Home Destaque Como vender pela internet na Black Friday?

Como vender pela internet na Black Friday?

0
198

Ok, você está vendo por aí nas redes que a estrela da vez na Black Friday 2020 é o e-commerce. O problema inicial é: como vender na internet?

Muita gente, especialmente no pequeno varejo, nem pensa em montar um site. Para que, se você já tem uma loja? Bom, a resposta está aí: para faturar muito na Black Friday.

Hoje vou te dar o caminho para entender como vender na internet em um site próprio, só seu e sem precisar nem gastar com isso, se você não quiser. Vamos nessa?

Banner de divulgação Martins: um comerciante abrindo a porta de entrada do estabelecimento. Ao lado, texto: quero me cadastrar.

Como vender na internet? Do que eu preciso?

Para conseguir vender na internet, você vai precisar fazer um planejamento de quais produtos você quer anunciar, tirar fotos deles ou pegar em bancos de imagem do fornecedor, escrever descrições e fechar com uma plataforma de e-commerces.

Tudo isso eu vou te ensinar aqui no texto, mas já te adiantando: dá um pouco de trabalho. Se você quiser abrir a loja o mais rápido possível para vender na Black Friday, vai precisar se dedicar inteiramente a ela por um tempinho.

Dá pra fazer isso em um dia? Até que dá. Mas cadastrar todos os produtos da sua loja vai levar um tempo, por isso que eu digo que é provável que não. Por exemplo, se você vai vender dez produtos, tudo bem. Dá para montar hoje e já sair vendendo. Mas se você quer colocar a loja inteira no site, vai precisar se preparar.

O primeiro passo é escolher a plataforma. Vem comigo que eu te conto mais.

Como vender na internet com plataformas de e-commerce?

Já ouviu falar de plataformas de e-commerce? Elas são muito simples de mexer e algumas têm até planos grátis – você abre a loja e não paga nada, nunca.

Maravilha, né? Mas a gratuidade é exceção. Normalmente, você paga um valor por mês – que começa em R$ 20 mas pode chegar a bem mais, dependendo do seu plano.

MacBook sobre mesa de madeira com “Join Us Online” escrito na tela.

Mesmo com a cobrança de mensalidade, esse é o melhor caminho para pequenos negócios que querem saber como vender na internet. Te recomendo dar uma lida nos sites que vou colocar aqui embaixo para ficar mais fácil entender como funciona esse universo:

Existem outras, mas essas são as principais. Tudo certo? Então vamos continuar:

Como cadastrar produtos para vender na internet?

Depois que você escolher a plataforma e se cadastrar, pronto: sua loja virtual já está pronta!

Por isso que eu te falei que dá para vender na internet hoje ainda. Mas agora entra a parte mais complicada do processo: o cadastro de produtos.

Para acelerar e vender na internet para a Black Friday, sugiro que você escolha os produtos que você quer colocar na promoção. Assim o processo fica mais rápido e você não vai ter que tirar centenas e centenas de fotos, além de criar dezenas de descrições de produtos.

Pessoa em escritório trabalhando em computador. Sobre a mesa, café, tablet, impressora e calculadora

Cada plataforma tem um jeito específico de fazer o cadastro de produtos. Mas a maioria delas funciona através do cadastro de SKUs – os códigos dos seus produtos. Se você já tem uma planilha de inventário de estoque, isso fica bem mais fácil, porque dá pra importar todos os seus produtos e colocar na plataforma de e-commerces.

Como cada plataforma tem um processo diferente, então te recomendo estudar como é o processo de aquisição delas. O melhor é você escolher uma que ofereça suporte nessa fase crucial, para que você não perca muito tempo nem faça nada de errado, ok?

Como tirar fotos de produtos para vender na internet?

Essa parte é mais fácil, não exige conhecimento técnico em informática nem nada, só bom senso e uma câmera que tire fotos pelo menos em HD.

Hoje, a maioria dos smartphones mais modernos tiram fotos com resolução HD. Seu celular mesmo deve tirar.

As fotos dos produtos que você quer vender na internet precisam pegar todos os seus ângulos e funcionalidades. Normalmente, cada produto recebe de 5 a 10 fotos para ilustrar bem.

Uma boa solução é investir em um estúdio que você mesmo pode fazer aí na sua loja. Quanto mais profissionais suas fotos ficarem, melhor. Isso inclui um fundo branco muito simples de organizar. Veja esse blog da Canon que explica como montar.

Mas se você não está com equipamento pra isso, não tem problema: no site do fornecedor, os produtos são apresentados com uma resolução maior. Salve as fotos de lá e coloque na sua loja virtual!

Quanto mais fotos você tirar, mais você ilustra e produto e mais chances tem de vender.

Câmera Canon preta em cima de mesa de madeira

Como fazer a descrição de produtos na loja online?

Esse é o ponto mais importante na hora de vender na internet.

Pensa comigo: quem vai comprar seus produtos? Seus clientes da loja física ou gente do Brasil inteiro?

Sim, gente do Brasil inteiro. Os clientes da loja física já compram com você. Já te conhecem. Por que eles vão comprar pelo site?

Justamente por esse aumento de público alvo, você precisa ser encontrado. Lojas online têm uma competição altíssima. E o jeito mais comum que as pessoas vão te encontrar na internet é pesquisando no Google.

É por isso que a descrição dos seus produtos é tão importante. É através dela que o Google “entende” qual é o produto que você está vendendo. Por isso, siga essas recomendações na hora de escrever sobre o seu produto e vender na internet:

  • Palavras chave: escolha algumas palavras ou frases específicas que descrevem seu produto e as repita ao longo da descrição. Algo como “Tênis Adidas Preto Masculino”, por exemplo. Isso precisa estar no título do produto também.
  • Mínimo de 300 palavras: o Google não vai achar seu produto se ele não tiver, no mínimo, 300 palavras. Te recomendo ir além disso, chegando nas 500 a 700 palavras.
  • Descreva funcionalidades: faça tópicos explicando detalhe por detalhe o seu produto. Isso ajuda a ter mais palavras e também a sinalizar para o Google o que é que você está vendendo.

Bom, gente, por hoje é só. Como vocês já devem saber, o Martins.com.br também é um marketplace online, então vender pela internet é um assunto que me fascina muito. Se pudesse, escrevia mais três textos desses pra gente continuar conversando.

Mas como não dá, te recomendo saber mais sobre o conteúdo que estamos produzindo para a Black Friday 2020. Estamos desde outubro com uma série especial que eu sei, simplesmente sei, que vai conseguir te ajudar, beleza?

Até a próxima!