Home Destaque Gestão de compras: estratégias para comprar no atacado!
Dupla de funcionários confere produtos em gestão de compras.

Gestão de compras: estratégias para comprar no atacado!

0
184

Tão importante quanto trabalhar com uma política de preços capaz de gerar lucros, é levar em consideração a gestão de compras. Quem já faz, sabe bem!

 

A estratégia é garantia de economia e prazos adequados para a empresa e ,quando bem definida, te ajuda a se planejar com muita facilidade visando faturamento e lucros maiores.

Você já parou para pensar em como faz a sua gestão de compras? Ainda não tem nem ao menos um plano? Então é hora de parar tudo e acompanhar nossas dicas. No texto, você verá que a compra não deve significar só repor o estoque: a organização correta da lista e da frequência pode ser até um dos diferenciais do seu negócio. Confira!

Foto de três pessoas em reunião sobre gestão de compras.

Como deve ser feita a gestão de compras

O primeiro passo é sempre o planejamento. Neste caso, planejar significa alinhar as compras, o estoque da empresa e o seu processo de vendas. Na prática, esse ajuste faz com que você deixe de apenas comprar os produtos conforme a necessidade e passe a agir em função de uma demanda racional. Isso é a gestão de compras!

Para melhorar esse processo inicial, a dica é integrar dados para poder trabalhar de maneira mais estratégica. Se você faz a sua gestão de compras no Excel, saiba que softwares mais específicos podem ser úteis nesse sentido. Alguns exemplos disponíveis no mercado são o GestãoClick, Computar e Conta Azul, que automatizam a coleta, o armazenamento e o acesso às informações. Conseguindo deixar essas etapas mais práticas, passa a ser viável gerar economia a cada nova compra e, dessa forma, garantir lucratividade.

A importância da previsão no processo empresarial

O ideal é ter como prever o que será necessário para dar continuidade às atividades da empresa, seja no que diz respeito à produção, à revenda ou à realização de determinado serviço.

No varejo, onde o principal negócio é a revenda, é importante organizar as informações sobre a gestão de compras em um único lugar, de tal maneira que elas possam ser acessadas sempre que necessário. Com isso, você vai entender melhor a sua periodicidade de compra, saber a quantidade de produtos disponíveis na loja e em quanto tempo eles são vendidos.

Identificando sua demanda, a facilidade de acesso aos dados permitirá que você compreenda especificidades no seu negócio, como os períodos de sazonalidade, nos quais a variação de preço é grande – de acordo com as épocas do ano.

Ao saber lidar com essas características próprias, a tendência é que você sofistique o processo de compras, fazendo contato com os seus fornecedores nos momentos certos e trazendo soluções que tenham a ver com a sua realidade.

Fique atento ao estoque e às vendas

Dupla de funcionários confere produtos em gestão de compras.

O controle de estoque é parte fundamental na gestão de compras. Essa fase deve ser estruturada com o mesmo cuidado que você tem ao vender seus produtos.

Trabalhe com o conceito de giro de estoque na empresa, um parâmetro que revela o desempenho das prateleiras. O modelo mostra quanto do depósito foi vendido e quantas foram as vezes em que ele foi reposto. Por exemplo, se a reserva média é de 100 unidades e a empresa vende 1000 itens por ano, na conta, o giro de estoque dessa empresa é de 10 a cada ano – 1000 dividido por 100, dá 10.

De uma maneira geral, quanto mais o estoque girar, mais dinamismo o negócio apresenta. Sabendo disso, você pode prever as futuras movimentações de sua empresa e se organizar adequadamente para a gestão de compras.

Dependendo da característica do seu negócio, pode ser interessante estabelecer um nível mínimo de estoque para cada produto. Dessa forma, sempre que esse índice for atingido, você vai saber que é hora de repor as unidades. Para tanto, é preciso acompanhar detalhadamente a movimentação do fluxo de caixa, algo fundamental para que a gestão atue com maior controle sobre os processos.

Pense nas parcerias para a sua empresa

Seus fornecedores podem trazer vantagens, desde que você saiba escolher qual é o melhor atacado distribuidor pra você. Na hora de comprar, tente se concentrar não somente nos preços, mas também nos prazos, no mix de produtos, no valor do frete e na relação que pode ser construída com os parceiros.

Isso quer dizer que, além de comparar os diferentes orçamentos, é necessário avaliar os pontos-chave para ter seus produtos sempre à mão, verificando se os prazos de entrega são interessantes para a realidade da sua empresa, se não tem perigo do produto que você precisa sair de linha, se a entrega é de qualidade, entre outros fatores.

Além disso, tenha em mente que quanto maior for a confiança no parceiro comercial para suas compras no atacado, maior tende a ser a segurança em relação ao que for acordado. A experiência de mercado, os benefícios, qualidade das marcas oferecidas e facilidades na hora de comprar são bons medidores na escolha de um bom parceiro.

Aliando esses pontos com uma boa estratégia de gestão de compras, você escapa de ter que recorrer aos atacarejos cada vez que falta um produto e dispensa de vez os gastos excessivos. Mais que isso: evita que mercadorias fiquem muito tempo paradas no estoque, o que é prejuízo na certa!

Pronto! Aplicando essas dicas, sua gestão de compras irá de zero a dez rapidinho. Quer profissionalizar seu negócio ainda mais? Aprenda a ter um melhor controle financeiro na empresa e gastar menos!

Deixe um Comentário!

DEIXE UMA RESPOSTA:

Please enter your comment!
Por favor, insira seu nome