Home Dicas Black Friday Primeira Black Friday: o que vender?

Primeira Black Friday: o que vender?

0
132

De maio a agosto deste ano, 782.664 empresas foram abertas no Brasil. Esse número representa um crescimento de 6% em relação aos quatro meses anteriores e 2% em relação ao ano passado. Boa parte desse público está prestes a viver sua primeira Black Friday e nesse momento deve estar procurando o que vender.

 

Se esse é o seu caso, seja bem-vindo! Tem loja há um tempo, mas nunca participou da Black Friday? Este post é para você também!

A perspectiva pode ser um pouco assustadora, e é normal ter medo do fracasso quando as expectativas são tão altas, mas não se preocupe. Neste texto vou contar tudo o que você precisa saber para que sua primeira Black Friday seja um sucesso.

Um spoiler: saber o que vender é apenas um detalhe. Importante mesmo é se planejar com antecedência e contar com os parceiros certos para montar ofertas mais atrativas.

Mas, como aqui no FalaMart ninguém brinca em serviço, no final do texto você também encontra uma seleção caprichada com ideias de produtos para vender direto do catálogo do Martins, com todas as vantagens garantidas.

Pronto para sua primeira Black Friday? Então vem comigo!

BLACK FRIDAY escrito em branco sobre fundo preto com letras estilizadas como palavras em um quadro negro

Primeira Black Friday: vale a pena mesmo?

Antes das dicas, vamos entender a importância da Black Friday. Há 10 anos, o evento é responsável por movimentar o comércio brasileiro e impulsionar as vendas das lojas participantes, desbancando até mesmo o Natal.

Em 2019, a data movimentou cerca de R$3,2 bilhões no varejo e a expectativa é que haja um crescimento de 15% em 2020.

Além de surfar no aumento das vendas, quem tem um novo negócio também tem a oportunidade de atrair novos clientes por meio das promoções da primeira Black Friday. Se você caprichar no atendimento e na escolha dos produtos para vender, sua empresa tem tudo para fidelizar esse público – e ir além de uma experiência de primeira compra.

A reabertura do comércio também é uma excelente oportunidade para iniciar uma tradição. Quem já tem tempo de estrada pode usar o argumento de “primeira Black Friday” para chamar de volta alguns clientes e atrair aqueles sempre sedentos por bons preços.

Como preparar a loja para a primeira Black Friday?

Planejamento é a chave do sucesso de qualquer Black Friday, seja a primeira ou a décima da loja. Aqui no FalaMart você já encontra uma série de textos sobre o assunto, mas vou destacar o que não pode ficar de fora da sua agenda de outubro e novembro:

Combate à Covid-19

Até lojistas mais experientes devem ficar atentos a esse ponto, já que essa será a primeira Black Friday na pandemia para todos. Antes, as lojas lotadas eram sinônimo de sucesso, agora representam uma ameaça, por isso é importante repensar a estrutura e a rotina de limpeza do PDV.

É possível haver circulação sem risco, basta tomar alguns cuidados:

  • Placas e adesivos para facilitar o distanciamento social (saiba mais);
  • Rotina de limpeza intensificada, de acordo com os novos protocolos (saiba mais);
  • Automação comercial para agilizar o atendimento e reduzir o contato (saiba mais);
  • Organização do layout para que as pessoas possam circular com mais liberdade (saiba mais);

Divulgação

Outro ponto chave para o sucesso da primeira Black Friday é a divulgação. A campanha tem a missão de apresentar o negócio e convidar os clientes a conhecer a empresa no mês de novembro. Se você já está no mercado, a novidade é o argumento para chamar a clientela de volta.

A Black Friday acontece no dia 27 de novembro, mas agora em outubro já é hora de anunciar sua primeira Black Friday, criando um clima de expectativa sobre o que vem aí.

Aproveite para convidar os consumidores interessados a cadastrar um e-mail e receber as ofertas em primeira mão. Essa estratégia te ajuda a formar um banco de dados e você ainda tem um canal privilegiado para divulgar ofertas e dar alguns spoilers do que vai vender na data.

Quanto mais próximo estiver o evento, maior deverá ser o investimento em divulgação. Aproveite as ferramentas do marketing digital para fisgar aquele público que está buscando ofertas na Black Friday, para que eles saibam que é na sua loja que vão estar os maiores descontos.

Na semana definitiva vale tudo para atrair os clientes – até mesmo carro de som na vizinhança.

O que vender na primeira Black Friday?

Diferentes pessoas escoradas em parede segurando sacolas de compras.

Saber com antecedência o que vender na Black Friday é determinante na hora de planejar suas estratégias. Para lucrar, é importante se preparar de acordo com o mix e do público interessado nele.

Para quem quer uma primeira Black Friday com poucos riscos, o caminho é apostar nos eletrônicos. O segmento é sempre o queridinho da data, já que possuem valor mais elevado e representam o melhor custo-benefício quando falamos em promoções.

Em levantamento da Globo, os eletrônicos, junto dos smartphones, registraram 30% das intenções de compra, ficando atrás apenas dos itens de moda, com 32%. Os novos hábitos de home-office e ensino à distância também dão boas dicas de o que vender: notebooks, tablets e impressoras, além dos acessórios para dar aquele up no escritório, como headphones, teclados etc.

Uma análise do Google Tendências mostrou também que não é só o preço que manda na preferência do consumidor. Com a alta no preço dos eletrônicos, outras vantagens como frete rápido, barato e cashback são diferenciais na decisão de compra, então que tal incluir esses benefícios na sua primeira Black Friday?

E o varejo alimentar, como fica?

Quem tem um mercadinho não precisa ficar em pânico sem saber o que vender na Black Friday. De acordo com o Google, o setor de alimentos e bebidas já aparece nas pesquisas dos consumidores com um aumento de 40% e 23%, respectivamente, na intenção de compra dos consumidores em relação ao ano passado.

Bares e restaurantes podem aproveitar a oportunidade para fazer sua primeira Black Friday colocando algumas opções de pratos e drinks em promoção, ou até mesmo usando a data para fazer um dia de entregas gratuitas. Para não levar prejuízo, o segredo é aproveitar desde já a Black Friday dos atacadistas para abastecer a despensa com preço baixo.

E é no Martins que você encontra tudo o que vender, desde mix completo de mercearia, até nossa seleção especial de vinhos e outras bebidas alcóolicas para impulsionar as vendas sem prejudicar sua margem de lucro.

Quer mais? Então vem comigo, nesse próximo texto, vamos descobrir cinco dicas infalíveis para arrasar na revenda de produtos na sua primeira Black Friday!