Semana passada a Motorola divulgou um dos seus lançamentos mais aguardados: o Moto Z3 Play, que chega para trazer o que há de melhor em smartphones intermediários.

Moto Z3 Play de costas em um fundo verdeFonte: Terra

Basicamente, a Motorola hoje em dia se divide em quatro grandes famílias, que vão dos mais básicos aos mais avançados. Começando, temos a família E, com o Moto E5, depois seguindo para o Moto G6, que é acessível mas ainda assim bem poderoso. A próxima é a linha X, com o Moto X4, e por fim a família Z, com seus intermediários premium, bem mais avançados.

O Moto Z3 Play é o mais novo lançamento dessa última linha, e era aguardado pelos amantes de gadgets pelo Brasil afora com bastante ansiedade. A pergunta que fica no ar é: ele atingiu as expectativas? É isso o que você vai descobrir neste review que o Mart preparou! Vamos lá?

Mais espaço de tela

Uma das principais diferenças que o Moto Z3 Play apresenta em relação aos seus antecessores é o tamanho da sua tela, que cresceu bastante. A Max Vision, marca de sucesso da linha de 2018 da Motorola, brilha no novo aparelho. Suas bordas mais finas transmitem o conceito de tela infinita perfeitamente.

Imagem da apresentação do Moto Z3 PlayFonte: AndroidPIT

A tela OLED Max Vision conta com 6 polegadas, proporção 18:9 e resolução de 2160×1080 pixels, ou seja, FullHD+. Quando comparado com o seu antecessor, o Moto Z2 Play – e também o Moto Z2 Force, o aspecto dessa nova tela infinita é claramente maior. Enquanto isso, as dimensões do aparelho não mudam tanto assim.

O Moto Z3 Play é o intermediário premium

O Moto Z3 Play é considerado intermediário, mas na prática ele se mostra como mais. Ele consegue até mesmo chegar bem próximo do funcionamento de smartphones mais avançados.

Seu poder de processamento apresentou uma melhora significativa em relação ao modelo anterior, o Moto Z2 Play: 30% a mais de potência em processamento e velocidade. Isso faz com que o Moto Z3 seja perceptivelmente superior e chegue bem próximo de linhas mais avançadas.

Suas especificações são:

  • Processador Snapdragon 636 octa-core com 1,8 Ghz
  • 4 GB a 6 GB de memória RAM;
  • 64 GB ou 128 GB de armazenamento;
  • Bateria de 3000 mAh;

Design repaginado por dentro e por fora

Um dos grandes atrativos do Moto Z3 Play é o seu design repaginado, tanto no sistema Android Oreo quanto no case, que era de alumínio e passa a ser de vidro.

Uma mão segura o Moto Z3 Play. Atrás, uma planta. Fonte: CNET

Com isso, é possível ter um toque mais elegante e diferenciado. O Moto G6 Play tem a mesma característica, e tudo indica que esse será o padrão diferencial da Motorola de agora em diante.

O design do sistema Android Oreo também está um pouco diferente. O botão virtual de inicialização se parece bastante com o do Android P, e com um leve arrasto torna-se possível ver todos os seus aplicativos rodando no momento, a página inicial e voltar.

Outros retoques fazem do design do Android Oreo razoavelmente diferente do que você está acostumado a ver, em inspirações claras ao sistema P. Ao mesmo tempo, se você quiser, isso pode ser facilmente revertido no menu configurações.

E a câmera?

As câmeras andam sendo um dos pontos principais de inovações em vários aparelhos. A Samsung já percebeu essa tendência e a aplicou no novo Galaxy, e a Apple está buscando trazer novas características também. A Motorola, por sua vez, vem aperfeiçoando seu sistema de duas câmeras e apostando na inovação e na adaptabilidade.

Seu sistema de câmera dupla conta com 12 + 5 megapixels e abertura de 1.7. Esses índices podem parecer pequenos quando comparados a outros aparelhos, como o novo Samsung S9, mas a câmera do Moto Z3 tem suas cartas na manga para superar todas as limitações.

O modo retrato com foco seletivo é uma das suas maiores funcionalidades, que a fabricante define como “imitando o olho humano”. Através desse sistema de duas câmeras, o Moto Z3 Play consegue entregar fotos do jeito que você quiser: foco total, imagens com foco específico, etc.

Moto Z3 Play de costas, com foco na câmera, com um fundo escuro desfocado. Fonte: IBM Times India

Carregamento TurboPower

O carregamento TurboPower é um grande atrativo para quem compra o Moto Z3 Play ou os outros lançamentos da Motorola em 2018.

Em aparelhos específicos, como o Moto Z3 Play, o carregamento feito com o método TurboPower carrega a bateria completamente em apenas alguns minutos. Isso é perfeito para quem precisa de uma carga urgente no meio do dia e simplesmente não pode esperar muito tempo.

Hoje em dia, quem não precisa de um carregamento desses, não é?

 

Essas são apenas algumas das funcionalidades do novo Moto Z3 Play, lançamento que acabou de sair do forno. Use esse review para entender mais sobre as suas funcionalidades e para treinar a sua equipe de vendas de smartphones!

Se você ainda não oferece o Moto Z3 Play, é melhor correr atrás o quanto antes. Por ser um lançamento em um ótimo ano para a Motorola, a procura já está bem alta!

Que tal acessar o Martins.com.br e já garantir o seu mix Moto Z3 Play? Estamos te esperando!

Deixe um Comentário!