Home Destaque Como fazer treinamento para garçons no restaurante?
treinamento para garçons: garçonete arrumando mesa

Como fazer treinamento para garçons no restaurante?

0
519

Em um restaurante, um dos principais elementos que garantem a satisfação dos clientes é o atendimento. E é claro, a gente nem precisa dizer que um atendimento com qualidade consistente só é possível quando há treinamento para garçons adequado.

Sem orientação, cada garçom vai trabalhar de um jeito – alguns podem prestar um excelente atendimento, enquanto outros, não.

Quer aprender como fazer um bom treinamento para garçons no seu restaurante? Confira as dicas desse post!

Modelo de serviços padronizado é pré requisito do treinamento para garçons

Antes de mais nada, você precisa criar um modelo de serviços para o seu restaurante – sem esse modelo, um treinamento para garçons não terá base ou conteúdo.

O modelo de serviços define todas as práticas no atendimento ao cliente: como o profissional deve recepcioná-los, como anotar os pedidos, como lidar com clientes nervosos e como lidar com imprevistos.

Para definir o modelo de serviços, você deve levar em consideração a identidade do seu restaurante e a experiência que deseja proporcionar aos clientes. E não se esqueça: esse padrão vai se tornar um elemento que distingue seu estabelecimento dos outros.

Apresentação do cardápio

Agora que o modelo de serviços está definido, outro ponto essencial do seu treinamento para garçons é a apresentação do cardápio. Os garçons devem conhecer o cardápio do restaurante a fundo, das entradas às sobremesas. Dessa maneira, eles podem esclarecer dúvidas dos clientes ou fazer sugestões, prestando um atendimento mais eficiente e personalizado.

É importante que os garçons não apenas saibam o nome dos pratos e dos ingredientes, mas realmente entendam o cardápio e experimentem cada novo prato. É assim que eles vão poder ajudar o cliente a escolher os elementos que vão oferecer a melhor experiência possível e também a informar com responsabilidade em casos de clientes com restrições alimentares.

Eles devem entender, por exemplo, qual acompanhamento combina melhor com um certo prato principal e quais tipos de tempero vão em uma determinada receita. Se o seu restaurante não contar com um sommelier, os garçons também devem entender qual bebida harmoniza melhor com cada prato.

treinamento para garçons: Garçonete em serviço

Corredores de garçom

O que chamamos de “corredores de garçom” são as rotas pelas quais os garçons circulam dentro do restaurante. Existe uma rota principal, que leva a áreas como a cozinha e o estoque, pela qual todos circulam, e rotas secundárias, por assim dizer, que são usadas por cada garçom para circular apenas em sua área de atendimento.

Definir essas rotas ajuda a manter a organização no trânsito dos garçons. Isso é especialmente importante quando o restaurante está cheio, para garantir mais agilidade e evitar acidentes desagradáveis. Depois que as rotas estiverem definidas, o treinamento para garçons deve preparar a equipe para usá-las no dia a dia.

Acompanhamento da equipe

Não adianta organizar um treinamento para garçons muito bom e aplicá-lo apenas uma vez. A equipe precisa de acompanhamento, para internalizar cada vez melhor as práticas de serviço.

Não se esqueça, também, de que a equipe muda, e novos garçons entram precisando de orientação. Para completar, se as práticas de serviço sofrem alterações – sempre, é claro, visando agradar ainda mais os clientes –, os garçons precisam de treinamento para se atualizar.

Portanto, a melhor alternativa é realizar os treinamentos para garçons com uma periodicidade definida. Porém, não é preciso exagerar na frequência: um treinamento trimestral, ou até quadrimestral, é o suficiente.

Garçom servindo dois pratos sofisticados

Procedimentos operacionais padrão

Procedimentos operacionais padrão, ou POPs, são documentos que registram como uma certa atividade deve ser executada. Eles funcionam como um manual, e são uma ferramenta valiosa para complementar o treinamento para garçons no dia a dia. Com os POPs, quando um dos colaboradores tiver dúvidas sobre como realizar o atendimento, basta uma consulta rápida para resolver a questão.

No entanto, os POPs ainda têm outra função: eles protegem você e seu estabelecimento. Se, eventualmente, um garçom ou outro funcionário tentar justificar uma má conduta dizendo que não foi orientado sobre o assunto, os POPs funcionam como documentos que comprovam o contrário.

Para que os POPs tragam bons resultados, eles devem estar sempre atualizados em relação às práticas realmente adotadas no seu restaurante, e ser o mais detalhados possível.

Para terminar, vale a pena ressaltar que é altamente recomendável organizar um treinamento para garçons prático. Em primeiro lugar, porque o aprendizado pela prática é mais eficiente; em segundo lugar, porque fica mais fácil identificar os pontos em que sua equipe está tendo dificuldade e errando mais. Então, em vez de fazer um treinamento estilo “palestra”, aposte em simulações.

Quer diversificar seus negócios? Uma ótima alternativa para os empreendedores que já têm um restaurante é investir em um bar. Confira nosso post completo sobre como montar um bar!

Deixe um Comentário!

DEIXE UMA RESPOSTA:

Please enter your comment!
Por favor, insira seu nome