Home Segmento Bar Posicionamento de marca: como trabalhar seus produtos com mais saída?

Posicionamento de marca: como trabalhar seus produtos com mais saída?

0
203

Existem muito mais fatores que influenciam o momento da compra do que supõe a nossa vã filosofia. Preço é a primeira coisa que vem à mente, assim como a variedade e disponibilidade dos produtos. Mas não adianta apenas oferecer os itens e colocar um preço competitivo: é preciso chamar a atenção para eles no ponto de vendas através de um bom posicionamento de marca.

 

Isso mesmo! O lugar que os produtos ocupam na prateleira e a área onde eles estão localizados no layout da loja fazem toda a diferença no ranking final do que é mais vendido. Todos os produtos tem um lugar certo, você nunca vai ver algum mercado onde eles são colocados em qualquer lugar.

Quer saber como fazer o melhor posicionamento de marca possível? Então continue a leitura!

prateleira de bebidas com marcas corretamente posicionadas

Posicionamento de marca te ajuda a vender mais

As técnicas de posicionamento de marca tem como objetivo otimizar a experiência de compra dos clientes para tornar todo processo de compra mais eficiente e lucrativo.

Praticidade muitas vezes é o que diferencia as lojas que vendem mais de seus concorrentes, já que no fundo é isso que todo consumidor mais valoriza.

Pelo posicionamento de marca é possível oferecer esse tipo de conveniência e ainda melhorar o desempenho das vendas. Um produto no lugar certo vai ter mais saída simplesmente porque ele chama a atenção de quem nem estava pensando em comprá-lo. E também, é claro, porque ele é mais facil de achar por quem já tem a intenção de comprar.

E ainda tem mais: o posicionamento de marca estratégico não só impulsiona as vendas dos produtos selecionados, mas também daqueles que estão ao redor, aumentando o ticket médio de maneira geral.

Produtos de grande saída: sua verdadeira carta na manga

As técnicas de merchandising muitas vezes são associadas a estratégias para estimular a venda de produtos com pouca saída ou então de alto custo, que realmente precisam de um apelo de compra maior. Mas o posicionamento de marca é interessante também para as marcas e produtos mais populares, com grande saída.

Se naturalmente eles já vendem mais, esse desempenho positivo pode ser maximizado a partir dos estímulos certos e beneficiar a loja inteira. Nesses casos, o consumidor já conhece a marca, confia nela e valoriza o produto, então o trabalho está voltado apenas em estimular um maior volume de vendas para gerar resultados melhores do que o esperado todo mês.

mulher à frente da prateleira de bebidas no supermercado

O melhor lugar para cada produto

Para ilustrar melhor, usaremos como exemplo alguns produtos campeões de vendas que você encontra no Martins.com.br. O que irá definir o “lugar certo” nesses casos são as características de cada item e todas as formas que elas podem ser aproveitadas.

carrinho de compras no corredor do supermercado

Achocolatados

Achocolatados como Nescau e o Toddy são um excelente exemplo de como estimular a venda de produtos conhecidos a partir do posicionamento de marca. Como não são itens de primeira necessidade, a melhor maneira de vender mais é contando com o empurrãozinho de um item indispensável na lista de compras: o leite!

Se leite é bom, leite com Nescau e Toddy fica melhor ainda. Faça seu cliente se lembrar disso comum bom posicionamento de marca. Organize os produtos na mesma seção – leite e achocolatados juntos -, deixando tudo mais cômodo.

Por ser uma venda quase certa, o leite pode ocupar um espaço menos privilegiado na prateleira, como na linha do joelho. Já as zonas quentes, como a área dos olhos e a altura do quadril pode ser ocupada pelos achocolatados.

Aproveite para inserir nessa mesma região outros ingredientes para fazer brigadeiro, como leite condensado e confeitos. Não há quem resista!

Chocolates Lacta

Todo supermercado e mercadinho costuma deixar uma seção reservada para doces e guloseimas e isso não é muito segredo.

Mas os chocolates Lacta não são qualquer chocolate, por isso merecem um posicionamento de marca de destaque, já que é a mais popular do segmento e agrega credibilidade a qualquer estabelecimento.

O ideal é reunir todos em uma prateleira e trabalhar o planograma de gôndolas de acordo com os rótulos e a preferência do público. O Bis, por exemplo, é um dos maiores sucessos da Lacta e por isso deve receber destaque na área nobre, direto no campo de visão do consumidor.

Para chamar ainda mais atenção, o ideal é deixar todas as variedades juntas: além de ser mais fácil identificar a favorita, a compra por impulso é bastante estimulada.

Ao redor do Bis, nas posições superiores e inferiores da prateleira, podem ficar os chocolates de menos destaque, mas que se tornam mais atrativos pela proximidade com um carro-chefe de vendas.

Pó Royal

O fermento em pó mais popular do Brasil é um produto de venda fácil porque é utilitário. Por isso mesmo o posicionamento de marca pode aproveitar para dar destaque a ele em uma prateleira isolada, trabalhando o merchandising. Que tal fazer uma “ilha do bolo” no mercadinho ou reservar uma prateleira lateral só para isso?

Nesse caso vale a mesma dica do cruzamento de produtos. Além do Pó Royal, adicione o essencial, como farinha, leite e massa pronta, mas não se esqueça dos exageros que todo mundo ama, como confeitos e coberturas.

Leite Ninho

Nos últimos tempos o leite em pó Ninho deixou de ser apenas um item de alimentação básico, como leite e outros suplementos, para se tornar um queridinho no universo das sobremesas. Seu posicionamento de marca deve se aproveitar dessa versatilidade!

Além de inserir o Ninho em seu local tradicional, junto dos outros leites na seção cesta básica do mercadinho, não deixe de colocar algumas latas na parte de guloseimas. Se deixar do lado da Nutella, é venda dupla na certa!

Tang

De todos os sucos, o Tang é o mais popular e por isso ele deve estar no centro da prateleira e ter destaque em relação aos outros. Outra característica importante é o fato dele ser uma mercadoria de baixo custo e que pode ter um alto giro, e é nessa hora que o posicionamento de marca pode te ajudar a lucrar mais pelo volume de vendas.

Nesse caso, algumas técnicas de merchandising podem ser úteis, como trabalhar o jogo de cores das embalagens em blocos verticais. Assim, o cliente consegue visualizar mais facilmente tudo que se oferece e é estimulado a comprar mais sabores de uma vez.

Trident, Halls e outras balas

O checkout é um dos lugares mais privilegiados de qualquer ponto de vendas, já que todo cliente é obrigado a passar um tempinho ali. O melhor é aproveitar esse momento para oferecer aquilo que enche os olhos e praticamente pula para dentro de todo carrinho: balas e chicletes!

Por conta do preço reduzido e o apelo sensorial, essas guloseimas representam uma decisão de compra fácil e alguns rótulos, como Bubbaloo, Chiclets, Clorets e Trident, ainda contam com a vantagem de possuir um lugar privilegiado no imaginário dos consumidores.

O papel do posicionamento de marca nesse caso é só deixar tudo ainda mais simples: além de montar um checkout bem organizado, com produtos separados por marca e categoria, é importante deixar os itens acessíveis, fáceis de manusear e impossíveis de resistir!

Em um período de crise é importante inovar, mas investir um certo tempo e atenção naquilo que é garantido pode trazer o lucro mais fácil. Experimente você também! Conheça nossos produtos campeões de venda e capriche na organização!

Deixe um Comentário!

DEIXE UMA RESPOSTA:

Please enter your comment!
Por favor, insira seu nome