Seja na sala, na lavanderia, na cozinha e até no banheiro, os produtos Panasonic marcam presença e ampliam as possibilidades! O que antes eram apenas TVs, computadores ou geladeiras, ganharam novos significados depois que a marca revolucionou os produtos com auxílio de uma tecnologia superavançada. Ter todas essas inovações no ponto de venda é aproximá-lo da loja do futuro, à qual o consumidor pode recorrer quando quiser transformar sua casa em um lugar muito mais inteligente.

 

        E não é apenas do consumidor que a tecnologia é uma aliada, todos os benefícios transparecem também nas suas vendas, já que é por meio da sua loja que o público mantém contato com as novidades. Por isso, o ponto de venda deve estar sempre equipado e surpreendente para o consumidor! Nada melhor que contar com a Panasonic como parceira, afinal, são quase cem anos de tradição e desenvolvimento!

 

        A sede da empresa funciona no Japão, em Osaka, mas também há atividades em várias partes do Brasil. Aqui, a história começou em 1967, como Panabras, que comercializava pilhas. A recepção pelo público foi tão positiva, que não demorou até que esse comércio se expandisse. Em 1974 a primeira fábrica brasileira da Panasonic abria as portas em São José dos Campos, e já estava preparada para produzir não só as famosas pilhas, mas também rádios portáteis e gravadores.

 

        Cerca de sete anos depois, o Brasil já contava com a produção de gravadores, condicionadores de ar, rádios-relógios… A Panasonic já havia se consolidado como um grande sucesso e, depois disso, o crescimento foi cada dia maior. Tanto que hoje contamos com um portfólio completíssimo só da marca. E não são apenas produtos para a casa, mas há também variados itens essenciais para empresas.

 

        Então, como está o seu estoque? É hora de verificar se os produtos Panasonic estão em dia e prontos para muitas vendas. Sempre que faltar algo, não se preocupe, a qualquer momento o maior atacadista-distribuidor do Brasil www.martins.com.br pode solucionar o seu problema. Bons negócios!