Epidemia de dengue faz a procura aumentar muito mais que a produção de repelentes.

A epidemia de dengue em diversas cidades causou uma procura por repelentes muito maior do que a expectativa dos fabricantes. A busca dos consumidores causou a falta do produto nas farmácias. O diretor-geral do laboratório Osler, Paulo Guerra, afirma que aumentou em 11 vezes a produção de repelente neste ano em relação ao ano passado, mas a procura está 17 vezes maior.

“Entre janeiro e abril do ano passado, produzimos 100 mil frascos de repelentes. Neste ano, foram 1,1 milhão de unidades. O aumento da produção foi gigantesco, mas a demanda é maior ainda. Isso faz com que nem todos os consumidores consigam comprar o produto”, afirma.

Segundo o diretor executivo da Ultrafarma, Marcos Ferreira, há uma lista de 1.800 clientes esperando um repelente específico, que possui Icaridina em sua fórmula. Ele afirma ainda que, recentemente, havia comprado mil unidades desse repelente, e o estoque esgotou em uma hora. “Em março, a procura dos consumidores por repelentes aumentou entre 25% e 30%”, afirma o diretor.

Fonte: R7

DEIXE UMA RESPOSTA:

Please enter your comment!
Por favor, insira seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.