Como presente, em festividades ou em um bom momento de descanso, o vinho é o típico produto que cai bem para os apreciadores de uma boa bebida. Inclusive, o item chegou a ser considerado a “bebida da quarentena”. De olho nesse mercado, vender vinhos em supermercados vai além da lucratividade.

É saber tornar o negócio conveniente para o cliente, que encontrará produtos diferenciados na loja. A categoria recebeu um incentivo ainda maior com a transformação digital, pois adicionou mais um nível de conforto ao cliente, que pode escolher e receber as bebidas em casa.

Podemos citar alguns exemplos como clube de assinaturas, cupons de desconto ou kits de vinhos. São estratégias como essas que vieram como aposta certeira para o crescimento do mercado de vinhos durante a pandemia.

No artigo de hoje, você terá informações sobre esse mercado no país e as tendências. Além disso, a importância de vender vinhos em supermercados e como empreender no mundo dos vinhos. Preparado?

Por que vender vinhos no varejo?

Em uma década, o consumo de vinho aumentou 74% em todo o mundo. Só em 2020, o consumo da bebida entre os brasileiros cresceu 18% em relação ao ano anterior. Os dados são da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV).

Conforme a reportagem da Istoé Dinheiro, o mercado varejista de vinhos vem passando por um processo de consolidação, e com expectativa de crescer ainda mais. Isso porque a importação de vinhos e espumantes também aumentou na pandemia, alcançando uma alta de mais de 37% só no primeiro quadrimestre do ano passado.

Os rótulos nacionais também vêm ganhando destaque no carrinho de compras dos consumidores. O varejo alimentar é um dos canais mais beneficiados com o bom momento do mercado.

Os clientes passaram a recorrer mais aos supermercados e mercearias para poderem comprar garrafas de vinho. Vender vinhos pelos canais digitais da loja para que o cliente possa receber o produto no conforto de casa também se tornou uma forte tendência no varejo.

Apostar na categoria é uma grande oportunidade para vender mais e aumentar o ticket médio da loja. Vinhos são um ótimo diferencial no mix e agregam ainda mais valor ao seu negócio, impactando até na experiência do cliente.

As lojas que contam com uma adega com variedade de rótulos e diversidade de preços que cabem em todos os bolsos são as que se destacam no mercado.

Escolhendo os melhores produtos

Se você for novo no segmento e não sabe escolher os melhores produtos para poder vender vinhos, nada de se preocupar, ok? Estamos aqui para isso e vamos te ajudar nessa empreitada.

Vender vinhos pode até não parecer uma tarefa tão simples, até porque os apreciadores natos são criteriosos na hora de escolher os rótulos. Por isso, é necessária uma atenção especial e um conhecimento um pouco mais aprofundado para adquirir produtos confiáveis e repassá-los ao cliente.

Mas calma lá! Não estamos falando que você precisa ser um verdadeiro sommelier. A dica é se orientar melhor sobre vinhos, seja com pesquisas na internet, com dicas de especialistas, junto aos fornecedores e até conversando com seus clientes sobre gostos e preferências.

O próximo passo vai ser observar alguns critérios e informações fundamentais para comprar os vinhos certos para a sua loja. Separamos os mais importantes para você:

Quando você identifica essas informações, consegue assimilar melhor cada produto e escolhe aquele que se encaixa melhor no perfil do seu público consumidor. Não tem erro!

Existe local correto para vender vinhos?

vinho tinto e branco em garrafas

Existe. Não basta só adquirir bons vinhos para vender na sua loja. Você precisa fazer o armazenamento em local adequado para garantir a qualidade da mercadoria. Essa exposição pode ser feita em adega especial ou nas próprias gôndolas, com local bem limpo, arejado e climatizado.

O ideal é colocar as garrafas de vinhos deitadas para manter a rolha umedecida. Além disso, você garante a mínima entrada de oxigênio, o que favorece o bom envelhecimento do produto.

Já os espumantes podem e devem ficar mais expostos na vertical. Peça para que sua equipe faça a limpeza constante e observe qualquer eventual vazamento ou dano na garrafa, para a devida reposição ou troca.

Caso a sua loja não seja preparada para um ambiente especial para vinhos, opte por comprar aqueles rótulos que tenham maior giro e podem ficar verticalizados, sem a necessidade de manter uma área climatizada.

Tudo bem que as lojas especializadas conseguem ganhar a preferência do consumidor, pois são pensadas para manter a essência e qualidade de cada bebida. No entanto, vender vinhos no supermercado não precisa ser um obstáculo.

Basta apostar no diferencial. Vamos a algumas dicas:

  • Negocie com os seus fornecedores para, de fato, conseguir repassar boas ofertas aos clientes;
  • Venda vinhos pela internet e garanta entrega rápida e de qualidade;
  • Faça um clube de assinaturas com cupons de desconto exclusivo;
  • Crie kits com vinhos, bem como alimentos que harmonizam com a degustação;
  • Aposte em marketing digital nas redes sociais focado na venda de vinhos;
  • Faça um catálogo especial de vinhos pelos canais digitais da loja.

O momento é agora!

Para você que está pensando em investir em um novo catálogo para vender vinhos, a hora é agora. Essa é a época do ano em que mais se vende a bebida aqui no Brasil.

De acordo com uma pesquisa da Ideal Consulting, de junho a novembro foram comercializados 55 milhões de litros de vinho. O montante foi um recorde para o mercado e está muito associado com a alta da temporada de frio, com pico nos meses de junho e julho, geralmente.

Outra forte tendência é o investimento em vinhos, seja para ostentar uma coleção ou para criar a própria adega pessoal em casa.

A pandemia e o maior tempo das pessoas dentro de casa despertaram em muita gente a necessidade e a preferência de consumir refeições e realizar confraternizações em casa.

Aí a adega pessoal virou a atração e é sempre bom mantê-la atualizada. Para isso, os supermercados passam a ser um dos principais canais de venda dos consumidores durante as compras de rotina para a casa.

Tenha um estoque diversificado de vinhos, por exemplo, e aposte em preços promocionais! Conte com a gente para abastecer seu portfólio. Estamos aqui para isso! 😊

Aproveite que está por aqui para ler mais conteúdos sobre bebidas aperitivas e para crianças. Temos ainda um material que traz as oportunidades para vender bebidas em épocas de festividades.
Até a próxima!