Home Destaque Alerta oportunidade: procura por repelentes aumenta no verão
Pote de vidro virado, no chão, com moedas dentro e fora.

Alerta oportunidade: procura por repelentes aumenta no verão

0
345

Moramos em um país tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza, como diria o Jorge Ben. Só que é justamente essa natureza exuberante que faz aumentar a procura por repelentes no verão – a estação quente e úmida propicia o aumento da proliferação de mosquitos.

 

Mas isso não é notícia ruim, viu amigo varejista? Pra você que vende esses produtos, essa é a hora de encher o estoque e preparar o comércio – seja ele farmácia, mercearia ou supermercado – para arrebentar nas vendas de repelentes no verão.

E como fazer isso de forma efetiva? Calma que vou te ajudar! Nesse texto trago dicas de merchandising, algumas especificações dos produtos e estratégias para aplicar no PDV que vão multiplicar suas vendas hoje mesmo. Tá duvidando? Então confere o texto, eu te mostro!

Mosquito marrom pendurado em uma folha de árvore.

Verão = mais mosquitos = mais repelentes vendidos

O verão é a época preferida dos insetos da classe dos pernilongos. Eles precisam de água limpa para se desenvolver e não suportam temperaturas muito baixas. E aí chega a estação e junta as duas coisas: chuva acima da média e as temperaturas mais elevadas do ano. É o paraíso dos mosquitos!

Mas se fossem só os pernilongos comuns, tudo bem. Hoje em dia, o consumidor busca repelentes no verão tanto para se livrar do incômodo quanto para proteger sua saúde. O Aedes aegypti, velho conhecido dos brasileiros, vem ganhando força novamente – em 2019 foram quase um milhão e meio de casos registrados, um aumento de mais de 7 vezes em relação a 2018.

E também no ano passado, em diversas cidades, especialmente as do interior, houve um aumento de vendas expressivo desses produtos. Algumas chegando a 70%, outras a 40% a mais em relação ao ano anterior, 2018.

Pote de vidro virado, no chão, com moedas dentro e fora.

E as variações de preço? Acontecem por causa da alta procura e o baixo estoque. Por conta da estação do ano, é bem comum encontrar lojas que simplesmente não têm mais o produto. E as que têm, trabalham com um preço mais alto, focadas em aumentar a margem de lucro. Mas olha, sua estratégia não pode se basear em aumentos absurdos de preço.

Você vende melhor se manter o preço e se reabastecer o estoque, podendo até queimar um pouco da margem pra conseguir consolidar as vendas da sua região com descontos.

Nossa, me empolguei e já estou te contando tudo! Vamos por partes: primeiro você precisa saber quais repelentes comprar para o verão, e depois a gente conversa de promoção. Vamos ver?

Quais repelentes vender no verão?

Existem quatro tipos básicos de repelentes que você precisa ter no seu estoque, já que todo mundo procura por eles. E funciona assim: quem tem, vende, mas quem cobra um preço justo, vende bem mais. Veja quais são:

1 – Repelente corporal

Em líquido ou gel, o repelente corporal é um dos mais procurados no verão. Ele é considerado uns dos mais eficazes na proteção contra os mosquitos, pois é aplicado diretamente no corpo, ao invés de inviabilizar os ambientes.

Esses repelentes costumam ser os mais comprados também pelo seu uso, que é maior. O produto acaba mais rápido e seus clientes – que compram pra família inteira – acabam tendo que comprar mais.

Sugiro que você abasteça seu estoque com:

2 – Inseticidas

Os inseticidas são recomendados para o uso noturno. Eles são ligados na tomada e, por meio de um mecanismo de dispersão, espalham todo o produto no ambiente, que deve estar fechado para máxima exposição.

Para esses produtos, é importante vender tanto o aparelho quanto os refis! Preparei alguns pra você conhecer, veja:

3 – Repelentes infantis

A recomendação médica é que repelentes comuns não sejam usados em bebês com menos de seis meses de idade. Dos seis meses aos 2 anos de idade, o repelente a ser aplicado são os com base no IR 3535. A partir dos 2 anos e até os 12, a criança já pode ter contato com os repelentes a base de Icaridina com concentração de até 10%.

Mas imagina seu cliente tendo que procurar no rótulo por essas palavras difíceis? Fica complicado. Você pode facilitar esse trabalho oferecendo as versões infantis dos repelentes mais conhecidos. Olha os que eu separei pra você:

Mosquito marrom pousado em uma superfície branca.

Como vender mais repelentes no verão?

Agora a gente entra no que você mais quer saber: o que fazer para vender mais repelentes no verão! Pra deixar mais fácil, separei em três dicas fundamentais que vão começar a dar resultados ainda hoje se você já aplicar. Vem ver!

Preço baixo e ampla disponibilidade

Já te adiantei ali em cima que aumentar o preço nem sempre é a melhor opção. Eles naturalmente aumentam nessa época por conta da lei da oferta e procura, mas o melhor a se fazer é ter estoque e preço competitivo.

Pense aqui comigo: muitas pessoas estão procurando repelentes, certo? Se você tiver muito estoque e preço compatível com o mercado – ou seja, preços mais altos – você lucra mais em cada venda, mas elas não aumentam tanto e você não conquista o mercado. Agora, se você coloca um preço mais competitivo, consegue ganhar no volume e conquistar novos clientes para seu negócio.

Mas se você conseguiu uma boa negociação com o fornecedor do produto, coloque esse item com desconto e utilize de isca para que o fluxo na loja aumente.

É o que eu sempre digo aqui no blog: ter um volume maior de vendas é melhor do que ter uma margem de lucros lá em cima mas vender pouco.

Ativação do PDV

É hora de colocar seu PDV pra brilhar com repelentes por toda parte!

O verão traz mosquitos, disso todo mundo já sabe e está ciente dos riscos como zika, dengue e chikungunya. Só que não é toda hora que as pessoas se lembram disso. Imagina posicionar os repelentes já na porta da sua loja, dando pra rua?

Nem precisa imaginar, eu te conto o que acontece: as pessoas vão se lembrar de comprar.

E o mesmo vale pra loja inteira. Às vezes o cliente vai comprar outra coisa e só lembra que precisa do repelente na hora que ele está bem na frente. Por isso, exponha produtos no balcão para incentivar a compra por impulso ou relembrar seu cliente da necessidade do produto. Quem sabe não é o local ideal pra divulgar uma promoção com uma variedade enorme?

O nome disso é merchandising. Quem investe, vende mais.

Frente de loja azul com bicicleta estacionada na frente. Loja mostra luminárias amarelos, azuis e brancos.

Promoção e propaganda

Lembre-se de uma dica importante: coloque seu produto em evidência. Em épocas de sazonalidade assim, é muito importante ter esse trabalho. Faça postagens nas mídias sociais, como o Instagram ou o Facebook, mas anuncie não a sua loja nem o fato de você ter o repelente:

Anuncie o diferencial dos seus produtos

E aí as vendas são garantidas, e você se coloca como referência local nas vendas desses produtos.

O que eu mais vejo de dúvidas aqui no blog é em como abaixar o preço. Muitas vezes, o preço do próprio fornecedor aumenta devido a alta procura pelos produtos. E aí? Nesse caso, já te adianto: você precisa saber como precificar bem.

Vem aprender no próximo texto como abaixar seu preço e fazer promoções com a melhor prática de precificação! Vamos juntos?

Deixe um Comentário!

DEIXE UMA RESPOSTA:

Please enter your comment!
Por favor, insira seu nome