Definir ações de resultados eficientes para uma empresa não é uma tarefa complicada quando se toma como base o público alvo. Compreender quem são os seus clientes; qual a idade deles, em média; os seus interesses e ambições são pontos básicos para traçar qualquer estratégia dentro de um negócio, e uma das maneiras de aprimorar essa pesquisa é construindo um avatar ou persona.

 

        Essa técnica se trata da criação de um personagem, que deve reunir em si os principais dados coletados em uma pesquisa de público. É a representa específica do cliente ideal de uma empresa, já que a definição de público alvo costuma ser bastante ampla. Para exemplificar tudo isso e ajudar na criação de um avatar para a sua loja, criamos um caso hipotético:

 

        Imagine uma loja de roupas esportivas que tem como clientes, em sua maioria, mulheres entre 24 e 32 anos, de classe média a alta, interessadas no universo fitness, dietas saudáveis e atividades físicas. Este seria o público alvo da empresa!  Já a persona construida com base nessas informações poderia ser Juliana, uma mulher de 28 anos, dona de uma academia. Ela possui uma alimentação balanceada, malha todos os dias e tem interesse no mundo fashion.

 

        Estabelecer uma persona vai auxiliar você, varejista, a refinar seu posicionamento e estratégias. É uma boa maneira de direcionar o estilo e a linguagem específica para lidar com seu público, seja em forma de e-mail marketing, promoções, postagens nas redes sociais e até na conquista por novos clientes. Para começar, analise os cadastros que já possui, levando em conta os clientes ativos e, depois disso, comece a uma pesquisa como os novos, a fim de entender um pouco mais sobre o comportamento deles não apenas no seu ponto de venda, mas também na vida pessoal.

 

        Observe o valor médio gasto pelos clientes em cada setor e, se sua loja contar com vários segmentos, é possível construir mais de uma persona. Aproveite uma pesquisa de satisfação após a compra para recolher informações sobre a idade, o perfil profissional, os hobbies e interesses, as opções preferidas de lazer, se tem ou não tem filhos, o estado civil, o maior sonho, o próximo objetivo e o que mais a empresa considerar importante conhecer. Assim, é só reunir tudo e segmentar em personagens. Com certeza ficará muito mais fácil trabalhar o marketing de sua empresa!

Ainda tem dúvidas? Comece com o Mapa de Empatia!