Juntas, as categorias de biscoitos, massas alimentícias, pães e bolos industrializados atingiram o faturamento de R$ 32,2 bilhões.

A Associação Brasileira das Indústrias Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (Abimap), em parceria com a consultoria Nielsen, divulgou na semana passada os dados referentes ao crescimento do setor em 2014. Juntas, as três categorias representadas pela entidade movimentaram um total de R$ 32,2 bilhões, crescimento de 11,5% em relação a 2013. Em volume o setor se manteve estável, com cerca de 3,3 milhões de toneladas vendidas, assim como no consumo per capita, na casa dos 17kg/ano.

Biscoitos

O faturamento das indústrias de biscoitos cresceu 10,56%, atingindo a marca dos R$19,671 bilhões em 2014. Assim como o setor num todo, esta categoria mostrou estabilidade em relação ao volume – mantendo-se em 1,7 milhão de tonelada – e ao consumo per capita, com 8,4kg/ano. “Os dados refletem o comportamento do consumidor que diminuiu sua frequência de compras, mas incluiu na cesta de alimentos produtos com alto valor agregado, como por exemplo, os cookies e os doces especiais”, explica Claudio Zanão, presidente executivo da Abimapi. Esses dois tipos de biscoitos, inclusive, são os principais impulsionadores para o crescimento da categoria e registraram aumento de 23% e de 3,5% em volume de vendas, respectivamente.

Em comparação aos últimos três anos a categoria dos biscoitos avançou 24,6%, segundo a pesquisa. Neste período, os cookies foram os que mais cresceram (104,8%), seguidos dos doces especiais (40,2%) e das rosquinhas (32,4%).

Fonte: Abimap

DEIXE UMA RESPOSTA:

Please enter your comment!
Por favor, insira seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.