Home Dicas Covid-19 Motoboy fixo ou terceirizado: qual a melhor opção para entregas?
Motoboy de casaco laranja, calça jeans e boné preto organiza uma mochila de transporte delivery em cima de um banco.

Motoboy fixo ou terceirizado: qual a melhor opção para entregas?

0
766

Com o aumento na procura por serviços delivery durante o isolamento social, muitos varejistas estão em dúvida se a melhor opção para entregas é ter um motoboy fixo ou terceirizado. A resposta é: depende. Por isso, vou te mostrar os pontos positivos e negativos para cada tipo de serviço neste texto.

 

Uma pesquisa da Kantar mostrou que dos brasileiros que pediram delivery 53% fizeram seus pedidos duas ou três vezes na última semana e 19% afirmam que mesmo após a pandemia continuarão pedindo. E esses números vão muito além de refeições.

Muitos setores precisaram adaptar a forma como oferecem e vendem seus produtos. Tomar a decisão certa sobre o tipo de entrega oferecer faz parte deste “novo normal” e o lojista precisa estar preparado. Vamos lá?

Fixo ou terceirizado? Como contratar um motoboy?

Primeiramente, você precisa entender a demanda de entregas que o seu negócio precisa. Um ponto de partida é ter o números de pedidos que são feitos diariamente, se eles necessitam de uma entrega imediata ou agendada e quais os desafios de quem vai entregar o produto.

Homem de camisa azul e crachá de identificação entregando duas caixas de papelão para uma pessoa.

Por exemplo, se você é do segmento de materiais de construção, consegue trabalhar com o prazo de entrega mais longo com o cliente e com a possibilidade de agendar determinados dias e horários. Mas, se você é dono de um negócio local, como uma sorveteria ou loja de alimentos, vai precisar oferecer a entrega imediata.

O segredo é saber quais as necessidades do seu tipo de empresa antes de procurar o fornecedor.

A contratação pode ser feita diretamente com empresas que oferecem esse serviço, no regime de trabalho CLT ou por meio da prestação de serviços terceirizada. Entenda a diferença a seguir e escolha a melhor opção.

Entregas com motoboy de empresa terceirizada

Algumas empresas oferecem o serviço de contratação de motoboy terceirizados e, provavelmente, algumas delas já possuem cobertura na sua cidade. Quando você passa algumas funções para uma empresa especialista, consegue ter um trabalho profissional, com a qualidade que seus clientes procuram.

As vantagens para o seu negócio com esse tipo de contratação são:

Motoboy com luvas azuis segura sacola de papelão em uma mão e a máquina de cartão em outra. Uma mulher recebe a encomenda.
  1. Sem vínculo empregatício com os entregadores;
  2. Sem investimento na frota;
  3. Profissionais treinados e motivados;
  4. Segurança no transporte;
  5. Fluxo de rotas otimizado.

Procure por empresas que tenham boa avaliação e faça uma parceria produtiva para ambos lados, mas sempre de acordo com as suas necessidades. Assim, eles vão conseguir oferecer o tipo de contrato certo, além da possibilidade de uma boa redução nos custos com entregas no seu negócio.

Caso você precise de um entregador disponível a todo momento, com giro rápido e alto volume de entregas, talvez seja melhor ter um motoboy fixo. Veja só…

Quando contratar um Motoboy fixo?

A contratação de um entregador fixo envolve alguns cuidados muito importantes para que o motorista tenha seus direitos garantidos e a sua empresa não sofra possíveis perdas. O processo para ter um motoboy fixo na loja começa antes mesmo do primeiro dia de trabalho – isso porque é fundamental ter um processo seletivo eficiente.

Depois que tiver informações sobre a contratação, confira se ele possui a Carteira de Habilitação válida, quais as referências em trabalhos anteriores e se o profissional conhece a região que vai realizar as entregas. Certifique-se de entregar todos materiais que ele precisa para trabalhar seguro: luvas, capacete, álcool gel, botas e converse sobre a importância de respeitar as leis de trânsito e dirigir com responsabilidade.

Motoboy de casaco laranja, calça jeans e boné preto organiza uma mochila de transporte delivery em cima de um banco.

Na hora de ter um motoboy fixo – que vai te proporcionar mais segurança para entregar os pedidos – tenha em mãos os custos de um funcionário contratado CLT na sua loja. Além do salário que foi acordado entre vocês, prepare-se para os futuros pagamentos: férias remuneradas, 13º salário, benefícios previdenciários e seguro-desemprego.

Fala, Mart!
O motoboy costuma ser o único contato entre a sua loja e o cliente. Por isso, ter um colaborador alinhado com os propósitos do seu negócio pode fazer toda diferença na experiência de compra dos clientes.

Independente do que você escolher, seja o motoboy fixo ou terceirizado, acompanhe de perto como estão sendo feitas as entregas e pergunte a opinião dos seus clientes sobre o serviço que estão recebendo. Conhecer esses detalhes fazem toda a diferença em como sua empresa está sendo vista pelo público.

Precisou ajustar ou acha que o tipo de modelo que está trabalhando não é vantajoso? Vale testar outras alternativas e encontrar a que mais se encaixe na realidade da sua loja. Em muitos casos, amigo varejista, não dá pra olhar apenas para os custos, é preciso investir no serviço de entrega como parte essencial da empresa.

Se você está focado em encontrar as melhores oportunidades e otimizar os custos do seu negócio durante a pandemia, veja o texto que fiz sobre como cortar gastos no pequeno negócio e comece a estruturar as finanças agora mesmo.

DEIXE UMA RESPOSTA:

Please enter your comment!
Por favor, insira seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.