Home Dicas Colaboradores Forbes lança glossário de palavras corporativas em inglês
Mulher segurando caneca com o texto “Like a Boss”

Forbes lança glossário de palavras corporativas em inglês

0
628

A gente sabe que muita gente sofre com palavras corporativas em inglês. Uma ou outra palavra tudo bem, mas dependendo da reunião que você estiver, fica bem difícil entender o que está acontecendo.

 

“Isso aí é um problema de approach e de mindset” – você já deve ter ouvido alguém dizer. Ou ainda: “precisamos chegar no break-even ASAP!”. Tudo isso, para quem entende as palavras corporativas em inglês, é simples de compreender e aplicar.

Mãos sobre mesa e cadernos em reunião

O problema é quem não entende, não é? E até quem fala inglês pode ter dificuldade, já que a questão aqui não é só o idioma, mas também o jargão. Mas a gente te ajuda! A Forbes criou um compilado de 245 termos e nós trouxemos aqui os que podem ser mais úteis pra você. Vamos saber mais?

Termos corporativos em inglês – o mega compilado da Forbes

Se você estava em uma reunião, alguém começou a falar os termos citados acima e você ficou sem entender nada, é hora de dar uma guinada 360 – ou um turn around – no seu vocabulário corporativo!

A Forbes reuniu os termos e, pra ficar mais fácil, vamos separá-los por uso, não por ordem alfabética. Escolhemos o que nós mais ouvimos aqui no Martins e elaboramos um resumão pra te ajudar a entender mais rápido.

E se depois da leitura você quiser expandir ainda mais seu vocabulário, deixamos o link para você acessar a lista completa!

Palavras corporativas usadas no dia a dia

Essas são as palavras que você mais vai ouvir no dia a dia, até nas suas conversas informais com outros colaboradores e executivos na empresa. Conhecê-las é importante pra você não ficar sem entender o que eles estão dizendo ou sem saber o que dizer. Veja:

  • ASAP – as soon as possible, ou o mais rápido possível;
  • Mindset – é como um “estado mental” com um objetivo definido;
  • Att. – é uma abreviação de “atenção”, muito usada como “atenciosamente”;
  • Feedback – é uma conversa com algum colaborador sobre sua performance no trabalho;
  • Background – expressão que significa “plano de fundo”, usada para se referir à formação e às competências de uma pessoa;
  • In loco – essa não é inglês, mas sim latim, e significa “no local”;
  • Call – uma chamada por videoconferência ou telefone;
  • Full time – a tradução literal explica tudo: em tempo integral;
  • Case de sucesso – um estudo de algum cliente ou serviço que deu muito certo;
  • Home office – modalidade de trabalho em casa;
  • Cash – dinheiro vivo, em espécie; normalmente, relacionado ao dinheiro físico;
  • Insight – uma ideia nova ou alguma referência;
  • Data – unidade de informação ou informações gerais;
  • Deadline – a temida deadline nada mais é do que o prazo final de entrega;
  • Expertise – é todo o conhecimento técnico que você tem sobre uma área de atuação. É daí que vem a palavra expert!
  • Follow up – é um acompanhamento ou retorno sobre alguma demanda. Por exemplo: seu chefe pediu pra você pesquisar sobre um assunto. Dois dias depois ele pede um follow up, ou o que você conseguiu encontrar.
Close em mãos de pessoa falando em reunião. Há uma mesa com um notebook, um caderno e um smartphone

Palavras corporativas sobre o operacional

Essas palavras corporativas em inglês que você acabou de ver são muito usadas no dia a dia e são mais fáceis de entender até com o contexto da conversa, não é?

Só que algumas outras, especialmente as que lidam com a rotina operacional da empresa, são um pouco mais complicadas e muito mais importantes de conhecer. São elas que o seu chefe vai dizer na reunião!

Veja:

  • Accountability – muito usado para expressar a prestação de contas de uma empresa, setor ou departamento para quem está acima;
  • Briefing – são as orientações gerais para executar um serviço específico;
  • Core Business – é a atuação central da sua empresa. Por exemplo: ela entrou no mercado vendendo vassouras. Se ela também vende palitos de dente, mas sua atuação principal ainda é o ramo de vassouras, esse é o seu core business;
  • SWOT ou SWOT Analysis – SWOT é a sigla para strengths, weaknesses, opportunities and threats. Uma análise SWOT busca elencar as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças de um negócio, produto ou serviço;
  • Meeting reunião;
  • Reportrelatório;
  • Approach – é a forma de abordar uma pessoa, assunto, parceiros ou até os clientes;
  • Downsizing – a tradução literal é “reduzir de tamanho”, mas na verdade, a expressão está mais relacionada com a demissão de funcionários;
  • KPI – key performance indicator, ou um indicador-chave de performance;
  • Assessment – é uma avaliação de algum caso específico ou do comportamento geral de um colaborador;
  • Benchmarking – avaliação da empresa, produto ou serviço em relação à concorrência;
  • Kick-off – é o começo de algum projeto. Normalmente, o termo completo é “reunião de kick-off”;
  • Budget – é o orçamento disponível para um determinado projeto;
  • Outsourcing – é a terceirização de algum serviço ou setor. A tradução literal seria “buscar fontes externas”.

Como chamar os chefes usando palavras corporativas em inglês?

Até agora você já aprendeu várias palavras corporativas em inglês e já está bem informado para as suas próximas reuniões. Mas você também precisa aprender os termos certos para os cargos dos seus chefes a fim de evitar cometer alguma gafe!

Mulher segurando caneca com o texto “Like a Boss”

Veja alguns termos mais comuns para designar executivos e diretores de uma empresa:

  • Head – é um cargo de gerência sobre algum departamento específico. O head de contas, por exemplo, lida com os clientes. O head de marketing lidera a equipe de publicidade da empresa. Eles são liderados, por sua vez, por instâncias maiores, como os executivos C-Level;
  • C-Level – são cargos de diretoria, que normalmente começam com C – como CEO, CCO, CFO, etc;
  • CEO – em inglês, CEO significa chief executive officer, e é o maior cargo executivo. É o equivalente ao presidente da empresa;
  • COO – o braço direito do CEO é o chief operating officer, ou diretor de operações. Ele atua como quem mais entende do operacional do negócio;
  • CFO – o chief financial officer é o diretor de finanças da empresa;
  • CHRO – já o chief human resources officer é o diretor de recursos humanos;
  • CIO – esse é o diretor de TI da empresa, e a sigla significa chief information officer;
  • CMO – esse você já consegue adivinhar pela sigla – chief marketing officer, ou diretor de marketing;
  • Board – é o conselho administrativo de uma empresa, representado pelos sócios e acionistas;
  • Chairman – traduzindo literalmente, chairman é “o homem da cadeira”, ou “o homem que se senta na cadeira”. Na prática, a posição indica a presidência do conselho;
  • General managerdiretor geral.

Por que tantas pessoas usam palavras em inglês nas empresas?

Ainda não existe um estudo específico sobre esse fenômeno, mas as palavras em inglês já dominam as empresas desde muito tempo.

Você se lembra de assistir “O Aprendiz” do Roberto Justus lá no comecinho dos anos 2000? No programa, esses termos estrangeiros já eram muito usados, e se espalharam pelas empresas brasileiras, especialmente as mais organizadas e as start-ups.

Mesmo sem saber a origem das palavras corporativas em inglês, pelo menos entendê-las é interessante para quem quer dar um up na carreira – ops, até a gente já está usando!

Então, para melhorar ainda mais seu vocabulário depois desse aulão, conheça a matéria completa da Forbes que traz quase 250 palavras corporativas em inglês!

Ah, e quem quer melhorar mesmo a carreira não pode deixar de conhecer o LinkedIn do Martins.com.br. Vem seguir a gente!

Deixe um Comentário!

DEIXE UMA RESPOSTA:

Please enter your comment!
Por favor, insira seu nome