Se o mercado está sinalizando que há um nicho a ser explorado, é hora de abrir um espacinho na gôndola para proporcionar essa experiência aos clientes. Um exemplo bem atual e que precisa de atenção são os produtos de marcas próprias, cujas vendas explodiram durante a pandemia de Covid-19.

Um dos motivos desse boom está diretamente relacionado à economia. Ou seja, os brasileiros estão poupando grana e optando por comprar itens mais baratos, como os de marcas próprias.

Mas, afinal, o que significa marcas próprias?

Podemos dizer que são produtos fabricados, beneficiados, processados ou embalados por uma empresa que detém o controle sobre a distribuição daquela determinada marca. Esses itens podem ser até 25% mais baratos do que os de marcas tradicionais.

Tudo bem que a mudança de comportamento do consumidor por conta da pandemia não é novidade pra ninguém. Assim como já sabemos que as compras online ou por aplicativos, além do delivery, são os maiores exemplos desse novo comportamento.

Planejamento financeiro

O planejamento financeiro, ou seja, gastar menos principalmente com o que não é essencial, também faz parte desse novo jeito de comprar – mais cauteloso e menos movido por impulso.

E os números mostram justamente esse potencial mercado a ser explorado. De acordo com uma pesquisa da Kantar, somente no primeiro semestre de 2020 as marcas próprias atraíram 2,2 milhões de novos consumidores. Em relação à quantidade de unidades vendidas no mesmo período, o crescimento foi de 22%.

Aliás, a situação favorável também é confirmada pela Associação Brasileira de Marcas Próprias e Terceirização (Abmapro). A entidade estima um crescimento de 9,6% em 2020 em comparação com o ano anterior. Com isso, o faturamento pode cjegar na ordem de R$ 8 bilhões.

Então, vamos entender mais sobre marcas próprias, benefícios e essa forte relação com o consumidor? Ah, antes de avançarmos no assunto, reforçamos que produto mais barato não é sinônimo de qualidade inferior. Pelo contrário, há itens que competem com marcas tradicionais. E tem mais: os produtos marcas próprias apresentam boas margens de lucratividade. Bora lá?!

mulher olhando produto na gôndola

De olho nas marcas próprias

Os produtos de marcas próprias podem ser até 25% mais baratos do que os de marcas tradicionais. Esse menor valor é possível devido ao custo comercial baixo e investimento com publicidade reduzido, já que os itens dessa categoria são confeccionados e vendidos entre o fornecedor e o detentor da marca.

Diante da pandemia, os brasileiros estão colocando na ponta do lápis qualquer tipo de gasto. Esse planejamento financeiro foi necessário por conta das incertezas do mercado – já que muitos tiveram reduções salariais ou mesmo perda dos postos de trabalho – e a regra não deixou de fora o varejo alimentar.

Essa mudança de comportamento do consumidor se reflete no carrinho de compras, que passou a receber mais produtos de marcas próprias, não somente pelo preço, mas também pela qualidade que oferecem. É a famosa relação custo-benefício, ou seja, economia sem abrir mão da qualidade.

De acordo com um estudo da Kantar, esses são os atributos preferidos do consumidor brasileiro, por ordem, em relação aos produtos de marcas próprias:

  • Qualidade;
  • Embalagem;
  • Preço;
  • Exposição;
  • Variedade;
  • Comunicação.

Produtos marcas próprias só crescem nas vendas

Logo no início da pandemia, as vendas de produtos de marcas próprias cresceram 10% em comparação com abril do ano passado. Produtos commodities, por exemplo, leite, arroz, café e feijão também cresceram, chegando a 32,6% no mesmo período.

Os dados são conforme pesquisa da Nielsen, em parceria com a Associação Brasileira de Marcas Próprias e Terceirização.

De acordo com a presidente da Abmapro, Neide Montesano, a pandemia teve papel fundamental na escolha dos consumidores pelas marcas próprias. Mas destaca que não foi somente esse o motivo. “Essa expansão se consolidou como uma tendência desde o início do ano, mas é certo que a pandemia acelerou o processo”, diz Montesano.

Ela explica ainda que é natural, em momentos de crise, como a pandemia vivida atualmente, as famílias ajustarem seu planejamento financeiro. Por isso, acabam optando por comprar itens de marcas próprias como forma de economizar.

Se os brasileiros confiam nos produtos de marcas próprias, devido a essa relação custo-benefício, é hora de focar nesse universo, que é bem extenso e não se limita a uma ou duas categorias. O Martins.com.br, por exemplo, trabalha com várias marcas, como Smart, Enlace, Maitá e Pratik.

Na categoria de Higiene e Beleza, a lista contempla:


Em Limpeza, os produtos de marcas próprias trabalhados pelo Martins.com.br variam entre:

E tem ainda os produtos voltados para pequenos reparos:

Na categoria Alimentos, a variedade também é grande:

Como a exposição adequada ajuda nas vendas de marcas próprias?

produtos expostos na gôndola

Você sabia que 80% da conversão das compras está ligada com a forma e o local que o produto está exposto? Por isso, na hora de colocar os produtos marcas próprias nas gôndolas a atenção deve ser a mesma com os itens tradicionais já trabalhados na loja.

Vale usar ponta da gôndola e Ilhas, a parte central da loja, perto de produto de alta procura, prateleira na altura dos olhos e que os itens estejam na altura das mãos, ou seja, o ponto de pega deve ser de 1,20 a 1,60 metro.

Marcas próprias pós-pandemia

Apesar de tudo, da crise gerada pela Codiv-19 e da mudança de comportamento do consumidor, é certo que muitas dessas transformações seguirão pós-pandemia. É o caso da busca por produtos de marcas próprias, uma tendência mais do que consolidada.

E o fator de sucesso desses produtos está diretamente ligado a essa relação custo-benefício. Por um lado entra a questão financeira. Por outro lado a qualidade, que tem chamado a atenção dos consumidores. Em muitos casos, o nível de qualidade dos produtos de marcas próprias está no mesmo patamar das principais marcas do mercado.

Assim, tudo bem que nesse momento a escolha do consumidor por produtos de marcas próprias foi devido ao menor preço, como forma de economizar diante da crise. Por outro lado, ao passar pela experiência positiva, daqui pra frente essa compra passará a ser de forma natural e não mais relacionada a algum motivo, como crises, já que as marcas próprias tendem a se destacar nesses momentos.

Se antes a única barreira encontrada para a venda de MPs era a desconfiança do consumidor. Agora, isso caiu por terra já que a experiência acaba comprovando a qualidade do produto mesmo com um preço abaixo da marca tradicional.

mulher com carrinho de supermercado cheio de compras

Por que investir em marcas próprias?

Bom, acima descrevemos diversas questões favoráveis em relação às MPs, mas a rentabilidade, sem dúvida, é a cereja do bolo. Isso porque  o processo de compra desses produtos passa a ser sem intermediários, ou seja, a negociação é feita apenas entre o supermercado e o fabricante do produto, reduzindo custos e sendo possível, assim, aumentar a rentabilidade.

Além disso, vou te dar mais um argumento para investir em marcas próprias: fidelização dos clientes. Se você tem um produto exclusivo, que agrada seu cliente, pode apostar que o hábito de compra será criado. Além disso, o famoso boca-boca entrará em cena. 

Imagine: dona Maria foi comprar mistura para bolo no Supermercado Balão e a marca que ela costuma comprar tinha acabado. Ela então resolveu arriscar por um produto de marcas próprias. Deu tudo certo com o bolo, tanto que a dona Maria voltou ao Supermercado Balão para comprar mais. Todo mundo gostou tanto que começaram a pedir a receita. Dona Maria, então, disse que usou mistura para bolo de marcas próprias que comprou no Supermercado Balão.

Percebeu a relação de confiança que foi construída? Se ainda não trabalha com marcas próprias na sua loja, é bom se apressar, já que as MPs vêm crescendo no mercado brasileiro há alguns anos. E a atual pandemia está apenas mostrando que esse mercado tem potencial e muita rentabilidade. Em resumo é isso!

Para ajudar você nessa tarefa, faça suas compras aqui mesmo no Martins.com.br. Ative seu cadastro no site e conheça o catálogo completo do mix ofertado de MPs e tudo mais que você precisa para manter sua loja abastecida.