O ano de 2014 foi de crescimentos para as grandes redes de farmácias, que tiveram um faturamento de R$32,39 bilhões no último ano, 12,81% a mais do que o ano de 2013. Os dados são da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) em parceria com a Fundação Instituto de Administração da Universidade de São Paulo (FIA-USP).

O segmento que mereceu maior destaque foi o de não-medicamentos, ou seja: produtos de perfumaria, higiene e beleza. A venda desses produtos em farmácias rendeu um faturamento de cerca de R$ 10,71 bilhões, que constitui 33% da renda total e 14,69% de aumento se comparado ao ano anterior.

De acordo com o presidente da Abrafarma, Sérgio Mena Barreto, o consumidor procura proximidade, conforto e diversidade de itens. Os clientes, cada vez mais, se preocupam com a saúde e vaidade e preferem estabelecimentos que ofereçam mix de produtos. Para que o ano de 2015 mantenha o ritmo de crescimento do ano anterior, o investimento em produtos que vão além dos medicamentos tradicionais pode ser destaque entre as atitudes de sucesso no setor de farmácias.

DEIXE UMA RESPOSTA:

Please enter your comment!
Por favor, insira seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.