Home Destaque Como aumentar as vendas na loja de conveniência em 5 passos
Mulher com cabelos presos e máscara, olhando para um balcão com vários produtos de padaria em loja de conveniência.

Como aumentar as vendas na loja de conveniência em 5 passos

0
866

Uma loja de conveniência é um tipo de estabelecimento que fica, geralmente, integrado a postos de gasolina, oferecendo um mix variado para atender clientes que desejam comprar os mais diversos produtos de forma rápida e prática.

 

Um dos grandes diferenciais é que a loja de conveniência funciona em horários em que outros comércios estão fechados. É como se fosse um supermercado prontinho para atender uma demanda urgente ou fisgar um cliente que está passando pelo posto de gasolina, por exemplo.

Seguindo a lei da oferta e da procura, o dono da loja de conveniência consegue oferecer produtos com uma margem de lucro mais alta. Mas como aumentar as vendas? Hoje trouxe 5 passos para você implementar hoje mesmo. Vem comigo!

Homem de máscara de proteção, camisa social branca e avental preto. Ele está atrás de uma balança em loja de conveniência.

Oportunidades para lojas de conveniência

Com o isolamento social provocado pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o fluxo nas ruas diminuiu e, apesar do cenário mostrar a retomada com o passar dos dias, os consumidores mostram que querem comprar todos produtos que precisam em um só lugar. Oportunidade perfeita para atrair e fidelizar clientes nas lojas de conveniência.

Muito além do clássico cafezinho e pão de queijo que o lojista já oferece, algumas ideias podem ser implantadas para aumentar as vendas e, os lucros, é claro.

Passo 1: Combos Promocionais

O fluxo nas lojas de conveniência varia muito de acordo com o horário do dia. Pela manhã, os visitantes são clientes que estão indo para a empresa ou em viagens a trabalho. No período da tarde, as visitas são de pessoas que procuram itens para lanches e necessidades específicas. Já no período da noite, o movimento pode se dar pela busca de itens para happy hour e congelados para preparar em casa.

Analisando de acordo com a sua realidade, entenda o que os clientes estão buscando durante o dia e monte combos promocionais para facilitar o processo de decisão de compra e fazer a venda de um ou mais produtos em um pedido só. Veja só 3 exemplos:

  • Combo Manhã: pão de queijo + café + pedaço de bolo;
  • Combo Tarde: biscoitos + refrigerante + chocolate;
  • Combo Noite: cerveja ou refri + salgadinhos.

Passo 2: Divulgação da loja de conveniência

O proprietário da loja de conveniência não pode depender apenas dos clientes que vão abastecer o carro. Com a praticidade das lojas, é possível encantar a vizinhança e desenvolver uma divulgação na sua região. Imagine só quando a moradora do prédio vizinho descobrir que o pão francês sai quentinho todos os dias 15h? É fidelização na certa.

Para apresentar as maravilhas da sua loja, utilize:

  • Mídias Sociais: Instagram e Facebook são uma maneira barata de divulgar tudo que existe dentro da loja e, com a segmentação certa dos anúncios, o movimento vai aumentar;

  • Banners na área externa: informação é tudo e você pode divulgar o mix com banners na porta do estabelecimento. Os clientes do posto de gasolina vão ver o que você está oferecendo e os pedestres que passam pela região também;

  • Divulgação “boca a boca”: a clássica divulgação boca a boca é uma excelente oportunidade. Peça aos frentistas para divulgar sua loja e veja as vendas crescendo.

Passo 3: Exposição estratégica no PDV

O PDV (ponto de venda) faz toda a diferença na hora do consumidor escolher o que ele vai levar. É importante ter uma loja de conveniência com a disposição dos produtos feitas de forma estratégica para vender mais. E como fazer isso na prática? Vamos lá!

Duas pessoas pegando produtos em um refrigerador em loja de conveniência.
  • Trajeto do cliente na loja: se a sua padaria é o destaque do negócio, já imaginou que o trajeto que o cliente faz até chegar ao fundo da loja é uma possibilidade enorme de aproveitar o espaço para apresentar outros produtos? Pode ser que o seu cliente queira um pão mas, encontra leite e capuccino no trajeto e decide levar. É isso que você precisa focar na hora de definir as gôndolas.
  • Produtos complementares próximos: organize as prateleiras com produtos que podem ser complementares. Em grandes supermercados, o mix fica separado para oferecer uma melhor experiência de compra. Mas, no caso da loja de conveniência, você pode criar um cantinho de produtos para quem mora sozinho, como papel higiênico, pasta dental, miojo e até sachês de ração para pets.

Passo 4: O que vender na loja de conveniência?

Como falei antes, o mix de produtos para esse segmento pode ir muito além do que já é oferecido. É importante ficar atento aos lançamentos do mercado e conhecer as buscas de compras dos consumidores.

  • Alimentação Saudável: segundo a Euromonitor, o mercado de alimentação saudável e bem-estar cresceu muito no Brasil e movimenta US$ 35 bilhões anualmente, sendo o quarto maior mercado do mundo. Sua loja de conveniência está indo além das lasanhas congeladas e refrigerantes? Por falar nisso, você sabia que o Martins.com.br tem um mix enorme de produtos naturais no atacado? As marcas são sucesso de vendas e uma boa oportunidade para varejistas do segmento.

  • Datas comemorativas: Dia dos Pais, Natal, Páscoa… Não são apenas os grandes varejistas que devem aproveitar as datas para impulsionar as vendas. Utilize da sazonalidade para entrar no clima, decorar a loja e oferecer além dos produtos, uma experiência de compra incrível.
Uma maçã verde, uma vasilha com amêndoas, damasco e nozes e uma garrafa de água sob uma mesa branca.

Passo 5: Delivery em loja de conveniência, é possível?

Sim, sim e sim. Percebemos a mudança no mundo todo em relação ao delivery e a loja de conveniência não pode ficar de fora. Se o seu cliente não pode ir até você e a sua loja tem o produto, não é hora de perder vendas.

Disponibilize um canal de atendimento via WhatsApp, cadastre sua loja de conveniência em aplicativos Delivery (iFood, UberEats, Rappi) ou contrate um entregador próprio para fazer as entregas dos pedidos. É aumento nas vendas na certa.

Agora que você chegou até aqui, espero que tenha ficado inspirado para movimentar sua loja de conveniência com os 5 passos que te mostrei no texto. Comece aos poucos, faça testes de acordo com a sua realidade e aproveite para conhecer os melhores fornecedores parceiros do Martins.com.br que vão te ajudar bastante a vender mais e melhor.

DEIXE UMA RESPOSTA:

Please enter your comment!
Por favor, insira seu nome