Expectativa é que as vendas de eletroportáteis devem crescer mais de 32% em cinco anos.

A perspectiva de vendas do setor de eletroportáteis  no médio prazo é bastante positiva. A previsão é que as vendas de eletroportáteis avancem 32,7% em cinco anos. De acordo com a consultoria Euromonitor, a expectativa é que até 2019 a venda de eletroportáteis supere a marca de 95,7 milhões de unidades, enquanto os eletrodomésticos devem avançar 11,5%, chegando a quase 35 milhões de unidades.

“Os eletroportáteis têm uma maior resistência nos períodos de economia mais difícil, porque eles têm um valor menor em relação aos eletrodomésticos e mais canais de distribuição”, afirma o diretor do Grupo Eletrolar, Carlos Clur. O grupo, responsável pela Feira Eletrolar, um dos principais eventos do setor, aposta na inovação para movimentar as vendas este ano. “As fabricantes estão trabalhando o dobro e usando a criatividade para garantir um bom desempenho”, detalha ele. Para este ano, segundo executivos ouvidos pelo DCI, produtos das linhas de ventilação, panelas elétricas e fritadeiras e equipamentos para cuidados pessoais devem puxar vendas.

Fonte: Jornal DCI

DEIXE UMA RESPOSTA:

Please enter your comment!
Por favor, insira seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.