Home Destaque Marketing para pequenos negócios é caro? Dá trabalho?

Marketing para pequenos negócios é caro? Dá trabalho?

0
1434

“A propaganda é a alma do negócio”. Você já ouviu essa frase alguma vez na sua vida, não é? E ela está mais do que certa, pode acreditar. O marketing para pequenos negócios, porém, vai muito além da propaganda: é um meio de se comunicar com o seu cliente, criar relacionamentos e fechar mais vendas.

 

As vendas aumentam porque você está inserido na vida dos seus clientes. Eles lembram e gostam do seu negócio. Quando você consegue segmentar seu público então, aí é que os resultados ficam ainda mais expressivos e você vende sem nem ver. E tudo isso é possível com a ajuda do marketing para pequenos negócios.

Ah, mas eu não tenho dinheiro pra investir em marketing! Pera lá que a conversa aqui é outra, dinheiro não é problema! Você vai ver ao longo do artigo como trabalhar o marketing para pequenos negócios sem ter que gastar demais. Vamos com a gente?

Marketing para pequenos negócios atraindo mais clientes: por que não o Facebook?

É bom começar pelo começo, né? O primeiro passo na “ordem” lógica do marketing para pequenos negócios é criar uma forma de trazer os seus clientes para dentro da loja. Aqui é onde você vai precisar ser bem criativo para transmitir sua mensagem sempre de um jeito interessante e chamativo para os seus futuros clientes.

marketing-pequenos-negocios-facebook

Flyers de promoção funcionam, não dá pra negar. Ao mesmo tempo, eles demandam um investimento razoável dependendo da quantidade e é muito difícil saber se eles estão dando resultado. Uma ótima ideia é utilizar o marketing digital em conjunto para ter mais assertividade nos gastos.

Olhe o Facebook, por exemplo. Todo mundo tá lá, e com uma ajuda da plataforma de anúncios, que é bem simples de usar, você consegue definir pra qual perfil você quer anunciar, pra qual cidade e até mesmo pra qual bairro. E sabe quanto você vai gastar em anúncios? O Facebook recomenda de 20 a 30 reais.

Barato né? E você pode estipular um cronograma pra definir quando exatamente você quer gastar dinheiro e quando não, te dando um maior controle do que você está gastando.

O marketing dentro da loja é o merchandising e o atendimento

Mas e depois que você leva os clientes pra dentro da loja, o que acontece? O serviço acaba? Não não, é aí onde o marketing para pequenos negócios atinge outro nível: a conversão em vendas.

Se você estabelece um tom de voz para se comunicar no Facebook, Instagram e até no offline, ele precisa ser transmitido dentro da loja também. É aí que entra o merchandising, o seu layout e o atendimento.

Se você anuncia um produto em promoção, deve ter certeza que seu estoque está bem abastecido para lidar com o aumento da procura. E do mesmo jeito, esse produto deve estar exposto de forma atrativa, para que o cliente perceba imediatamente a ligação entre o anunciado e o oferecido.

E na hora de atender, é a mesma coisa. Lidar com o aumento da procura pode ser difícil, então uma boa comunicação interna é fundamental para deixar a demanda mais tranquila e não pecar por atendimento fraco.

Também é válido seguir os preceitos básicos de uma boa interação com o cliente, que são:

  • Cortesia acima de tudo;
  • O cliente tem sempre razão, mas deve ser guiado de acordo com o que ele precisa;
  • Atendentes uniformizados transmitem profissionalismo;
  • Anunciou um preço em qualquer lugar? É esse preço que você deve oferecer;
  • Tem alguma franquia? Todas as lojas devem ser padronizadas para oferecer a mesma experiência.

Fechou a venda? Fidelize!

As oportunidades de fidelização de clientes com o marketing para pequenos negócios são grandes. Juntando atendimento às ações que você elabora é possível fazer com que ele prefira sempre você, te indique e te defenda sempre!

Você pode oferecer produtos relacionados com o que o seu cliente costuma comprar ainda no ato da compra. Ele foi embora? Encontre uma maneira de conseguir seu e-mail – como uma pesquisa de satisfação, por exemplo – e comece a se comunicar com ele por esse canal. Envie sugestões de produtos, ofertas especiais e até folhetos por lá.

Mas o marketing para pequenos negócios voltado para fidelizar não para por aí. Você também pode criar pautas para postagens no Facebook buscando para o engajamento do seu público, olha só alguns exemplos:

  • Qual é a sua parte favorita da nossa loja?
  • Nosso vendedor está te esperando! O que você quer comprar hoje?
  • Já comprou carne hoje? Nosso açougue está a todo vapor!
  • Olha só nossas novidades em eletrônicos! Vai ficar de fora?
  • O gerente ficou maluco! A loja inteira com 20% de desconto, vem comprar!

Usando o Facebook para anunciar, você pode inclusive conversar especificamente com quem já curtiu sua página ou fez check-in na loja, criando um marketing para pequenos negócios focado em relacionamento muito mais direcionado e preciso.

marketing-para-pequenos-negocios-atendimento-vendas

Sabe qual é a melhor parte de trabalhar o marketing para pequenos negócios em todas as suas fases? Pouca gente está fazendo esse trabalho. É sério!

O futuro aponta para um crescimento acelerado do marketing para pequenos negócios logo logo, então começar agora vai garantir muito mais vendas do que deixar pra depois, quando todo mundo estiver fazendo. Vender nunca foi tão fácil e tão barato. Bora começar?

Nós temos um conteúdo ainda mais exato sobre o marketing para pequenos negócios voltado para o relacionamento. Que tal a gente continuar essa conversa por lá?


Deixe um Comentário!