que tornem esses produtos atrativos tanto para as necessidades como para o bolso dos consumidores!

Mulher inclinada sobre máquina de lavar louças cinza com a porta aberta em uma loja de eletrodomésticos

Se você já trabalha com essas mercadorias, é hora de pensar em promoções para movimentar o estoque. Que tal aproveitar as datas comemorativas? Use as férias escolares de julho e o Dia dos Pais em agosto para liquidar seu estoque e garantir movimentação no seu caixa!

Outra forma de atrair os clientes é flexibilizar as formas de pagamento e oferecer vantagens como frete gratuito. Para não levar prejuízo, tenha um fornecedor parceiro, com preços competitivos e benefícios que podem ser repassados para seu público. No Martins Atacado você compra eletrodomésticos com frete grátis e cashback. Você não vai perder essa chance, né?

Caso essas dicas tenham sido úteis, continue acompanhando minha série sobre a COVID-19 aqui no FalaMart e aprenda mais sobre como trabalhar melhor suas estratégias e produtos para garantir as vendas durante a pandemia!