Home Curiosidades DIY e artesanato são ótimos nichos, você os atende?

DIY e artesanato são ótimos nichos, você os atende?

0
1655

Alguém duvida que o “faça você mesmo” (ou, no inglês, Do it Yourself e, no internetês, “móveis DIY”, por exemplo) é tendência? O que antes era um passatempo da avó bordadeira ou do paizão na garagem criando mobiliários mirabolantes, já caiu nas graças do grande público que ama uma lembrancinha feita à mão ou um móvel construído em família.

 

Nas casas brasileiras já é comum encontrar aquele sofá de pallet na sala, vasos de plantas feitos em família, estantes e aparadores restaurados com muita tinta e verniz, sem contar em quantas e quantas decorações de festas de casamento feitas pelo casal em conjunto a pessoas queridas.

Nem um pouco bobo, o mercado vem respondendo à tendência: várias lojas já oferecem produtos para a construção de móveis DIY e algumas outras estão praticamente em função de vendê-los.

Mas o que isso significa para o seu supermercado ou mercadinho? Simples: quanto mais as pessoas constroem e criam, mais necessário se torna oferecer materiais de construção na mercearia. Vamos saber mais sobre o tema?

Todo mundo ama móveis DIY e artesanato

Que a tendência existe, não há como negar. Digite “móveis DIY” no Google agora e veja o que acontece: aparecem páginas e páginas te ensinando a montar dezenas de peças diferentes.

É o efeito internet! A rede popularizou a informação como jamais visto e para o DIY e artesanato, isso foi mágico.

Online, é possível descobrir como montar uma arara de PVC, como montar uma horta com materiais recicláveis e até como construir, passo a passo, um kit de prateleiras do zero. Com um bom roteiro, disposição e as ferramentas corretas, qualquer um consegue! É empoderador, não acha?!

O quão grande é a tendência?

Globalmente, o crescimento do mercado de DIY e artesanato foi de US$ 13,5 bilhões entre 2012 e 2019.

E, para além do faturamento, se a gente for olhar o que diz o Google, os resultados também são fortes indicadores de que móveis DIY e artesanato vêm se tornando muito relevantes nos últimos anos, especialmente no Brasil.

Segundo o Google Trends, ferramenta da empresa que mostra o volume de pesquisas por um termo determinado, houve um crescimento bem grande na procura por “DIY” e termos relacionados entre 2014 e 2019.

Olha só o gráfico que a gente elaborou pra ilustrar melhor essa evolução:

Os números indicam uma pontuação atribuída pelo Google, que vai de 0 a 100 – sendo a menor pontuação para os menos buscados e a maior para os mais populares. Percebe o crescimento do universo “faça você mesmo” entre 2014 e 2019?

  • DIY: pontuação de 24 em 2014 e 35 em 2019 – Aumento de 45% nas buscas;
  • Verniz: pontuação de 23 em 2014 e 53 em 2019 – Aumento de 130%;
  • Tinta Spray: pontuação de 14 em 2014 e 38 em 2019 – Aumento de 171%;
  • Pallet: pontuação de 6 em 2014 e 11 em 2019 – Aumento de 83% na procura. 

Isso mostra que quem pesquisa não quer saber só como construir móveis DIY ou o que é o DIY em si. As pessoas estão pesquisando na internet pelos produtos para criar. Elas já sabem do que precisam, agora só falta você vender!

Vender produtos para móveis DIY e artesanato na mercearia

As pessoas estão procurando materiais para construir seu próprio mobiliário, e sabe o que isso quer dizer? Que você, amigo varejista, tem uma oportunidade e tanto nas mãos.

O público não precisa só de pallet, verniz e tinta spray para construir seus móveis DIY. Na verdade, existe toda uma gama de produtos que compõem um mix realmente capaz de atender às necessidades do alvo. Por isso, vender materiais de construção na mercearia é uma solução que pode facilitar mais um aspecto da vida do seu cliente.

Sobre uma mesa, vários produtos para fazer artesanato e mão desenrolando carretel de fios.

Calma! Os clientes não vão procurar ripas de madeira nem canos de PVC no seu mercadinho, mas pode apostar que na hora que faltar cola e parafuso para montar os móveis DIY, é na sua mercearia que eles vão procurar primeiro.

Conveniência em primeiro lugar

Sim, muitas vezes a conveniência fala bem mais alto que a especialização. Fala sério: você sairia da sua casa no meio do processo de montar um móvel DIY para ir atrás de uma loja de materiais de construção no centro? Claro que não!

Entre todos os outros apelos e justificativas, vender materiais de construção na mercearia tem esse grande incentivo. Veja só a quantidade de pessoas que estão ao seu redor aí no bairro. Agora, pense que grande parte delas se interessa por móveis DIY e artesanato. E olha que conveniente: sua mercearia vende esses produtos!

Sabendo disso tudo, já dá até pra adivinhar o que você está pensando: “no meu mercadinho, tem de tudo, menos espaço!”. Calma que os materiais de construção na mercearia não vão ocupar tanto lugar.

Materiais de construção na mercearia: o que vender?

A questão do espaço é facilmente resolvida se você selecionar direitinho que produtos vender. Não precisa sair vendendo saco de cimento, viu? Ofereça produtos menores, mais relacionados às necessidades de quem faz pequenos reparos, constrói móveis DIY e cria artesanatos.

Materiais de papelaria em cima de mesa com forro azul.

Olha só uma listinha rápida como exemplo:

Você acha que esses materiais de construção na mercearia ocupariam mais de uma gôndola? Jamais! E mesmo com alguns outros itens inseridos no seu mix, como produtos para jardinagem e pequenas reformas em casa, uma parede basta para fazer a alegria do pessoal dos móveis DIY.

E mais: o segredinho é que você do varejo compra materiais de construção com margem de precificação bem melhor.

Mas espera aí que isso já é assunto pra outro texto! Vem ver com a gente como preparar sua estrutura para começar a oferecer materiais de construção na sua mercearia!

DEIXE UMA RESPOSTA:

Please enter your comment!
Por favor, insira seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.