Home Dicas Covid-19 Ideias para motivar a equipe em home office

Ideias para motivar a equipe em home office

0
134

Depois de quase seis meses de quarentena, o home-office deixou de ser uma solução temporária diante da pandemia para se transformar em realidade permanente na vida de muitos trabalhadores. Para os gestores, fica o desafio: como motivar a equipe à distância?

 

Dados da PNAD mostraram que em maio 8,7 milhões de brasileiros estavam trabalhando remotamente por causa da pandemia. Desde então, grandes empresas como Petrobras e Banco do Brasil anunciaram que vão manter parte dos colaboradores permanentemente em home-office; outras multinacionais anunciaram a adesão permanente para toda a equipe.

homem sentado de costas para a foto em frente a um monitor de computador e um notebook aberto com uma das mãos apoiada em mouse

No entanto, a novidade vem também alguns desafios, como o de manter os colaboradores integrados e garantir um bom ambiente de trabalho ainda que esteja cada um na sua casa.

A resposta para essas questões está em atividades para motivar a equipe. Confira essas ideias para motivar a equipe em home-office e lembre-se que a qualidade de vida do seu time impacta diretamente os seus resultados. Vamos começar?

Home-office: como motivar a equipe?

Uma pesquisa da FGV mostrou que 56% entre 464 entrevistados encontraram muita dificuldade ou dificuldade moderada em equilibrar as atividades profissionais e pessoais ao trabalhar remotamente. Já 34% consideraram difícil ou muito difícil manter a motivação, e 36% acham difícil ou muito difícil continuar com a mesma produtividade.

Uma reportagem do El País retrata casos de estresse crônico, deterioração física e isolamento como consequência do trabalho remoto, além da extensão da jornada diária e os impasses tecnológicos.

Boa parte desses problemas é uma consequência da mudança súbita para o home-office, sem planejamento ou infraestrutura adequados. Muito do estresse também tem a ver com o contexto da pandemia, que faz a ansiedade aumentar em meio a tantas incertezas e ameaças.

Motivar a equipe certamente não é a solução milagrosa para várias dessas questões, mas é uma saída possível para tornar a transição menos dolorosa para todos.

Veja só algumas sugestões!

Ouça os colaboradores

mulher de blazer sentada em frente a notebook com as uma das mãos apoiada no rosto e semblante de insatisfação

Ansiedade, tensão e medo são fatores que interferem diretamente na motivação dos trabalhadores, sentimentos que têm sido predominantes nesse momento. Além de ter que conciliar as demandas profissionais e pessoais, sua equipe também está lidando com o medo de perder o emprego, adoecer ou ainda perder alguém próximo para a COVID-19.

Tudo isso afeta a qualidade das entregas e a motivação com o trabalho. Por isso, o primeiro passo para motivar a equipe é ouvir o que os colaboradores têm a dizer, suas queixas e angústias, e criar um canal de confiança entre o time e a liderança.

Saber que a chefia se preocupa e está aberta a ouvir faz toda a diferença na relação entre funcionário e empresa. Portanto, dedique um tempo periodicamente para reuniões individuais focadas na satisfação do trabalhador e gere ações práticas a partir das conversas, para que todos se sintam realmente ouvidos.

Foque nos resultados

homem sentado sozinho em escritório durante a noite com iluminação apenas da tela dos computadores

Flexibilidade e autonomia estão entre as vantagens da vida de quem trabalha em home-office, mas essa não tem sido a realidade de muitos brasileiros. Como não houve plano de transição, muitas empresas mudaram o espaço físico das operações mas mantiveram a mesma dinâmica de trabalho, como se estivessem todos no mesmo lugar.

Mais importante do que qualquer atividade lúdica para motivar a equipe, o que os trabalhadores buscam é ter seu tempo e valor respeitados. Isso significa que cabe a empresa repensar alguns processos para se adaptar ao contexto, em vez de cobrar disposição total.

No home-office, faz mais sentido estabelecer objetivos, metas e prazos do que o cumprimento de uma jornada de 8h contínuas, com mais autonomia para cada um. Com foco nos resultados, você engaja seu time naquilo que realmente importa além de ser um gesto de confiança no comprometimento de todos.

Promova atividades de integração

A sinergia no ambiente de trabalho faz toda a diferença nos resultados e essa afinidade muitas vezes é construída nos intervalos, em happy hours e em conversas cotidianas desvinculadas da empresa. Como garantir a integração à distância?

Motivar a equipe em home-office significa lembrar aos colaboradores que, mesmo à distância, eles continuam sendo parte de um time.

Engajar todos em atividades em comum é um bom jeito de começar. Isso pode ser feito através de workshops de capacitação ou até mesmo alguma ação mais inusitada, como um clube do livro ou “Filme da Quinzena”, que deve ser assistido por todos para ser comentado depois.

Veja outras sugestões:

  • Enviar um cartão com alguma lembrancinha no dia do aniversário de cada um;
  • Em datas especiais, mandar cestas temáticas para equipe com comidas típicas da época, como Natal e festa junina;
  • Atrelar metas a prêmios, que podem ser desde folgas durante a semana até algum presente de maior valor.

A mudança para o home-office muitas vezes significa também em investir na infraestrutura, para que todos tenham equipamentos adequados para o trabalho. E isso você já sabe onde encontrar, no Martins, é claro! Veja o que nossos fornecedores têm a oferecer!

DEIXE UMA RESPOSTA:

Please enter your comment!
Por favor, insira seu nome