Home Destaque Vender na Páscoa é só com ovo mesmo? Será que dá pra...
Um pedaço de uma barra de chocolate da Nestlé sem a embalagem.

Vender na Páscoa é só com ovo mesmo? Será que dá pra inovar?

0
1116

Muita gente acha que vender na Páscoa só é possível se você trabalha com os famosos ovos. Garoto, Nestlé, Lacta, Hershey’s, Ferrero etc, todas essas grandes marcas do mercado vendem bastante seus ovos de Páscoa, e a grande maioria dos seus clientes está procurando justamente por elas.

É fato que vender na Páscoa é mais garantido se você trabalha com essas marcas. O que dificulta a vida dos pequenos varejistas, em muitos casos, é justamente os ovos. Eles são caros de adquirir e, por estarmos em um momento em que o cliente tem muito poder de pesquisa para embasar sua escolha, colocar uma margem de lucro maior significa encarecimento, e isso te faz perder vendas.

Aí entra a dificuldade: se o cliente já percebe o ovo de Páscoa como caro, você não pode aumentar o preço ainda mais, senão não vende. E se você não tiver uma margem de lucro muito boa, o investimento nos ovos é alto para um retorno difícil de engolir.

Neste artigo, fazemos um contraponto: vender na Páscoa também é possível com outros produtos além de ovos. Vamos saber mais sobre como se preparar e quais produtos oferecer?

Um pedaço de uma barra de chocolate da Nestlé sem a embalagem.

As barras de chocolate vs. os ovos de Páscoa

Essa discussão já é antiga, mas todo ano ela volta à atenção das pessoas. Por que comprar os ovos de Páscoa se a mesma quantidade de chocolate, em formato de barras, sai mais barata?

Existem vários motivos que fazem o ovo ficar mais caro, é claro: o preparo é diferente na indústria, o transporte é mais difícil, há um “seguro de quebra” embutido no preço, o marketing etc. Mas os clientes, naturalmente, não têm nada a ver com isso. Eles querem saber de preço.

Respeitando essas diferenças, o que você pode fazer é entrar na conversa também. Se nesse ano você não vai comprar ovos para vender na Páscoa, faça parte desse debate e ofereça uma opção alternativa.

É claro que todo mundo gosta do ovo de Páscoa. Muita gente entende que eles são mais caros, mas simplesmente gosta de receber e presentear com esse símbolo ancestral do feriado. É tradição. Para as crianças, então, nem se fale.

O maior cuidado que você deve ter é de oferecer uma alternativa sem soar invasivo ou desrespeitoso. Você não pode parecer estar “falando mal” dos ovos de Páscoa. Se você fala que eles são muito caros e que não vale a pena comprar, muita gente vai concordar com você, mas muitos também vão discordar. O melhor é ser neutro. Mas tem jeito?

Tem! No próximo tópico damos a dica de ouro para você respeitar tanto o Coelhinho da Páscoa quanto o Porquinho do Cofrinho. Vamos ver?

Cofrinho rosa em forma de porco para representar a economia que se pode ter ao vender na Páscoa.

Cestas para vender na Páscoa são uma ótima ideia

Montar cestas para vender na Páscoa é uma ideia tão boa que todo mundo faz, até quem foca na venda dos ovos.

Pensa só: você é um grande supermercado e quer vender o máximo possível na Páscoa. Você trabalha com todas as grandes marcas e vende tanto os ovos quanto as barras. Se tem gente querendo comprar ovo e gente querendo comprar barra, você precisa oferecer ambos e ainda dar um destaque a mais para as barras, que não têm o mesmo apelo que os ovos.

É aí que entra a cesta de Páscoa, a solução definitiva tanto para quem vende ovos quanto para quem não vende.

Se ficou difícil para você comprar os ovos neste ano, não precisa se preocupar. As pessoas que estão buscando um valor em peso de chocolate ao fazer suas compras vão preferir esse tipo de solução, que mesmo com o embrulho ainda sai bem mais em conta. E ainda existe a possibilidade de personalização: você vende a cesta e os chocolates, então pode dar a liberdade para o cliente montar o presente do jeito que ele quiser.

Esse é um ótimo jeito para lidar com a polêmica do ovo de Páscoa ser mais caro que a barra. Você só está oferecendo uma alternativa, não está “falando mal” de nenhuma marca nem de ninguém que prefere comprar os ovos pela tradição. E se você encontrar fornecedores locais, pode complementar a venda apresentando produtos mais em conta e com o apelo artesanal.

Que tipos de cesta criar?

Tem vários jeitos de fazer sua cesta para vender na Páscoa e várias temáticas podem ser exploradas nessa produção.

Ovos de galinha coloridos dentro de um ninho sobre a grama.

Olhe como funcionam as vendas dos ovos de Páscoa, para começar. Eles possuem marca e sabor, algo que já é característico. Da Nestlé, por exemplo, tem o ovo Kit Kat, Crunch, Galak etc. Da Garoto tem o Serenata de Amor, Talento, dentre outros. Por que não fazer cestas temáticas com esses chocolates, mas com variações em formatos ou até sabores?

Isso comunica ao seu cliente que, além da sua cesta ser melhor distribuída na questão de peso X custo, ela ainda vem com mais chocolate e mais variedade.

E nós ainda só estamos falando dos chocolates que já estão estampados nos ovos de páscoa. Dá para ir bem mais além do que isso, com certeza. Você pode fazer uma cesta gourmet e apresentar sabores especiais de chocolates já conhecidos, que vendem no Martins, por exemplo. E, é claro, com a personalização que mencionamos ali em cima.

Mas só falar assim não adianta muito, né? Temos que ser práticos! Então, veja no tópico abaixo algumas cestas que você pode montar só com produtos Martins.

Cesta Talento Classic

Use só as variedades clássicas do Talento para montar a cesta:

Talento Avelã (vermelho);
Talento Castanha do Pará (verde);
Talento Meio Amargo (marrom);
Talento Cereais e Passas (amarelo);
Talento Amêndoas e Passas (roxo).

Cesta Hershey’s Gourmet

Como a gente disse ali em cima, não precisa ser nada muito elaborado, só algumas variações de sabores das marcas que você já tem na loja, como a Hershey’s:

Hershey’s Special Dark Cafe;
Hershey’s Special Dark Cramberry;
Hershey’s Special Dark Menta;
Hershey’s Special Dark Tradicional;
Hershey’s Special Dark Laranja.

Cesta Grandes Sucessos

Aqui você pode inserir os grandes sucessos das marcas mais conhecidas do Brasil:

Kit Kat;
Alpino;
Crunch;
Nestlé Classic Duo;
Tortuguita;
Diamante Negro;
Prestígio;
Galak;
Bis.

Viu só como vender na Páscoa não precisa necessariamente dos ovos? E esse é só o primeiro artigo da nossa série sobre a data! Então, faz o seguinte: cadastre o seu e-mail aí embaixo que até a Páscoa chegar a gente ainda tem muito conteúdo pra trazer, beleza?

Até mais!