Home Destaque Como comprar gôndola para seu comércio?
Mulher com carrinho de compras em corredor de supermercado

Como comprar gôndola para seu comércio?

0
1760

As gôndolas servem para expor e organizar os produtos dentro de um estabelecimento. Elas são as peças mais importantes de qualquer loja e a maneira como são dispostas é capaz de determinar a experiência de seus clientes no ponto de vendas. Por isso, não dá pra comprar gôndola sem antes pesquisar muito sobre o assunto!

 

Como todo lojista, você quer oferecer a melhor e mais otimizada experiência de compra para seu público, certo? Pois saiba que tudo começa na hora de comprar gôndola. Não existe um único modelo certo, mas sim aquele que é mais adequado às suas necessidades e à área disponível.

Diante da variedade de peças disponíveis no mercado, o FalaMart está aqui para te ajudar a escolher a gôndola certa para seu comércio. Vamos lá?

Gôndolas de supermercado

Organizando o layout da loja

Assim como ninguém compra móveis para casa sem antes conhecer o espaço, tirar medidas e ter noção de como será a decoração, não dá para comprar gôndola antes de sistematizar o layout da loja.

Para início de conversa, a quantidade de gôndolas vai depender da área total e do número de produtos oferecidos, levando em conta o espaço necessário para que a circulação aconteça de maneira fácil e acessível.

Além de deixar uma área de no mínimo 1,5m de largura entre os corredores, de preferência planejados como vias de mão dupla, é recomendado que o mobiliário ocupe no máximo 40% do espaço total.

Não se esqueça que o layout da loja também pode ser usado para orientar o comportamento do consumidor. No caso de um mercadinho, itens essenciais como bebidas, pães e artigos de cesta básica costumam ficar no fundo da loja, estimulando o consumidor a percorrer todo o espaço.

Mulher com carrinho de compras em corredor de supermercado

Já a entrada e o checkout são dedicados para itens de compra por impulso e ilhas temáticas ou promocionais para impulsionar vendas. Todas essas “armadilhas” são criadas com as gôndolas e a maneira como os produtos ficam expostos.

Portanto, antes de comprar gôndola é preciso estabelecer como o negócio será estruturado. Assim você consegue escolher as peças mais adequadas para acomodar seu mix de produtos e ainda construir a ambientação desejada.

Comprar gôndola: o que levar em consideração?

Existe uma enorme variedade de gôndolas no mercado, com diferentes materiais e adaptadas a necessidades específicas. Mas de maneira geral, ao comprar gôndola o importante é escolher peças resistentes, de aço ou alumínio, com divisórias que facilitem a organização e prateleiras de tamanhos variados.

Não se esqueça de incluir na lista as gancheiras e os cestos para os itens menores, soltos, que devem ser facilmente manuseados.

No Martins.com.br você encontra uma ampla variedade de gôndolas para atender as mais diversas necessidades da sua loja. Além de comprar gôndola você também pode adquirir outros acessórios, como porta etiquetas, carrinhos, cestas e um amplo mix corporativo para deixar seu ponto de vendas pronto para receber o público!

Comprar gôndola no atacado te dá a chance de economizar nas fases iniciais de se montar um negócio. Além do frete grátis e do cashback, quem compra no Martins pode renovar o ponto de vendas em poucos cliques, sem sair de casa ou do escritório!

Estruturando o planograma de gôndolas

Pessoa organizando produtos na gôndola de supermercado

Além de expor e organizar os produtos, as gôndolas servem para ajudar a vender mais a partir do posicionamento dos produtos na prateleira. Não basta distribuir tudo de maneira mecânica depois de comprar gôndola, é preciso traçar um planograma de gôndola!

Essa é uma ferramenta muito importante na ciência do merchandising, já que determina o espaçamento, o formato da exposição (em blocos verticais ou horizontais, por exemplo), e quais produtos devem ficar em cada lugar. Para isso são levados em conta fatores como:

  • Comportamento do consumidor;
  • Estratégias de venda da categoria;
  • Perfis de compra predominantes;
  • Experiência do cliente.

Esses dados vão determinar quais são os produtos estratégicos do seu mix, aqueles que trazem maior custo-benefício ou têm maior giro. Na hora de organizar a gôndola, eles devem ficar nas zonas quentes, de mais destaque – ou seja, nas prateleiras localizadas na altura dos olhos até a altura do quadril.

Já nas pontas, assim como nos locais mais altos e mais baixos, ficam as zonas frias. Na hora de montar a gôndola, utilize esses espaços para produtos de baixo custo e alto giro, ou itens menos estratégicos que complementam o sortimento.

Existem muitas outras técnicas voltadas para orientar o varejista na hora de comprar gôndola e organizar os produtos com o objetivo de otimizar os resultados. Aliás, existem um monte de outras técnicas que te ajudam a vender mais e faturar alto na sua loja. Damos muito mais dicas como essas lá no LinkedIn do Martins.com.br. Vem ver!

DEIXE UMA RESPOSTA:

Please enter your comment!
Por favor, insira seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.