Home Destaque Guia do Pequeno negócio: como sobreviver no mercado?

Guia do Pequeno negócio: como sobreviver no mercado?

0
1280

O Brasil começou a dar alguns sinais de recuperação da crise, mas o cenário brasileiro, tanto político quanto econômico, ainda é incerto. Vendo os jornais e noticiários, deu para perceber que quem mais sofreu nesse período de crise foi o pequeno negócio. Diante de tudo isso, dá para ter otimismo? Como continuar sobrevivendo no mercado?

É exatamente isso que vamos mostrar no post de hoje! A proposta é trazer dicas práticas para você, que tem um pequeno negócio. Afinal, empreender não é nada fácil e uma ajudinha sempre cai bem. Então, confira essas recomendações!

Mãos dadas: veja dicas que vão te ajudar a sobreviver no mercado com seu pequeno negócio!

Lide com a concorrência

Quanto mais desfavorável é o cenário geral, mais você precisa se preocupar com a concorrência, porque talvez não exista lugar para todos no mercado. Por isso, você precisa fazer qualquer coisa para conseguir ganhar uma vantagem sobre os seus concorrentes. Certo?

Errado!

Independentemente do cenário, o jeito certo de lidar com a concorrência é sempre de maneira leal. Aliás, em muitos casos, existem maneiras de formar parcerias com os concorrentes e garantir que todos possam se beneficiar.

Um exemplo é a troca de informações, que permitem tomar decisões melhores para a gestão de seu pequeno negócio. Você certamente dispõe de informações que seriam úteis para seu concorrente e vice-versa. Então, ambos tem algo a oferecer.

Quer saber mais sobre maneiras positivas de relacionamento com os concorrentes do seu negócio? Confira nosso post sobre como lidar com a concorrência!

Precifique da forma certa

Já imaginou como seria maravilhoso vender a um preço bacana, que atrai os consumidores e ainda assim ficar no lucro? Se você quer ver isso acontecendo no seu pequeno negócio, precisa criar uma boa estratégia de precificação.

A precificação deve levar em consideração os custos do seu negócio, para chegar a um valor mínimo, garantindo que as contas não fiquem no vermelho. Em cima desse mínimo, então, você coloca a margem de lucro desejada, que pode variar conforme o produto e o seu valor percebido pelo cliente.

Quer faturar alto no seu negócio? Então, aproveite para ler nosso post sobre precificação no varejo!

Saia na frente: precifique certo e se destaque no mercado com seu pequeno negócio.

Esteja à frente da empresa

Ser dono de um pequeno negócio é uma coisa. Ocupar um papel ativo dentro desse negócio, é outra. Nossa dica é que você procure estar sempre à frente de sua empresa. Construa uma presença forte; torne-se um modelo para os seus colaboradores e uma figura de destaque para os clientes.

Quando você está realmente presente dentro do seu negócio, você entende melhor como ele funciona e isso permite que você tome decisões importantes para melhorar os resultados. A sua equipe percebe essa presença, o que serve de inspiração e motivação para que eles trabalhem melhor.

E, para completar, ver o próprio dono do estabelecimento ali, trabalhando, gera um sentimento de muita confiança nos clientes e até cria mais proximidade com eles. Só existem vantagens!

No final das contas, se ainda precisar de algum motivo para se envolver mais com seu negócio, lembre-se: você é seu melhor colaborador!

Depois de ler esse artigo, aproveite também para conferir nosso post sobre liderança, com quatro passos para se tornar um líder exemplar!

Busque inovação

Inovar em um pequeno negócio pode parecer mais difícil do que em uma grande empresa, com muitos recursos. Porém, inovação não se trata de tecnologia, mas sim de uma mudança na maneira de pensar em desafios e problemas, tanto do seu negócio quanto do cliente.

Você sabia, por exemplo, que é possível inovar no varejo simplesmente mudando o seu mix de produtos? Para isso, você deve identificar demandas não atendidas dos seus clientes e colocar nas suas prateleiras os itens que resolvam essas lacunas.

Gostou da ideia? Então, não deixe de ver nossas sugestões de mix de produtos para repaginar o mercadinho!

Fazendo as contas: cuide do financeiro para sobreviver no mercado com seu pequeno negócio.

Cuide do financeiro

É impossível falar sobre como sobreviver no mercado sem mencionar a importância de cuidar do financeiro, mantendo as contas em ordem. Esse é o ponto em que o pequeno negócio costuma ter dificuldades, sendo que os problemas mais comuns são falta de planejamento (isto é, de um orçamento bem elaborado) e controle fraco sobre as movimentações financeiras.

Para piorar, em muitos casos, ainda acontece uma “mistura” entre as finanças pessoais do empreendedor e as finanças do negócio.

Existem formas de resolver esses problemas? Sem dúvidas! Para isso, você precisa arregaçar as mangas e encarar aquele trabalho mais chato, de colocar os números no papel – ou em uma planilha ou, se for possível, em um software apropriado para gestão financeira.

Você precisa registrar cada compra e cada venda feita dentro do seu negócio; e, depois da venda, para onde vai a receita resultante. Somente assim será possível avaliar, de fato, o desempenho do negócio.

Quer aprender três passos para melhorar a gestão de finanças do seu negócio? Confira nosso post sobre como ter controle financeiro!

Essas são nossas dicas para o seu pequeno negócio sobreviver no mercado, mesmo com a incerteza e a hostilidade do cenário. Lembre-se de que, quanto mais novo o negócio, mais complicada a situação, já que ele ainda não se consolidou, não gerou fluxo de caixa, não tem clientes fidelizados. O primeiro ano é particularmente crítico; entenda o porquê e descubra como superar esse período!

DEIXE UMA RESPOSTA:

Please enter your comment!
Por favor, insira seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.