Home Dicas Colaboradores O que é ponto facultativo e como isso funciona?
Calendário com datas marcadas em amarelo

O que é ponto facultativo e como isso funciona?

0
982

Saber o que é o ponto facultativo é importante para a empresa funcionar bem e a gestão de pessoas não ficar comprometida.

 

Sabia que , essas datas são estabelecidas próximas a feriados de grande porte e são publicadas no Diário Oficial com um ano de antecedência? Alguns exemplos mais conhecidos acontecem durante o Carnaval e outros são emendas de feriados.Isso significa, portanto, que esses dias não devem ser contabilizados como feriados, mas que a decisão se o expediente deverá ou não acontecer fica na mão dos gestores.

Sinal de estabelecimento aberto em neon colorido, escrito “open”

Mas não seriam todos os dias assim? Não exatamente! Os pontos facultativos se aplicam principalmente a servidores públicos, mas também aparecem na iniciativa privada. A diferença entre esses dias facultativos e qualquer outro dia útil é que eles permitem às empresas escolherem se o expediente vai acontecer ou não, sem prejuízos.

Mas o que isso significa na prática? É simples! Em dias considerados pontos facultativos não são contabilizada horas extras, no caso de trabalho; nem faltas, caso o dia não seja trabalhado.

Calendário com datas marcadas em amarelo

Ponto facultativo x Feriados: a diferença entre os dias não trabalhados

O que diz a lei?

De acordo com a Lei nº 605/49, é garantido aos trabalhadores o descanso obrigatório nos feriados, sem prejuízo nos salários. Ou seja, no caso de um feriado, seja ele municipal, estadual ou nacional, grande parte dos trabalhadores (com exceção de serviços essenciais) deve receber folga e não ter nenhum tipo de desconto no seu salário. Já nos dias de ponto facultativo, essa lei não se aplica.

Como eles afetam o ambiente de trabalho?

No caso de algumas empresas, o ponto facultativo pode funcionar com um esquema de banco de horas. Ou seja, não haverá expediente no dia e as horas serão recompensadas. Portanto, nem todos os gestores veem os pontos facultativos como úteis para a produtividade.

Mas não pense que todos os estabelecimentos ganham funcionando em pontos facultativos. Isso vai depender muito do seu segmento, público-alvo e localização.

Bares, restaurantes, mercearias e supermercados podem aproveitar a data para abrir. Afinal, muitos consumidores vão aproveitar o tempo livre para diversão e compras e esse é o seu momento de vender mais. Agora, se o seu segmento é muito de nicho, ou a localização está fora de mão para seus consumidores, talvez não seja uma boa ideia abrir,, já que as potenciais vendas podem diminuir nessas datas e nem sempre o custo de manter a loja aberta vale a pena.

Quer saber se vale ou não a pena abrir no ponto facultativo? A resposta certa é: depende. Para saber qual é o seu caso, veja nosso conteúdo Feriados e pontos facultativos: qual é a diferença? Quando abrir?

Homem escreve em caderno enquanto olha tela de laptop

Como adotar pontos facultativos?

Combinar o que é ponto facultativo dentro da sua empresa pode ser um desafio, mas vale a pena. Chegar a um combinado com seus colaboradores ajuda a manter um ambiente de trabalho positivo, isso demonstra que você, enquanto gestor ou chefe, se importa com a rotina e descanso de cada um deles.

Algumas estratégias interessantes no ponto facultativo são, por exemplo, a presença de escalas de trabalho com equipes reduzidas trabalhando alternadas, sem sobrecarregar ninguém. A ideia de propor algo assim é que isso aumente a motivação de trabalhar nos dias, já que o colaborador não ficará responsável por cobrir todas as datas durante o ano.

É uma boa: alternar equipes a cada ponto facultativo

A organização de equipes em forma de escala garante que todo mundo tenha oportunidade de aproveitar os pontos facultativos e até mesmo aquele feriadão prolongado em viagens ou tempo com a família.

Se isso for feito de forma justa e organizada, acaba se tornando mais fácil manter os expedientes reduzidos sem perder a produtividade.

Para um rotina mais leve: home office

Já no caso de empresas ou colaboradores que não podem parar de forma completa, é interessante adotar outras estratégias para o ponto facultativo. Uma ideia é o home office, em que o colaborador não precisa ir até a sede da empresa e pode trabalhar à distância durante o expediente, ou caso apareça alguma emergência. Assim, a rotina de trabalho é preservada mesmo em condições diferentes e o colaborador não precisa compensar as horas depois.

Agora que você sabe o que é ponto facultativo, fica fácil perceber que a decisão de trabalhar ou não deve ser tomada de acordo com o perfil da empresa. Nos dois casos, uma comunicação clara e objetiva com a equipe faz toda diferença na hora de informar o que ficou definido.

Gostou desse papo de comunicação dentro da empresa e quer aplicar no seu negócio? Leia o nosso conteúdo Como melhorar a comunicação corporativa? e veja como transformar qualquer ambiente de trabalho.

DEIXE UMA RESPOSTA:

Please enter your comment!
Por favor, insira seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.