Home Dicas Black Friday Pré-Black Friday: veja como fazer na loja e vender novembro inteiro

Pré-Black Friday: veja como fazer na loja e vender novembro inteiro

0
388

Para quem passa o ano inteiro esperando pela Black Friday, um único dia de promoções parece pouco – e é mesmo, por isso surgiu a pré-Black Friday!

 

Seja com o nome de Black November ou só pré-Black Friday, a ação funciona como um “esquenta” para a data oficial, com promoções ao longo de todo o mês. Segundo o IBGE, em 2019 as vendas subiram 0,6% durante o mês de novembro, mostrando que só a expectativa para as promoções de fim de ano já é suficiente para movimentar o comércio.

Por que não transformar essa tendência em estratégia e maximizar seu potencial de vendas com uma pré-Black Friday?

Você deve estar pensando aí do outro lado “poxa, Mart, mas se já está difícil planejar uma Black Friday, como vou arranjar tempo e dinheiro para realizar a pré-Black Friday?”. Mas confie em mim: a parte mais difícil você já está fazendo, que é o planejamento. Agora é só colocar mais água nesse feijão e pensar nas ações a longo prazo.

Fique tranquilo que até o final deste texto você estará mais do que preparado para sua pré-Black Friday. Vem comigo!

letreiro luminoso escrito BLACK FRIDAY em cor preta e com borda neon de cor roxa

Pré-Black Friday é igual Black Friday?

Não é difícil entender por que a maioria dos lojistas ainda se assusta diante do conceito de pré-Black Friday. Vender produtos com 60%, 70% ou até 80% de desconto só é uma estratégia sustentável por tempo limitado, pelo menos para quem não quer fechar o mês no vermelho.

Ao adiantar as ofertas na pré-Black Friday, o objetivo não é “queimar a largada”, mas capturar o interesse do público e mantê-lo ansioso para as mega promoções do dia 27 de novembro. A melhor forma de fazer isso é oferecendo “aperitivos” ao longo do mês, que podem vir na forma de descontos progressivos, ofertas em produtos selecionados, queima de estoque em setores específicos, a escolha é sua.

O importante é ter uma estratégia bem definida para não sair prejudicado lá na frente. Lembre-se que você quer deixar o consumidor animado para a Black Friday, e não decepcioná-lo quando a data finalmente chegar. Seus descontos podem começar em 20% e ir aumento até 50% ou ainda vir com benefícios especiais, como frete grátis.

Aposte no elemento surpresa

mulher no supermercado segurando bloco de anotações e caneta próxima da boca, indicando dúvida

Se os maiores descontos ainda ficam reservados para o evento principal, é preciso pensar em outros atrativos para atrair o público para a pré-Black Friday. Um deles eu já adiantei: frete grátis. Benefícios extra agregam valor à compra e estimulam o consumidor a antecipar os planos, principalmente aqueles que desejam evitar o movimento – ou os sites sobrecarregados – na data oficial.

As vendas na pré-Black Friday também podem garantir brindes ou até mesmo cupons de desconto para o dia 27. Quem comprar um computador no início do mês, por exemplo, pode garantir um preço especial nos acessórios, ou então conseguir uma garantia estendida sem valores adicionais.

O elemento da escassez também é muito importante para estimular o desejo de compra. Ao anunciar que apenas um número limitado de unidades de smartphone terão desconto especial, pode apostar que aqueles clientes que esperaram o ano todo pela oferta vão dar preferência para a pré-Black Friday.

Por último, vale a ideia de transformar sua pré-Black Friday em uma espécie de clube exclusivo para clientes cadastrados. As ofertas podem ser divulgadas semanalmente por e-mail com produtos selecionados. Além de garantir visitas e vendas durante todo o mês, você ainda consegue uma lista de contatos privilegiada para divulgar promoções futuras.

Divulgação: hora de colocar a pré-Black Friday na rua

mulher sentada no chão com as costas apoiadas no sofá com notebook no colo segurando cartão de crédito

Já que falei em divulgação, o marketing é outro pilar importante da pré-Black Friday. Por mais que a prática tenha se popularizado nos últimos anos, ela ainda não é uma unanimidade no varejo brasileiro, o que traz uma vantagem e um desafio para você.

A vantagem é que o fator novidade ajuda sua loja a se destacar dentre as demais. O comércio participará em peso da Black Friday, mas só algumas lojas estarão vendendo barato o mês inteiro. Quem chega mais cedo ainda tem a chance de fidelizar, trazendo o cliente de volta no dia 27.

Já o desafio é fazer a pré-Black Friday chegar aos consumidores mesmo que o foco deles ainda não esteja nas promoções de fim de ano. Por isso, a melhor forma de fisgar a atenção dos consumidores é com marketing digital: através dos mecanismos de busca, é possível capturar quem pode ter interesse nos seus produtos.

Já as redes sociais podem ser usadas para divulgar quando, como e onde as promoções vão acontecer. O mesmo vale para o ponto de vendas: se tem pré-Black Friday, a loja deve ser sinalizada, mostrando para os consumidores onde encontrar os melhores descontos – inclusive do lado de fora da loja, com cartazes na fachada anunciando as promoções.

Fornecedor parceiro: o grande diferencial

Para finalizar, gostaria de voltar àquele receio inicial de todo lojista: como fazer promoções atrativas de verdade sem cair no prejuízo? E como fazer promoções atrativas de verdade durante o mês inteiro sem cair no prejuízo?

Como sempre digo, o sucesso da pré-Black Friday – e a saúde financeira do seu negócio – dependem da escolha do fornecedor. Você precisa não só de um atacadista que tenha no estoque as mercadorias da sua lista de compras, mas aquele que consegue todas as condições necessárias para reduzir seus custos e fazer sua vida mais prática.

Sim, além do preço baixo, o fornecedor é determinante para garantir que seu estoque vai aguentar todas as movimentações da pré-Black Friday. De nada adianta vender bastante ao longo do mês e chegar no dia 27 sem os produtos mais desejados pelos clientes ou todo seu esforço terá sido em vão.

O Martins reúne hoje todas essas vantagens e muitas mais. Com frete grátis, você compra sempre que precisar com o preço mais baixo e não paga nada a mais por isso. Aliás, você ainda ganha, já que o cliente parceiro Martins recebe sempre uma porcentagem do dinheiro de volta em todas as compras com nosso cashback!

Fala, Mart!
E já que estamos falando em oportunidades, faça seu cadastro no site ainda hoje e aproveite todos os benefícios que o Martins.com.br pode te oferecer em cada compra. Clique aqui e aproveite.

Com esse planejamento feito, é só organizar o estoque e esperar novembro chegar! Até lá, que tal relembrar as práticas que fazem o varejo de vizinhança ser um sucesso? É só clicar aqui.

 Banner com caminhão do Martins. Ao lado, texto: compre no maior da América Latina. Compre no Martins.com.br. Faça seu cadastro.