Home Dicas Datas Especiais O que vender na Black Friday em 2020?

O que vender na Black Friday em 2020?

0
71

Há algumas semanas adiantei que a Black Friday 2020 vai acontecer normalmente em novembro, com pandemia ou não. Mas, como você deve imaginar, as coisas vão ser diferentes, já que os hábitos de consumo mudaram bastante graças ao isolamento.. E aí fica a dúvida: o que vender na Black Friday?

 

A edição de 2020 vem com a missão de ajudar o varejo a recuperar o fôlego depois de um ano com queda nas vendas em diversos setores. Mas de acordo com uma sondagem feita pelo Uol, 69% do público já declarou ter intenção de comprar no dia 27 de novembro.

Lembre-se que toda crise gera uma demanda reprimida, e a black friday 2020 é a oportunidade perfeita para os consumidores recuperarem as compras perdidas. Portanto, saber o que vender na Black Friday 2020 em cada setor é o primeiro passo para garantir um bom desempenho da loja no fim do ano.

Fique de olho nas dicas e acerte no mix!

caixinhas pretas e vermelhas com as palavras BLACK FRIDAY escritas de branco no topo sobre superfície amarela

O que vender na Black Friday 2020: mercearia

Mercearia na Black Friday 2020? Claro! Todos os segmentos podem participar da data, inclusive os mercadinhos e armazéns, e esse ano promete uma demanda ainda maior no setor graças ao aumento de preço nas mercadorias de cesta básica das últimas semanas.

Não se fala em outra coisa por aí, e mesmo que até novembro os preços caiam a tendência é que o consumidor valorize toda a oportunidade de abastecer a despensa com descontos especiais. O ideal é apostar no básico do dia a dia, como arroz, feijão, macarrão, farinha, etc., com preços bem abaixo do que o mercado está praticando.

As promoções devem se pautar na urgência: guie sua ação para a ideia de aproveitar para encher a dispensa para vender mais. Mas não é só de cesta básica que vive a Black Friday 2020 dos supermercados e mercearias. Você também pode oferecer descontos em bebidas alcoólicas, chocolates e o que mais tiver boa saída e estoque cheio na sua loja.

No Martins você encontra o que vender na Black Friday no varejo alimentício, indo desde a cesta básica até produtos mais especializados. Veja:

O que vender na Black Friday 2020: farmácia

pessoa segurando pote pequeno de alcool gel com uma mão e a palma da outra mão estendida para receber o produto

O sucesso das farmácias durante a pandemia da COVID-19 promete se repetir na Black Friday 2020, principalmente agora que o segmento chegou de vez no comércio eletrônico.

Além de algumas tendências que já cobri aqui, como os cosméticos e produtos de autocuidado, o momento é propício para desencalhar o estoque do “kit coronavírus”.

O medo do desabastecimento fez muitas lojas estocarem álcool gel e outros itens de prevenção contra o vírus em março. Se você correu para encher as prateleiras e acabou com produtos em excesso, é hora de abaixar os preços e fazer essas mercadorias girarem!

Mas vale a mesma dica das mercearias: o ideal é verificar no seu estoque o que tem boa saída e o que está bem abastecido e abaixar o preço. Em momentos de grandes promoções como a Black Friday 2020, a versatilidade do mix oferecido é o que mais vende.

Veja o que vender na Black Friday direto do catálogo do Martins!

O que vender na Black Friday: materiais de construção

As reformas em casa foram o grande hit da quarentena, fazendo movimento nas lojas de materiais de construção. Mas com a flexibilização do isolamento as obras de grande porte foram retomadas, gerando uma demanda dupla para o setor.

Sua estratégia para a Black Friday 2020, portanto, deve mirar esses dois perfis. Para o consumidor doméstico, foque nos itens de acabamento, ferramentas e outras miudezas, mas não deixe de ir atrás das construtoras e aproveite a data para fechar parcerias para as obras que virão por aí.

EPIs são ótimos produtos para vender na Black Friday 2020, especialmente pensando nessas obras que estão retomando. O consumo desses materiais pelas construções é bem grande, como você já deve saber. E nesse momento, vários almoxarifados podem estar há meses sem fazer compras. Hora de promoção!

Equipamentos pesados também são uma ótima ideia de investimento. As Betoneiras CSM, por exemplo, te permitem fazer promoções para competir com as grandes cadeias de lojas de construção. Vale a pena considerar vender esses produtos.

Veja o que vender na Black Friday direto do catálogo do Martins:

O que vender na Black Friday: pet e agrovet

O mercado pet foi outra surpresa da pandemia: para driblar a solidão da quarentena, muita gente aproveitou o momento para adotar um animal de estimação. E a chegada desses novos peludos nos lares foi o empurrão que faltava para que o nosso país se consolidasse como um dos líderes mundiais no segmento.

Esses novos “membros da família” precisam ser incluídos na lista de presentes de quem compra na Black Friday 2020, com destaque especial na sua loja de produtos agroveterinários.

Mas veja: muita gente está pensando a mesma coisa. Muitos lojistas estão percebendo o crescimento do setor e preparando seus mais vendidos nesse exato momento para a Black Friday. O ideal é você atualizar o seu mix para incluir produtos que vão além do básico, e oferecer em novembro inovações que a sua base de clientes vai amar à primeira vista.

Veja algumas sugestões que eu te preparei do catálogo do Martins.com.br:

Veja o mix completo.

Agora, se você trabalha no segmento de agropecuária, tenho um mix maior ainda e mais algumas sugestões. Veja:

O que vender na Black Friday: lojas de departamento

mulher-tablet-vender-blackfriday-2020

Os eletrônicos sempre foram o carro-chefe das promoções de novembro, e com a Black Friday 2020 não deve ser diferente. Com a alta do dólar, o preço de boa parte das mercadorias sofreu um aumento expressivo, já que o setor sofre bastante interferência do mercado internacional.

É justamente por isso que muita gente está esperando a temporada de descontos para garantir um novo celular ou notebook, ou ainda antecipar as compras do Natal. Mesmo com os preços mais altos, no Martins você encontra condições especiais que te ajudam a reduzir os custos e oferecer descontos atrativos para a clientela sem cair no prejuízo.

Precisamos destacar os smartphones Samsung e os notebooks da Lenovo como ótimos produtos para vender na Black Friday. Entre todas as novas marcas surgindo, elas são as que estão conseguindo manter um preço mais atrativo.

No caso da Samsung – que o Martins é o maior distribuidor do Brasil, aliás – o custo benefício se dá pela grande quantidade de modelos que a marca possui. E contando pontos à favor da Lenovo, seus notebooks já eram mais baratos que o mercado antes da alta do dólar. Agora, eles são uns dos poucos que conseguem segurar preços razoáveis.

A Multilaser também é uma ótima pedida para esse momento. Mesmo que o preço do dólar afete a produção de eletrônicos por conta dos componentes, a Multilaser é indústria nacional. Com isso, ela consegue oferecer preços melhores por não vender produtos de fabricação estrangeira, extremamente afetados pelo dólar.

Veja o que vender na Black Friday:

Não encontrou o que procurava? No site do Martins tem tudo isso e muito mais, olha só!

DEIXE UMA RESPOSTA:

Please enter your comment!
Por favor, insira seu nome