Home Destaque Formalização profissional: como conquistar esse sonho?

Formalização profissional: como conquistar esse sonho?

0
365

Empreender é bom, mas todo mundo precisa se lembrar que também dá um pouco de trabalho! A formalização profissional é um caminho que muita gente acaba deixando de lado, preferindo só vender ou trabalhar sem se preocupar com isso. Mas já te adiantamos: formalizar é o passo mais importante que você vai dar na sua carreira.

 

Se o seu sonho é ser o seu próprio chefe, transformando seus serviços autônomos em uma empresa – seja com um colaborador só (você!) ou vários, esse post é para você! O FalaMart elaborou um guia da formalização profissional com todos os passos práticos necessários para que você conquiste a autonomia que sempre quis.

Vamos lá?

Pessoas assinando um contrato

Do que eu preciso para trabalhar como autônomo?

Antes de pensar na burocracia, vamos olhar para as ferramentas de trabalho e produtos que você vai precisar?

Para alcançar a formalização profissional, você vai precisar de algumas ferramentas básicas, é claro. Mas oferecendo seus próprios materiais, você também tem um diferencial. Um prestador de serviços autônomo capaz de fornecer o próprio material de trabalho é uma opção mais prática e econômica para o cliente, principalmente se você compra direto no atacado, que é mais barato que o varejo e não encarece o serviço.

Olha um exemplo: um pintor que compra tintas no atacado e mantém um mini estoque. No lugar do cliente ter que comprar os materiais no varejo, ele só contrata o pintor e pronto: não tem que se preocupar com mais nada. Um serviço assim é muito mais atraente, não acha?

Ao escolher os produtos, pense no que você precisaria se um cliente aparecesse na sua porta agora. Materiais do kit básico de hidráulica, elétrica e construção, por exemplo, são as ferramentas de partida para encanadores, eletricistas, pedreiros e mestres de obras. Ração, medicamentos, e insumos variados podem interessar a profissionais do setor agroveterinário.

Se o seu negócio oferece marmitas congeladas ou buffet para festas, pense nos ingredientes dos pratos principais, mas não se esqueça da estrutura necessária para cozinha, como fogão e geladeira industriais.

Inclua na lista o mix corporativo para montar o escritório, com materiais de informática e itens de papelaria!

Como estabelecer uma rotina de trabalho?

Notebook aberto em página com calendário

Outro passo importante para a formalização profissional é uma rotina organizada de trabalho. A rotina é a irmã mais velha da meta! Você precisa combinar as duas focando nos seus objetivos a curto, médio e longo prazo.

Quer um exemplo? Se você quer 5 novos clientes no próximo semestre e costuma converter 1 a cada 10 visitas, quantas reuniões você deve fazer por semana visando essa meta?

Agora você não tem mais um chefe ou uma estrutura pré-estabelecida para te orientar no dia a dia, por isso é necessário ter um plano de negócios traduzido em um cronograma de atividades a cumprir. Lembre-se que quem trabalha por conta própria precisa administrar muito mais demandas sozinho!

Muitas vezes, o que separa um trabalhador autônomo de sucesso e um sonho empreendedor frustrado é a falta de organização para lidar com todas as atividades que vem junto com a formalização profissional. Não caia nesse erro!

Formalização profissional: hora de lidar com burocracia!

Temida por quase todos, a burocracia que envolve a formalização profissional é mais simples do que você pensa. O primeiro passo é se registrar como trabalhador autônomo, e isso pode ser feito em dois regimes diferentes: MEI e Simples.

O cadastro de microempreendedor individual (MEI) é mais fácil, mas esse enquadramento fiscal possui limitação no faturamento. Já o Simples Nacional é voltado para microempresas e empresas de pequeno porte, para operações um pouco maiores, e por isso exige uma documentação mais extensa e um processo mais trabalhoso de cadastro.

Confira os detalhes em nosso post sobre o assunto:

Como estruturar o escritório?

Mesa de trabalho

Além de equipar o escritório, quem deseja a formalização profissional deve obter todas as licenças necessárias para o funcionamento da empresa. A principal delas é o alvará de funcionamento: sem ele, seu negócio pode fechar da noite pro dia e você corre o risco de ser taxado em multas altíssimas!

Aqui no FalaMart nós já cobrimos todos esses tópicos. Para não perder nenhum detalhe, confira os posts completos:

Como contratar funcionários?

Mesmo quem é MEI pode contratar colaboradores para sua equipe. Ou melhor, no caso dos microempreendedores individuais, só é permitida a contratação de um funcionário. Outra opção é contratar alguém que também é MEI, assim a formalização profissional é feita como prestação de serviços de uma empresa para a outra. Já no caso do Simples não há essa limitação.

Outro ponto importante na hora de contratar funcionários é saber conduzir a entrevista para não cometer erros na hora de selecionar a equipe.

Confira nossos conteúdos voltados para a contratação de colaboradores:

Quer aprender mais? Se você é encanador, já fizemos um texto inteirinho falando sobre materiais hidráulicos e a relação deles com a formalização profissional. Confira!

Deixe um Comentário!

DEIXE UMA RESPOSTA:

Please enter your comment!
Por favor, insira seu nome