Home Dicas Covid-19 Como manter o fluxo de caixa dos negócios? Dicas para tempos de...
Uma placa com a palavra “closed” - que significa fechado - pendurada em uma porta de vidro.

Como manter o fluxo de caixa dos negócios? Dicas para tempos de pandemia

0
1038

Em meio a todas as incertezas que o coronavírus têm trazido, a mais preocupante para a maioria dos empresários é o que vai acontecer com o fluxo de caixa durante a pandemia.

 

Esse é um assunto seríssimo que precisa ser tratado na sua loja agora, pensando em duas situações: o que fazer durante a quarentena e depois dela.

Você tem dúvidas de como manter seu fluxo de caixa rodando perfeitamente enquanto durar a pandemia da COVID-19 e as medidas de isolamento social? Vem comigo que vou te mostrar o que você precisa fazer ainda hoje. Vamos começar?

Em primeiro plano uma caixa registradora antiga, na cor de bronze. Ao fundo, uma loja desfocada

O que pode acontecer com seu fluxo de caixa durante a pandemia?

Antes de tudo, preciso deixar claro sobre o que esperar do seu fluxo de caixa enquanto a pandemia se desenvolve. As notícias não são tão animadoras, mas com preparo e algumas estratégias, é possível controlar seu fluxo de caixa para não se enrolar nesse momento.

Os maiores impactados pela pandemia foram os segmentos que estão fechados por medidas de isolamento social, e isso tem acontecido em muitas partes do país. O setor de turismo e hotelaria chegou a recuar 63% em relação ao mesmo período no ano passado.

Mas quem está aberto tem uma situação um pouco mais animadora. Supermercados e farmácias apresentaram crescimento, 17,4% e 4,4%, respectivamente.

Então é triste dizer, mas é isso que vai acontecer: lojas de serviços não essenciais e que estão fechadas sofrerão o maior impacto no fluxo de caixa durante a pandemia, já que haverá redução na receita devido ao seu fechamento e ao isolamento social.

Mas ei, não se desespere. É justamente com vocês que quero conversar hoje. Seu comércio fechou e seu fluxo de caixa está enfrentando problemas – é hora de economizar como for possível e aplicar as estratégias abaixo.

Uma placa com a palavra “closed” - que significa fechado - pendurada em uma porta de vidro.

Estratégias para segurar o fluxo de caixa durante a pandemia

Essas estratégias vão mudando conforme a pandemia progride. Ainda não sabemos o que vai acontecer, então assumimos o compromisso de te ajudar com atualizações no texto e posts em nossas mídias sociais sobre os próximos passos, tudo bem?

Dito isso, vamos para as dicas?

1 – Quando não der para economizar, negocie

Seu ponto de venda é alugado? Esse é um ótimo momento para chamar o locador e ter uma conversa sincera – pode ter certeza que ele prefere dar um descontinho por conta da pandemia do que perder o inquilino.

Negociar prazos com fornecedores locais também é uma ótima ideia, e o que der pra você parcelar nas próximas compras, parcele. Para suas compras no Martins.com.br você pode usar o cartão Super Empresarial Tribanco, que te possibilita parcelar em até 3 vezes no preço à vista.

Todos os fornecedores estão passando por momentos complicados, mas o que eles não querem perder agora é a clientela. Uma boa conversa sempre dá bons resultados.

2 – Mas tente economizar em tudo o que for possível

Restaurantes que estão exclusivamente no delivery vêm adotando cardápios reduzidos com os pedidos mais populares. Isso ajuda a não deixar muita coisa preparada que não tem muita saída, e acabar gastando recursos alimentícios e estruturais sem necessidade.

Da mesma forma, várias empresas estão adotando o home office, principalmente, por uma necessidade de economizar nos custos fixos como luz, água e gás.

Se você tem um escritório que ainda está em pleno funcionamento, porque não pode parar suas operações, pense comigo: não faz sentido levar seus funcionários para o trabalho e não receber o público. Considere adotar o trabalho remoto!

Mas se ainda não for possível adotar esse modo de trabalho, existem vários pontos em que você consegue economizar, mesmo com o escritório funcionando normalmente. Veja algumas opções:

  • Equipamentos sem utilidade devem ficar desligados;
  • Economize no papel das impressoras – mande tudo por e-mail;
  • Economize com compras para a copa e cozinha;
  • Opere somente o essencial no seu negócio;
Várias moedas prateadas com uma moeda dourada por cima, em destaque

3 – Férias para os colaboradores

Esse é o momento de avaliar quem é extremamente essencial para uma operação reduzida e conceder férias para aqueles que não precisam trabalhar nesse momento.

Caixas, por exemplo, não precisam trabalhar em negócios que estão fechados para o público. O mesmo vale para o pessoal do estoque. Mas o seu televendas, por exemplo, já não pode parar. Assim como o seu financeiro.

A MP 927 trouxe uma flexibilização interessante para as férias, possibilitando sua antecipação e a prorrogação do terço adicional. Veja meu texto sobre a MP e saiba o que você precisa fazer. Lá também falo sobre as férias coletivas, que podem ser uma opção para quem vai suspender completamente as atividades.

4 – Medidas de auxílio do governo

O Ministério da Economia liberou uma série de medidas para ajudar seu fluxo de caixa durante a pandemia. Entre elas podemos destacar o adiamento do FGTS, que já está em vigor. Você tem até 3 meses para realizar o depósito, sendo que o prazo máximo para fazer a solicitação no eSocial é até junho.

Pequenos negócios que optaram pelo Simples Nacional também não precisarão se preocupar com o recolhimento de impostos pelos próximos 3 meses. Com certeza, te ajuda a dar um respiro.

5 – Suspensão do contrato de trabalho e corte salarial

Em muitos casos, infelizmente, contratos de trabalho podem ser suspensos. Nós entendemos que sua equipe precisa do seu apoio, então como medida emergencial e de último caso, a MP 927 permite que o contrato de trabalho seja suspenso por até 60 dias. E os salários podem ser cortados em até 70% durante a pandemia.

No entanto, é melhor aplicar todas essas dicas que te falei até agora antes de recorrer a esse extremo, pois isso afeta diretamente a vida dos seus colaboradores. Além disso, essa suspensão deixa seu time desfalcado para o mercado, perdendo a eficiência conquistada até agora, o que pode te fazer perder clientes.

E, olha, perder clientes nesse momento não é recomendável. Mesmo que seu fluxo de caixa fique mais seguro, quando tudo voltar ao normal você ainda vai precisar deles. E ter que arcar com custos de admissão de novo colaboradores, além de treiná-los pode ser difícil para sua realidade pós pandemia.

Imagem de uma sala de reuniões vazia, com oito cadeiras ao redor da mesa, quadro na parede e vista para prédios de uma cidade

Nós estamos juntos durante essa pandemia

Sei que o momento é difícil, mas se acalme, o Martins.com.br está do seu lado, amigo varejista. Durante a pandemia, seu fluxo de caixa precisa se manter firme e forte, garantindo tanto sua sobrevivência agora quanto seu retorno forte e competitivo quando a quarentena acabar.

Conte com a gente no que for preciso. Eu estou aqui no Falamart de plantão, com conteúdos diários sobre como manter o negócio funcionando e rendendo durante esse momento tão complicado.

Você tem acesso a todos esses textos aqui nesse link. Se tiver dúvidas, não deixe de comentar e perguntar – estou aqui dia a noite preparado para te ajudar, ok?

Um forte abraço e até a próxima!

DEIXE UMA RESPOSTA:

Please enter your comment!
Por favor, insira seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.