Atenção à data de validade para evitar perdas

Tempo de Leitura: 4 minutos
Data de validade é a chave para evitar perdas e proteger o consumidor

Sumário

A data de validade de mercadorias é um ponto importantíssimo na gestão de estoque de qualquer comércio varejista. 

Não monitorar adequadamente o prazo de vencimento dos produtos, especialmente os perecíveis, pode gerar uma série de prejuízos financeiros e problemas mais sérios de risco à saúde do consumidor, sem contar o impacto na reputação da marca

No artigo de hoje, vamos explorar a importância de se atentar à data de validade e indicar soluções práticas para que você possa fazer esse monitoramento sem perder a cabeça. 

Por que a data de validade é importante?

De acordo com a Associação Brasileira de Prevenção de Perdas (Abrappe), em pesquisa realizada com a KPMG, o índice médio de perdas no varejo brasileiro em 2022 foi de 1,48%.

As perdas por produtos vencidos representaram 24% das perdas totais no varejo, sendo a segunda maior causa de perdas, atrás apenas das quebras operacionais (45%).

O estudo também identificou que as principais causas das perdas por produtos vencidos são por erros na gestão de estoque (38%) como: falhas no controle de entrada e saída de produtos, falta de organização das prateleiras e deficiência no monitoramento da data de validade.

O prejuízo financeiro para a loja é só apenas um dos pontos que traduzem a importância de monitorar a data de validade dos produtos na loja. 

Mais do que o prejuízo para o varejo, a principal função da data de validade é assegurar que os produtos estejam seguros para consumo. Consumir alimentos ou produtos vencidos pode causar intoxicações alimentares e ser muito nocivo à saúde humana. 

A comercialização de mercadorias fora da data de validade também é ilegal e pode resultar em multas, processos judiciais e até a interdição do estabelecimento por parte dos órgãos de defesa do consumidor e Vigilância Sanitária. 

Fora que manter a integridade dos produtos e a boa reputação da loja é fundamental para a confiança dos clientes. 

6 dicas para monitorar melhor a data de validade

A data de validade indica até quando o produto pode ser consumido com segurança e com suas propriedades nutricionais e sensoriais preservadas. A falta de controle por parte do estabelecimento comercial é inadmissível.

Felizmente, existem algumas estratégias e ferramentas para acompanhar o prazo de vencimentos dos produtos, garantindo eficiência e segurança. 

1. Gestão de estoque organizada

Crie um sistema interno de organização no qual os produtos mais antigos sejam colocados na frente das prateleiras. É o método chamado FIFO (First In, First Out). Essa disposição das mercadorias garante que os itens com validade mais próxima sejam vendidos primeiro.

Faça ainda a etiquetagem ou use códigos de barras que incluam a data de validade para poder facilitar o monitoramento e a identificação rápida de produtos próximos do vencimento.

2. Inventários de rotina

Faça com que os inventários se tornem rotina na loja. Eles podem ser cíclicos, focando em categorias específicas de produtos em intervalos regulares, ou totais para uma revisão mais minuciosa do estoque. Essa prática garante que nenhuma categoria ou mercadoria seja esquecida.

3. Capacitação de equipes

É muito importante que os seus colaboradores, especialmente os repositores, estejam alinhados. Para isso, faça treinamentos contínuos para a equipe, sempre reforçando a necessidade de monitorar a data de validade das mercadorias expostas no armazém ou no estoque.

Designe funcionários específicos para a tarefa de monitorar as datas de validade. Atribuir essa responsabilidade a membros dedicados da equipe pode aumentar a eficiência e a precisão do controle.

4. Investimento em tecnologias

A gente sabe que no varejo cada centavo conta. Mas, talvez, investir em sistemas tecnológicos que reduzam as perdas pode sair como um ótimo custo-benefício ao negócio.

Por isso, utilize softwares de gestão de estoque que permitam o monitoramento automatizado da data de validade do mix. Esses sistemas podem enviar alertas quando os produtos estão perto de vencer.

Há sistemas que permitem a conectividade com alguns aplicativos móveis, integrando os dispositivos ao sistema de gestão.

5. Parceria com fornecedores

Caso um lote esteja muito próximo de vencer, você pode ainda tentar negociar com os fornecedores para que aceitem a devolução desses produtos.

Mas aproveite para planejar melhor as próximas compras, considerando a demanda sazonal e a validade dos produtos. Quando o lojista evita excessos no estoque, reduz a probabilidade de produtos vencerem antes de serem vendidos.

6. Organização da loja

Pode parecer só uma mera questão estética, mas não é. Manter o estabelecimento limpo, higienizado e organizado evita eventuais contaminações e garante a qualidade dos produtos. 

Gôndolas limpas e organizadas também facilitam para a equipe identificar melhor os produtos próximos do vencimento.

O armazenamento dos produtos em local apropriado, com temperatura e umidade controladas, preserva as características originais.

Tá vencendo? Hora da estratégia de vendas!

Quando identificar produtos bem perto de vencer, não se preocupe! Ainda dá tempo de fazer algumas estratégias emergenciais para minimizar os danos.

  • Faça ofertas: a primeira e mais tradicional é criar promoções com descontos para produtos que estão próximos do vencimento. Além de reduzir as perdas, também atrai clientes em busca de boas ofertas;
  • Melhore a exposição: coloque produtos com data de validade expirando nas zonas de maior visibilidade na loja, como próximos aos caixas ou nas extremidades dos corredores;
  • Promova degustação: no caso de perecíveis como frutas ou quitandas, crie uma área de degustação dentro da loja. Assim os produtos não precisam ser jogados fora e você melhora a experiência do consumidor;
  • Divulgue nas redes: use as redes sociais da loja para informar os clientes sobre as promoções de produtos próximos do vencimento. Aproveite para criar uma lista de transmissão no WhatsApp para avisar sobre promoções.

O monitoramento do prazo de validade de mercadorias não precisa ser um desafio árduo. Basta essa rotina de cuidado para melhorar a eficiência do negócio e a satisfação do cliente.

Até a próxima!

  • Conteúdo desenvolvido pela Universidade Martins do Varejo – UMV.

Posts Relacionados
Segmentos
Newsletter

Se inscreva para receber todas as novidades!

Rolar para cima