Home Destaque Conheça as melhores formas de pagamento para lojas

Conheça as melhores formas de pagamento para lojas

0
106

“Dinheiro ou cartão?” costumava ser a pergunta mais recorrente no check-out de uma loja, mas esse cenário está começando a mudar. Embora não sejam exatamente uma novidade, outras formas de pagamento começaram a ganhar espaço na pandemia e vieram para ficar.

 

Uma das medidas de prevenção recomendadas pela OMS e outras autoridades de saúde foi a de evitar transações em dinheiro, já que as notas podem funcionar como veículos de transmissão do novo coronavírus. Mesmo as maquininhas de cartão tradicionais apresentam risco pelo contato com os botões.

Nesse contexto, cresceu a adoção de formas de pagamento sem contato, como as carteiras digitais e o pagamento por aproximação. O aumento das compras online nesse período acelerou ainda mais o processo, e um estudo feito pela consultoria Bain mostrou que 48% dos brasileiros se já declararam dispostos a adotar novas formas de pagamento digital.

Sua loja está preparada para essas novas formas de pagamento? Você sabe como elas funcionam? Quais os cuidados você deve adotar na hora de fazer a gestão financeira? Para saber mais, continue a leitura!

homens de máscara efetuando pagamento com cartão de crédito

As melhores formas de pagamento no pós-pandemia

Além de ser uma medida de segurança importante no momento atual, as formas de pagamento digitais ajudam a aprimorar a experiência de compra dos clientes. A versatilidade não deve se limitar ao mix, mas engloba também a praticidade e flexibilidade que a loja oferece na hora de pagar.

Para oferecer variedade em tempos de transformação, é preciso ir além de dinheiro e cartão. Olha só!

Carteiras digitais

Serviços como PicPay, Paypal, Mercado Pago, Google Pay e Apple Pay funcionam como intermediários entre o consumidor e o lojista. Por meio de um aplicativo, o cliente transfere fundos de sua conta bancária ou cartão de crédito para a carteira digital para depois usá-la ao realizar pagamentos diversos.

A transação pode ser feita através de um smartphone ou outros dispositivos inteligentes, como smartwatches. E o melhor de tudo: sem qualquer contato entre o cliente e o operador de caixa ou com o entregador.

mão segurando smartphone com QR code de pagamento estampado na tela

Alguns serviços também geram links para pagamento ou um QR Code, que podem ser enviados por Whatsapp ou pelas redes sociais e facilitam a vida de quem está começando a vender online agora. Em alguns casos, também é possível fazer o parcelamento das compras, o que certamente vai agradar seus clientes.

Para aceitar essas formas de pagamento, escolha a solução mais compatível com seu negócio, faça o cadastro e baixe o aplicativo. Algumas empresas dispensam até o uso de CNPJ!

Pagamento por aproximação

Para as compras presenciais, as formas de pagamento por aproximação são as mais seguras em tempos de pandemia. A maior parte dos cartões de crédito emitidos no último ano já vem com chip habilitado com a tecnologia NFC (near field communication), que emite dados via radiofrequência que possibilitam a transação pela aproximação do cartão da máquina.

As maquininhas mais modernas já estão habilitadas para aceitar o pagamento por aproximação, mas quem possui equipamentos mais antigos deverá fazer um investimento caso deseje aderir às formas de pagamento sem contato com uso de cartão.

O que levar em conta na hora de escolher as formas de pagamento?

Por mais importante que seja estar por dentro das tendências na hora de montar a estrutura de pagamento da sua loja, é importante levar alguns fatores em consideração antes de abraçar todas as tecnologias disponíveis no mercado. Veja quais são eles!

Comportamento do cliente

mão segurando cartão de crédito verde perto de maquininha de cartão segurada por outra mão

Na introdução, mostrei alguns dados que revelam uma mudança de comportamento por parte dos consumidores em relação às formas de pagamento. A pandemia acelerou muitas dessas transformações, mas isso não significa que tudo vai mudar da noite pro dia e que todos os seus clientes estarão dispostos a abraçar essas novas tecnologias.

Para não deixar de atender ninguém, o melhor caminho é oferecer sempre mais de uma opção de pagamento na hora de fechar a compra. Tão importante quanto se adaptar às novidades é oferecer o básico, como cartão de crédito e débito tradicionais, boletos bancários e até mesmo as transferências.

Mas não se esqueça que pagamentos que não são feitos em “tempo real”, como é o caso dos boletos, aumentam as chances de inadimplência e podem interferir até na sua gestão de estoque. Para estimular os clientes a adotarem novas formas de pagamento, que são mais seguras tanto para a empresa quanto para quem compra, você pode oferecer descontos para quem optar por pagar via carteira eletrônica.

Automatização de processos

mãos de pessoa sobre mesa de escritório segurando caneta apoiada em folha de papel com gráficos e teclado de notebook

A informalidade prejudica muito o andamento das micro e pequenas empresas, principalmente quando o controle do faturamento é feito manualmente, sem integração entre as fontes de recebimento e a movimentação das mercadorias. Quem precisou começar a vender pela internet por causa da pandemia certamente enfrentou desafios na hora de gerir o orçamento.

As formas de pagamento digitais são aliadas importantes também nessa etapa, já que sistematizam boa parte dos processos e alguns serviços geram até relatórios que vão facilitar e muito na hora de fechar o caixa.

Já os softwares de gestão financeira podem ser o próximo passo para automatizar ainda mais seu trabalho, unindo todas as plataformas de pagamento em um único sistema, permitindo uma visão geral do fluxo de caixa.

Com dinheiro circulando com segurança, você tem uma noção clara do orçamento e pode tomar melhores decisões na hora de fazer as suas compras para abastecer o estoque. E para isso não tem segredo, é só acessar o site do Martins!

Conheça nossas marcas parceiras e bora fazer a roda da economia girar!