Home Destaque Layout de loja: onde colocar o caixa em diferentes negócios
Loja de roupas masculinas com layout em arena.

Layout de loja: onde colocar o caixa em diferentes negócios

0
2646

Todo mundo sabe que um layout de loja bem feito é tão importante quanto os tijolos e a argamassa usados na construção de um espaço. Vai muito além de beleza e organização: ter um arranjo eficaz é garantir que o ambiente seja simples, acessível e bem setorizado, o que contribui muito para uma boa experiência do cliente.

 
Loja de roupas masculinas com layout em arena.

Do direcionamento estratégico de produtos de alta prioridade, à localização do estoque: tudo importa no layout, até o espaço reservado para o caixa da loja. Não sabe como definir um bom posicionamento para a fase de pagamento? A gente ensina! Com as dicas de hoje, vamos o profissionalizar de vez seu desenho de loja.

Os tipos de layout de loja para varejo

Seja qual for o tamanho do seu espaço, aplicar um dos três principais modelos de layout de loja pode aumentar bastante o seu faturamento. Só tenha atenção: escolher entre um deles depende dos produtos que você vende, das necessidades dos seus clientes, das dimensões da sua área, da arquitetura do prédio e até do que seus concorrentes estão fazendo.

Antes de começar a montar um layout de loja e de definir onde fica o caixa, precisamos levar em conta quatro aspectos importantes:

  • O trânsito deve ficar livre para entrada e saída;
  • Os clientes tendem a virar para a direita depois que entram na loja;
  • Espaços nobres devem ficar sempre em destaque;
  • Seus corredores devem guiar o cliente para os produtos mais rentáveis da loja.

Vamos pensar melhor nesses pontos?

Caixa na saída, prateleiras no interior: a alma da mercearia

Esse tipo de planta é a ideal para lojas de varejo e atacado, como supermercados, lojas de conveniência, materiais de construção, agroveterinárias e tudo o que tenha a ver com auto serviço. Ela é ideal para aqueles tipos de negócios onde não há auxílio de vendedores: os clientes encontram os produtos sozinhos e levam para o caixa no check-out.

Nesse layout, as prateleiras ou mesas são dispostas de forma mais reta, conduzindo os olhos do cliente sempre cada vez mais para o interior. Os produtos mais buscados e de maior saída ficam no fundo da loja.

Mas onde colocar o caixa? Melhor posicionar a área de pagamento na parte da frente, de preferência à esquerda. Nos mercadinhos, lojas de conveniência e afins, isso ajuda a evitar os pequenos furtos de produtos e permite melhorar o controle de entrada e saída.

Além disso, nos supermercados a tendência é que o cliente queira navegar apenas nos corredores que precisa, sendo mais fácil identificá-los com o layout em grade. E como está buscando certos produtos, esse posicionamento o faz encontrar vários outros itens antes de achar os que estão na sua lista, o que proporciona resultados positivos no aumento do ticket médio.

Cliente no corredor de uma loja de utilidades.

Plano em loop

Ilustração de plano em loop para layout de loja.

Com o plano em loop você consegue maximizar os espaços da sua loja, aproveitando cada setor para exibir os seus produtos. Esse tipo de layout é muito utilizado nas lojas de departamentos, por exemplo, criando um caminho lógico para que os clientes passem pelo máximo de itens encontrarem o que procuram.

A ideia é que o cliente “se perca” entre prateleiras e produtos e até esqueça a hora de ir embora!

O posicionamento do caixa, aqui, é a menor das suas preocupações. Nesse caso, a área de pagamento funciona como um acessório, um ponto do qual os clientes nem precisam se lembrar antes do tempo.

Imagine só: você está fechando uma venda bem grande e nem quer que seu cliente pense em como ele vai pagar os produtos que o interessam. Daí, entre uma geladeira e outra… boom! O caixa! Não deu certo, né? Ele pensou em dinheiro e desistiu da compra. Que decepção!

Por esse motivo, muitas lojas de departamento ou que vendem produtos de maior volume, preferem deixar o caixa em posições mais reclusas, como em um mezanino ou no subsolo. O importante aqui é a loja!

Plano de fluxo livre

Livraria com layout de loja no plano de fluxo livre.

Muito utilizado em lojas de luxo e showrooms, o plano de fluxo livre permite maior liberdade na construção da loja, pois prevê que o cliente vai dar muitas voltas entre os corredores para conhecer o máximo possível do que está sendo mostrado.

Nesse modelo, é comum que os lojistas criem verdadeiros ambientes para mostrar determinados produtos. Vemos esse tipo de layout em locais como a Tok&Stok, Leroy Merlin, livrarias multi departamentos (Cultura e Saraiva, por exemplo), Camicado, e outros lugares em que o apelo estético conta muito.

Onde colocar o caixa, aqui, é uma decisão importante. Muito a vista, os guichês podem atrapalhar a experiência, mesmo assim é importante que eles sejam facilmente encontrados para que os clientes decididos não tenham que procurar demais e acabem desistindo da compra.

No caso dos supermercados e redes atacadistas, algumas regras podem mudar. Se interessa pelo assunto? Temos conteúdo específico sobre como posicionar melhor o caixa em supermercados e explorar as compras por impulso no checkout. Confira!

Como escolher o layout de loja ideal e entender onde colocar o caixa?

Agora que você já conhece os tipos de layouts funcionais para as lojas, fica muito mais fácil encontrar e escolher o ideal. É claro que na hora de montar o seu negócio, você vai levar em conta o formato da planta do espaço e os efeitos que quer causar no seu cliente.

Independente do tipo de desenho que você escolher, é necessário levar em conta as áreas de tomada de decisão dos clientes. Todo processo de compra é fruto de um tipo diferente de raciocínio e o layout da sua loja pode ajudar você a vender mais. Veja:

Ilustração mostrando zonas quentes e frias para o layout de loja.

Explicamos:

  • Zonas frias são ideais para vitrines e respiros de loja;
  • Zonas quentes são perfeitas para promoções;
  • No limiar das duas, o seu cliente decide pela compra e espera encontrar seus produtos “de lista”.

Na hora de montar o layout de loja, você precisa considerar que o caixa fique na zona fria da sua loja, sem desperdiçar as áreas mais quentes – que costumam vender mais.

Além disso, lembre-se do caminho automático que as pessoas tendem a percorrer, sempre se virando para a direita. Na hora de montar o seu layout de loja, posicione os produtos mais rentáveis à direita, assim como o caixa da loja.

Agora que você já conhece as diferentes disposições de layout, estará pronto para escolher bem onde deixar o caixa da sua loja. Aplicando essas técnicas, seu negócio poderá vender muito mais e garantir que os seus produtos estejam sempre seguros, sem riscos de pequenos furtos.

Quer se aprofundar mais no assunto? Acesse o nosso conteúdo sobre visual merchandising e vire um expert em montar vitrines!

Deixe um Comentário!

DEIXE UMA RESPOSTA:

Please enter your comment!
Por favor, insira seu nome