Home Dicas Covid-19 Como aumentar vendas de lojas de móveis e colchões na pandemia

Como aumentar vendas de lojas de móveis e colchões na pandemia

0
290

Depois de quase seis meses de isolamento social, não é exagero dizer que a pandemia mudou a vida dos brasileiros. Essa mudança trouxe também uma nova perspectiva sobre demandas de consumo, com cada vez mais destaque para os produtos voltados para o lar.

 

Atenção donos de lojas de móveis e colchões: já sabem como aumentar as vendas para esse público?

Nos Estados Unidos o impacto da pandemia no setor tem sido bastante positivo, principalmente no segmento colchoeiro. Segundo apuração do Yahoo, a Casper – considerada marca premium – viu as vendas crescerem 15% em comparação ao ano passado, impulsionadas por 35% de crescimento no comércio eletrônico e mais de 20% na parceria com varejistas.

O mercado brasileiro ainda não chegou lá, mas o que os cases de sucesso revelam é que o segredo de como aumentar as vendas das lojas de móveis e colchões está no comércio eletrônico. É o caso da rede de franquias I Wanna Sleep, do Brasil, que apostou em atendimento online de qualidade, mix de produtos agregados diversos e entrega rápida.

Em quatro semanas, a empresa recuperou 30% de seu faturamento. Ou seja, tem espaço para crescer, basta encontrar a estratégia certa.

Quarto de casal com colchão, almofadas, travesseiros e colcha em tons de azul. Ao lado uma escrivaninha com abajur.

Lojas de móveis e colchões: como aumentar as vendas na pandemia?

O crescimento do setor de materiais de construção mostra que o brasileiro nunca esteve tão interessado em investir na própria casa. Com a quarentena, muitas demandas que antes eram adiadas ganharam prioridade, já que quem passa mais tempo em casa precisa de um ambiente confortável e funcional.

Essa é uma boa notícia para as lojas de móveis e colchões, mas é preciso se adaptar também para as outras necessidades do momento. Mesmo com a flexibilização da quarentena muitos consumidores ainda vão escolher fazer suas compras à distância, e o primeiro passo na jornada de como aumentar as vendas é alcançar esse público.

Essas aqui são algumas dicas que selecionei pra você ficar preparado:

Ofereça os melhores preços

Cofre em formato de porquinho cor-de-rosa sobre fundo branco chapado.

Não há dúvidas de que todo mundo quer uma casa mais confortável e bonita para se proteger da pandemia, mas não podemos ignorar os impactos negativos da Covid-19 no orçamento familiar. Muitas pessoas perderam o emprego ou estão buscando economizar, e o preço é um fator crucial nas decisões de compra do momento.

Sei que as lojas de móveis também precisam manter seu fluxo de caixa e não podem abrir mão de garantir uma margem de lucro, e é aí que entra a importância do fornecedor parceiro. Comprar mercadorias a custo reduzido diminui o preço final dos produtos, gerando ofertas mais atrativas para os consumidores.

Se você quer saber como aumentar as vendas, veja o que seu fornecedor pode fazer pela sua empresa. Por aqui, além das melhores ofertas, o Martins ainda te dá frete grátis e cashback para impulsionar as lojas de móveis e colchões na pandemia, e você ainda compra sem precisar sair de casa.

Invista na divulgação

Em um fundo azul uma mão segura um smartphone preto.

Com a quarentena, as lojas de móveis localizadas em shoppings e centros comerciais perderam muito movimento gerado pela circulação de pessoas e com isso as vendas também diminuíram. Para continuar vendendo mesmo com os clientes dentro de casa, é preciso chegar até ele por meio das plataformas de divulgação online.

Sim, estou falando das mídias sociais. Ferramentas de marketing digital como Google Ads permitem que você selecione exatamente o perfil do seu público-alvo, além de direcionar os anúncios para pessoas interessadas nesse segmento de produtos.

Lembre-se que esse consumidor pode ter um perfil diferente daquele da loja física e seu argumento de vendas precisa se adaptar a todas essas novas realidades. E caso você já tenha um banco de dados com o contato da clientela, traga esse público de volta com estratégias de relacionamento como e-mail marketing, cupons de desconto e ofertas personalizadas.

Turbine seu serviço de entrega

Mulher deitada em uma cama de lençóis e travesseiros brancos e azuis.

A última etapa nesse fluxo de como aumentar as vendas está nos serviços de entrega. Ao invés de migrar completamente para o online, muitas lojas de móveis optaram pelo modelo chamado LFO, loja físico-online. O cliente entra em contato por telefone, vídeo-chamada ou Whatsapp e a entrega é feita na sequência, pelo entregador.

Segundo empresários do setor, a alternativa atrai porque une agilidade e uma experiência de compra mais próxima e personalizada, que faz diferença nas lojas de móveis. Já quem adota o modelo 100% digital tem a vantagem de alcance ampliado, mas deve escolher com cuidado o serviço de entrega, que deve unir rapidez, segurança e também cuidado com o manuseio dos produtos.

Para finalizar, nem preciso dizer como aumentar as vendas também tem tudo a ver com a escolha de boas marcas e produtos, e tudo isso você encontra no Martins. Conheça nossas empresas parceiras e prepare-se para vender mais e melhor com o Martins Atacado.